Aciclovir Bluelife Aciclovir bula do medicamento

O que contém este folheto:
1. O que é Aciclovir Bluelife e para que é utilizado
2. O que precisa de saber antes de utilizar Aciclovir Bluelife
3. Como utilizar Aciclovir Bluelife
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Aciclovir Bluelife
6. Conteúdo da embalagem e outras informações

Folheto Informativo: Informação para o doente

Aciclovir Bluelife 50 mg/g Creme

Aciclovir

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento poiscontém informação importante para si.
Utilize este medicamento exactamente como está descrito neste folheto, ou de acordocom as indicações do seu médico, ou farmacêutico ou enfermeiro.
– Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
– Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
– Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários nãoindicados neste folheto, fale com o seu médico, ou farmacêutico ou enfermeiro.
– Se não se sentir melhor ou se piorar, tem de consultar um médico.

1. O que é Aciclovir Bluelife e para que é utilizado

Se não se sentir melhor ou se piorar, tem de consultar um médico.

Aciclovir Bluelife é um medicamento que se apresenta na forma de creme, paraaplicação tópica na pele.
Aciclovir Bluelife está indicado no tratamento do herpes labial recorrente enquanto lesãoda pele causada pela infecção por vírus Herpes simplex.
Estudos clínicos com aciclovir em creme demonstraram eficácia estatisticamentesiginificativa na cicatrização das lesões e na atenuação da dor, quando comparado comum creme placebo:
– O tempo de cicatrização foi até 22% mais rápido (a duração média foi reduzida até 0,5dias);
– A dor desapareceu cerca de 20% mais rapidamente (a duração média foi reduzida até
0,4 dias).
Aproximadamente 60% dos doentes começou o tratamento numa fase inicial (pródomoou eritema) e 40% numa fase tardia (pápula ou vesícula).

2. O que precisa de saber antes de utilizar Aciclovir Bluelife

Não utilize Aciclovir Bluelife:

– Se tem alergia (hipersensibilidade) à substância activa ou a qualquer outro componentedo deste medicamento (indicados na secção 6).

Adertências e precauções:

Fale com o seu médico, ou farmacêutico ou enfermeiro antes de utilizar Aciclovir
Bluelife.

– Se aplicar Aciclovir Bluelife. O Aciclovir Bluelife só é indicado para uso externo
(sobre a pele) sobre ou em torno dos lábios ou dos genitais. O creme não é indicado parautilização sobre as membranas mucosas tais como a boca, os olhos ou a vagina.
– Se Aciclovir Bluelife entrar em contacto com os seus olhos. Caso o creme entre emcontacto com os seus olhos, lave-os bem com uma grande quantidade de água fria.
Consulte o seu médico se após isso os seus olhos ficarem irritados.
– Caso se formem bolhas na sua pele. Dado que as infecções por Herpes são contagiosas,
é recomendado evitar o contacto com a pele infectada, especialmente quando seformaram bolhas. Após aplicar Aciclovir Bluelife sobre a infecção cutânea érecomendado lavar as mãos, para evitar a contaminação de outras partes do corpo (porexemplo os olhos).
– Se tiver um sistema imunitário gravemente debilitado. A gravidade da infecção édeterminada por um grande número de factores, incluindo a extensão segundo a qual osistema imunitário reage a uma infecção. Se o seu sistema imunitário estiver gravementedebilitado é aconselhado consultar um médico antes de utilizar o creme já que podenecessitar de tomar comprimidos de aciclovir. Por essa razão, deve informar o seumédico sobre a sua história clínica, tão pormenorizadamente quanto possível, para queele possa determinar qual o melhor tratamento para si.
– Se tem lesões visíveis. Existe uma probabilidade de que o seu parceiro fique infectadocom uma infecção por herpes dos genitais (herpes genital). Deve evitar ter relaçõessexuais até que as lesões cicatrizem.

Outros medicamentos e Aciclovir Bluelife
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a utilizar, ou tiver utilizado ou se vier autilizar outros medicamentos.

Gravidez, amamentação e fertilidade
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte oseu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Gravidez
A segurança da utilização de Aciclovir Bluelife em mulheres grávidas não foiestabelecida. Os estudos em animais revelaram efeitos nefastos em doses elevadas mas osignificado destes resultados para os humanos não é claro. Quando estiver grávida sódeve utilizar Aciclovir Bluelife quando o seu médico o indicar.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Amamentação
Não se sabe se a substância activa do Aciclovir Bluelife passa para o leite materno.
Só deve utilizar Aciclovir Bluelife quando o seu médico o indicar.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não é provável que exista algum efeito.

Aciclovir Bluelife contém álcool cetostearílico que pode causar reacções cutâneas locais
(por exemplo dermatite de contacto) e propilenoglicol que pode causar irritação cutânea.

3. Como utilizar Aciclovir Bluelife

Utilize este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo comas indicações do seu médico, ou farmacêutico ou enfermeiro. Fale com o seu médico ou,farmacêutico ou enfermeiro se tiver dúvidas.

O tratamento com Aciclovir Bluelife deve ser iniciado assim que sentir que está a surgiruma infecção cutânea ou tão breve quanto possível após o surgimento da infecçãocutânea.
Normalmente pode sentir que a infecção cutânea está a surgir quando começa a sentircomichão local ou dor na pele, ou esta se torna dormente ou inflamada. Quando estessinais se desenvolvem, Aciclovir Bluelife deve ser aplicado tão breve quanto possívelsobre as áreas afectadas.
A aplicação do creme só é útil enquanto se formarem novas bolhas. Quando as bolhassecam ou se formam crostas o tratamento com o creme deixa de ser eficaz.

Modo e/ou via(s) de administração
Retire a quantidade desejada de creme do tubo e aplique-a suavemente sobre as áreasonde sente que as bolhas estão a surgir ou onde as bolhas se desenvolveram.
Lave as mãos antes e após a utilização do creme. Feche sempre bem o tubo após autilização.

Frequência de administração
O creme é aplicado na pele afectada, sobre ou em torno dos lábios ou dos genitais, cincovezes por dia, a intervalos de cerca de quatro horas. O tratamento não necessita de sercontinuado durante a noite.

Duração do tratamento
Um tratamento completo demora/leva cinco dias e deve ser completado. Se a infecçãocutânea não tiver passado nessa altura, o tratamento pode ser continuado por mais cincodias. Se a infecção cutânea não tiver desaparecido após dois tratamentos completos, érecomendado consultar novamente o seu médico.

Se utilizar mais Aciclovir Bluelife do que deveria

Se utilizou demasiado Aciclovir Bluelife, informe o seu médico ou farmacêutico. Épouco provável que tenha efeitos nefastos caso ingira acidentalmente Aciclovir Bluelife,mas se notar alguns efeitos não habituais ou se estiver preocupado consulte o seu médico.

Caso se tenha esquecido de utilizar Aciclovir Bluelife
Caso se tenha esquecido de utilizar Aciclovir Bluelife, aplique-o assim que se lembrar eaplique o tratamento seguinte à hora habitual. No entanto, caso se lembre da doseesquecida muito próximo da dose seguinte, continue o horário de aplicação normal comose nada tivesse acontecido.
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de utilizar Aciclovir Bluelife
Um tratamento completo dura cinco dias e deve ser continuado até ao fim. Se parar autilização antes do final dos 5 dias de tratamento, a infecção viral pode voltar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico,ou farmacêutico ou enfermeiro.

4. Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Os efeitos secundários seguintes são pouco frequentes. Efeitos secundários poucofrequentes são os efeitos secundários que ocorrem em mais de 1 em 1000, mas em menosde 1 em 100 pessoas que utilizam aciclovir:
– Uma sensação de ardor ou de comichão durante um curto período
Pele seca ou a escamar
– Vermelhidão da nova pele cicatrizada.

Os efeitos secundários seguintes são muito raros. Os efeitos secundários muito rarosocorrem em menos de 1 em 10.000 doentes tratados, incluindo casos isolados:
– Uma reacção alérgica (hipersensibilidade) ao aciclovir ou a algum dos outroscomponentes do creme, que se manifesta como uma inflamação da pele (dermatite decontacto).

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários nãoindicados neste folheto, fale com o seu médico, ou farmacêutico ou enfermeiro.

5. Como conservar Aciclovir Bluelife

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não são necessárias precauções especiais de conservação.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade indicado na embalagem exteriorapós VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estasmedidas ajudarão a proteger o ambiente.

6. Conteúdo da embalagem e outras informações

Qual a composição de Aciclovir Bluelife
– A substância activa é o Aciclovir. Cada grama contém 50 mg de aciclovir.

– Os outros componentes são: álcool cetoestearílico, laurilsulfato de sódio, dimeticone,parafina líquida leve, propilenoglicol, vaselina branca, poloxamero e água purificada.

Qual o aspeto de Aciclovir Bluelife e conteúdo da embalagem

Aciclovir Bluelife apresenta-se sob a forma de creme branco e homogéneo em bisnagasde 10g.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução

Bluelife, Produtos Farmacêuticos, Unipessoal, Lda.
Rua Prof. Jorge Campinos, nº 6 ? 6º Esq.
1600-877 Lisboa

Fabricante

Sofarimex ? Indústria Química e Farmacêutica, S.A.
Av. das Indústrias- Alto de Colaride, Agualva ? 2735-213-Cacém
Portugal

Este folheto foi revisto pela última vez em