Alerdaune Loratadina bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é ALERDAUNE e para que é utilizado
2. Antes de tomar ALERDAUNE
3. Como tomar ALERDAUNE
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar ALERDAUNE
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

ALERDAUNE 1 mg/ml suspensão oral
Loratadina

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É ALERDAUNE E PARA QUE É UTILIZADO

ALERDAUNE é um medicamento anti-alérgico que ajuda a controlar a reacção alérgicae os respectivos sintomas. ALERDAUNE alivia os sintomas associados a rinite alérgica,espirros, corrimento ou prurido nasal, comichão no palato e comichão, lacrimejo ouvermelhidão dos olhos

ALERDAUNE está indicado em adultos e adolescentes (a partir dos 12 anos de idade).

2. ANTES DE TOMAR ALERDAUNE

Não tome ALERDAUNE
– se tem alergia (hipersensibilidade) à loratadina ou a qualquer outro componente de
ALERDAUNE.

Tome especial cuidado com ALERDAUNE
– se sofre de insuficiência renal ou hepática.

Ao tomar ALERDAUNE com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

A administração de ALERDAUNE deve ser interrompida 48 horas antes da realização detestes cutâneos.

Ao tomar ALERDAUNE com alimentos e bebidas
A ingestão concomitante com alimentos pode retardar a absorção mas não influência oefeito clínico.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Se está grávida ou a amamentar, não é recomendado que tome ALERDAUNE.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Na dose recomendada não é previsível que ALERDAUNE lhe provoque sonolência ouperturbe o seu estado de alerta. Contudo, muito raramente algumas pessoas poderão sentirsonolência, o que pode afectar a sua capacidade de conduzir máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de ALERDAUNE
ALERDAUNE contém sacarose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerânciaa alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR ALERDAUNE

Tomar ALERDAUNE sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seumédico ou farmacêutico se tiver dúvidas. A dose habitual é:

Adultos e crianças, a partir dos 12 anos:
2 colheres de chá (10 mg) uma vez ao dia.

A duração do tratamento médio é de acordo com a prescrição do médico.

Se tomar mais ALERDAUNE do que deveria
Caso se verifique sobredosagem o tratamento é sintomático: dever-se-á induzir o vómitoao doente, mesmo que este já tenha ocorrido espontaneamente. A administração dexarope de ipecacuanha é o método de eleição. O vómito não deverá ser, contudo,induzido nos doentes que apresentem alteração do estado de consciência. Devem sertomadas medidas preventivas para evitar a aspiração do vómito em especial nas crianças.
Após a emése, pode ser tentada a absorção de qualquer fármaco que permaneça noestômago, através da administração de carvão activado misturado com água. Se não seconseguir induzir o vómito ou se este estiver contra-indicado dever-se-á recorrer álavagem gástrica.
O soro fisiológico é o líquido de eleição para a lavagem, particularmente nas crianças. Noadulto, pode ser utilizada água canalizada; contudo, dever-se-á remover a máximaquantidade possível de água administrada, antes de proceder a nova instilação. Oscatárticos salinos captam, por osmose, água para o intestino, pelo que a sua acção pode

ser valiosa na rápida diluição do conteúdo intestinal. A loratadina não é eliminada porhemodiálise. Desconhece-se se a loratadina é eliminada por diálise peritoneal. Após otratamento de emergência, o doente deverá continuar sob observação médica.

Caso se tenha esquecido de tomar ALERDAUNE
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Retome o esquema posológico regular.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, ALERDAUNE pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os efeitos adversos mais frequentemente referidos incluem:

Fadiga, cefaleias, sonolência, xerostomia, perturbações gastrintestinais tais como náuseasou gastrite e também sintomas alérgicos, nomeadamente exantema. Durante acomercialização de loratadina foram também descritos raramente: alopécia, anafilaxia,alterações da função hepática (incluindo icterícia, hepatite, necrose hepática), eritemamultiforme, edema periférico, convulsões e taquiarritmias supraventriculares.

Foram descritos casos raros de taquicárdia, mas na maioria destes casos foramidentificados factores de risco predisponentes.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR ALERDAUNE

Conservar a temperatura inferior a 25ºC.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize ALERDAUNE após o prazo de validade impresso na embalagem exterior,após VAL.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de ALERDAUNE
– A substância activa é a loratadina.
– Os outros componentes são o propilenoglicol, citrato de sódio, ácido cítrico anidro,carmelose sódica, benzoato de sódio, sacarose, glicerol e essência de cereja.

Qual o aspecto de ALERDAUNE e conteúdo da embalagem
Suspensão de cor branca a quase branca isenta de partículas estranhas. Frasco de vidro
âmbar tipo III contendo 100 ml de suspensão.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Confar – Consórcio Farmacêutico, Lda.
Rua Félix Correia, 1-B
1500-271 Lisboa
Tel.: 21 774 30 57/58
Fax: 21 778 33 08e-mail: [email protected]

Fabricante

SOFEX Farmacêutica, Lda.
Rua Sebastião e Silva, 25
Zona Industrial de Massamá
2745-838 Queluz

Este folheto foi aprovado pela última vez em