Acetilcisteína Mepha Acetilcisteína bula do medicamento

O que contém este folheto:
1. O que é Acetilcisteína Mepha e para que é utilizada
2. O que precisa de saber antes de tomar Acetilcisteína Mepha
3. Como tomar Acetilcisteína Mepha
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Acetilcisteína Mepha
6. Conteúdo da embalagem e outras informações


Folheto informativo: Informação para o utilizador

Acetilcisteína Mepha, 200 mg pó para solução oral
Acetilcisteína

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento poiscontém informação importante para si.
Tome este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo comas indicações do seu médico ou farmacêutico.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários nãoindicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Se não se sentir melhor ou se piorar após 4-5 dias, tem de consultar um médico.

O que contém este folheto:

1. O que é Acetilcisteína Mepha e para que é utilizada

2. O que precisa de saber antes de tomar Acetilcisteína Mepha

3. Como tomar Acetilcisteína Mepha

4. Efeitos secundários possíveis

5. Como conservar Acetilcisteína Mepha

6. Conteúdo da embalagem e outras informações

1. O que é Acetilcisteína Mepha e para que é utilizada

Acetilcisteína Mepha, 200 mg pó para solução oral é um medicamento utilizado comofluidificante das secreções mucosas nas vias aéreas.

Indicações
Adjuvante mucolítico do tratamento antibacteriano das infeções respiratórias, empresença de hipersecreção ativa.

2. O que precisa de saber antes de tomar Acetilcisteína Mepha

Não tome Acetilcisteína Mepha
– se tem alergia (hipersensibilidade) à acetilcisteína, a substância ativa de Acetilcisteína
Mepha, ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Advertências e precauções
Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Acetilcisteína Mepha
Em casos muito raros, foram notificadas reações cutâneas graves, como síndrome de
Stevens-Johnson e síndrome de Lyell em associações temporais com o uso deacetilcisteína. Se forem observadas novas alterações na pele ou nas membranas mucosas,

deve descontinuar-se a utilização de acetilcisteína e procurado de imediatoaconselhamento médico.

Para evitar a toma adicional de substâncias contendo azoto, Acetilcisteína Mepha nãodeve ser utilizado em doentes com insuficiência hepática ou renal.

É necessária precaução no caso de sofrer de asma brônquica ou tiver antecedentes de
úlcera estomacal ou intestinal.

Outros medicamentos e Acetilcisteína Mepha
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentemente,ou se vier a tomar outros medicamentos.

Acetilcisteína/antitússicos
Durante a utilização combinada de Acetilcisteína Mepha com medicamentos para a tosse
(antitússicos), pode ocorrer uma acumulação perigosa das secreções devido à diminuiçãodo reflexo da tosse, pelo que deve haver uma precaução particularmente especial naindicação para este tipo de associação de medicamentos. Deverá falar com o seu médicoantes de iniciar qualquer associação medicamentosa.

Acetilcisteína/antibióticos
Há evidência decorrente de investigações experimentais de que a acetilcisteína podecausar uma diminuição dos efeitos dos antibióticos (tetraciclina, aminoglicosídeos,penicilina). Por razões de segurança, os antibióticos devem ser tomados em horasdiferentes, com um intervalo de pelo menos 2 horas. Isto não se aplica a medicamentosque contenham a substância ativa cefixima, que podem ser tomados à mesma hora daacetilcisteína.

Crianças
Dado não existirem até à data dados sobre a dose necessária para os recém-nascidos, estemedicamento só deve ser utilizado em recém-nascidos após a consulta de um médico.

Gravidez e amamentação
Dada ser insuficiente a experiência com a utilização de acetilcisteína durante a gravidez,
Acetilcisteína Mepha só deve ser usado durante a gravidez se o médico assistenteconsiderar que é absolutamente necessário.

Não existe informação sobre a excreção da acetilcisteína no leite materno. Assim,
Acetilcisteína Mepha só deve ser usado durante o período do aleitamento se o médicoassistente considerar que é absolutamente necessário.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não são necessárias precauções especiais.

Acetilcisteína Mepha, 200 mg pó para solução oral contém sacarose

Este medicamento contém sacarose. Se sabe que sofre de intolerância a certos açúcares,não deverá tomar Acetilcisteína Mepha sem consultar o seu médico.

3. Como tomar Acetilcisteína Mepha

Tome este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo comas indicações do seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico setiver dúvidas.

A menos que prescrito de outra forma pelo seu médico, a dose recomendada é:

Aplicam-se as instruções seguintes, a menos que o seu médico tenha prescrito de outraforma a utilização de Acetilcisteína Mepha 200 mg pó para solução oral. Seguirexatamente as instruções para que Acetilcisteína Mepha 200 mg pó para solução oral atuede forma adequada.

Idade
Dose diária total ? pó em saquetas
Crianças com 2 a 5 anos
½ saqueta duas a três vezes por dia
Crianças com 6 a 14 anos
1 saqueta duas vezes por dia
Adolescentes com mais de 14 anos e 1 saqueta duas a três vezes por diaadultos

Método e duração total da utilização
Se houver agravamento ou não houver melhoria após 4 a 5 dias, fale com o seu médico.

Tomar Acetilcisteína Mepha após as refeições.

Dissolver Acetilcisteína Mepha num copo de água e ingerir o conteúdo total do copo.

Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver a impressão que os efeitos de
Acetilcisteína Mepha são demasiado fortes ou demasiado fracos.

Se tomar mais Acetilcisteína Mepha do que deveria
Em caso de sobredosagem, podem ocorrer sintomas de irritação gastrointestinal (porexemplo, dor abdominal náuseas, vómitos, diarreia).
Nunca foram observados efeitos secundários graves ou sinais de envenenamento, nemmesmo em caso de sobredosagem extrema. No entanto, no caso de suspeita de umasobredosagem com Acetilcisteína Mepha, contacte o seu médico.

Caso se tenha esquecido de tomar Acetilcisteína Mepha
Se se tiver esquecido de tomar uma dose de Acetilcisteína Mepha ou tiver tomado umadose demasiado baixa, deverá tomar a dose seguinte programada de Acetilcisteína Mephaconforme prescrito.

Se parar de tomar Acetilcisteína Mepha
Não descontinuar o tratamento com Acetilcisteína Mepha sem consultar o seu médico. Seo fizer, a sua condição poderá agravar-se.

4. Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

A avaliação dos efeitos secundários tem por base a seguinte convenção de frequência:

Muito frequentes:
Mais de 1 em 10 doentes tratados
Frequentes:
Menos de 1 em 10, mas mais de 1 em 100 doentes tratados
Pouco frequentes:
Menos de 1 em 100, mas mais de 1 em 1 000 doentes tratados
Raros:
Menos de 1 em 1 000, mas mais de 1 em 10 000 doentes tratados
Muito raros
Menos de 1 em 10 000 doentes tratados, incluindo casos isolados

Efeitos indesejáveis
Distúrbios gerais (pouco frequentes):
Dor de cabeça, reações alérgicas febris: prurido, desenvolvimento de pápulas, erupçãocutânea, respiração alterada (dispneia), batimento cardíaco acelerado e descida da pressãoarterial.

Distúrbios respiratórios (raros):
Respiração alterada, broncospasmos – sobretudo em doentes com um sistema brônquicohiper-reativo no contexto de asma brônquica.

Distúrbios do trato gastrointestinal (pouco frequentes):
Inflamação da mucosa oral, dor abdominal, náuseas, vómitos e diarreia.

Houve notificações muito raras da ocorrência de hemorragia associada à toma deacetilcisteína, em alguns casos no contexto de reações de hipersensibilidade.

Contramedidas
Aos primeiros sinais de reação de hipersensibilidade (ver acima), interrompe a toma de
Acetilcisteína Mepha e contacte o seu médico.

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários nãoindicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico.

5. Como conservar Acetilcisteína Mepha

Manter este medicamento fora da vista e do alcance de crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso nas saquetas e naembalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Conservar a temperatura inferior a 30ºC.

6. Conteúdo da embalagem e outras informações

Qual a composição de Acetilcisteína Mepha
– A substância ativa é a acetilcisteína.
Cada saqueta de pó para solução oral contém 200 mg de acetilcisteína.

– Os outros componentes são:
Sacarose, sílica coloidal anidra, ácido tartárico, cloreto de sódio, aroma de laranja.

Qual o aspeto de Acetilcisteína Mepha e conteúdo da embalagem
Acetilcisteína Mepha apresenta-se sob a forma de pó branco.

Acetilcisteína Mepha está disponível em embalagens de 10 e 20 saquetas.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Mepha ? Investigação, Desenvolvimento e Fabricação Farmacêutica, Lda.
Lagoas Park, Edifício 5 A, Piso 2,
2740 ? 298 Porto Salvo
Portugal

Fabricante

Lindopharm GmbH
Neustrasse 82
40721 Hilden
Alemanha

Este folheto foi revisto pela última vez em