Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos Aminoácidos + Electrólitos + Glucose bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos e para que é utilizado
2. Antes de tomar Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos
3. Como tomar Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos
Solução para perfusão

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detetar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É AMINOVEN 3,5% GLUCOSE/ELECTRÓLITOS E PARA QUE É

UTILIZADO

O Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos fornece nutrientes na sua corrente sanguíneaquando não pode alimentar-se normalmente. Fornece aminoácidos, que o seu corpo iráutilizar para produzir proteínas (para construir e reparar músculos, órgãos, e outrasestruturas corporais), conjuntamente com energia (glucose) e sais.
Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos é tipicamente misturado com vitaminas, lípidos ehidratos de carbono que, em conjunto, fornecem as necessidades nutricionais completas.

2. ANTES DE UTILIZAR AMINOVEN 3,5% GLUCOSE/ELECTRÓLITOS

Não tome Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos se sofre, ou sofreu, de: uma condição emque o seu corpo tem problemas com a utilização de proteínas ou aminoácidos acidosemetabólica (os níveis de ácido nos seus fluidos corporais e tecidos tornam-se demasiadoelevados) função renal reduzida função hepática gravemente reduzida retenção de fluidos
(hiperhidratação) fluido nos seus pulmões (edema pulmonar) choque coma hiperglicemiarefractária à insulina (demasiado açúcar no seu sangue) em que é necessária aadministração de mais de 6 unidades de insulina por hora hipóxia (níveis baixos deoxigénio) problemas cardíacos desidratação com níveis baixos de sais níveis baixos desódio (hiponatremia) níveis elevados de potássio (hipercaliemia) diabetes sépsis grave
(uma condição em que o seu corpo está a combater uma infeção grave)

Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos não é recomendado para recém-nascidos, bebés ecrianças com menos de 12 anos de idade ou que pesem menos de 40 kg.

Tome especial cuidado com Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos
Informe o seu médico se:sofre de níveis baixos de potássio (hipocaliemia)sofre de níveis baixos de sódio (hiponatremia)sofre de deficiência de folatosofre de insuficiência cardíaca

O seu médico irá realizar análises regulares para confirmar que os seus eletrólitos séricos,equilíbrio hídrico, função renal e níveis de glucose sanguínea estão controlados.

O seu médico ou enfermeiro irão verificar que a solução é isenta de partículas antes dautilização.

Ao utilizarAminoven 3,5% Glucose/Electrólitos com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Gravidez e aleitamento
Informe o seu médico se estiver grávida, se pensa que está grávida ou se está aamamentar.
O médico irá decidir se deve receber Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos solução para perfusão não tem efeito na conduçãode veículos ou utilização de máquinas.

3. COMO UTILIZAR AMINOVEN 3,5% GLUCOSE/ELECTRÓLITOS

Irá receber o seu medicamento através de perfusão (gota-a-gota intravenoso).
A quantidade e a velocidade a que a perfusão é administrada depende das suasnecessidades.
O seu médico irá decidir a dose correta que irá receber.
Pode ser monitorizado durante o tratamento.

Se utilizar mais Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos do que deveria
É muito improvável que receba mais solução para perfusão do que deveria, já que o seumédico ou enfermeiro irá monitorizá-lo durante o tratamento. Os efeitos de umasobredosagem podem incluir náuseas, vómitos e tremores. Também foram notificadashiperglicemia (demasiado açúcar no sangue) e perturbações eletrolíticas. Se tiver estessintomas ou pensar que recebeu demasiado Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos,informe imediatamente o seu médico ou enfermeiro. A perfusão irá ser interrompida

imediatamente se tal acontecer. Pode ser possível continuar com uma dose reduzida.
Estes sintomas irão normalmente desaparecer ao reduzir a velocidade ou parar a perfusão.
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos pode causar efeitossecundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os seguintes efeitos secundários foram observados quando a perfusão foi administradamuito rapidamente:deficiência em folato

Podem ocorrer os seguintes efeitos secundários no local de injeção: dor e sensibilidade naveia trombose (formação de um coágulo) na veia onde a injeção é administrada

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detetar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR AMINOVEN 3,5% GLUCOSE/ELECTRÓLITOS

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
O seu médico e farmacêutico hospitalar são responsáveis pela correta conservação,utilização e eliminação da solução para perfusão Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos.
Não conservar acima de 25ºC. Não congelar e manter sempre o recipiente dentro daembalagem exterior.
Não utilize Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos solução para perfusão após o prazo devalidade impresso no rótulo.
Qualquer solução remanescente após o tratamento deve ser eliminada através dos meiosaprovados nos procedimentos hospitalares.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos
Cada 1000 ml de Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos contém as seguintes substânciasativas:

Substâncias ativas
Quantidade (g)
Tirosina
0,14
Isoleucina
1,75
Leucina 2,59
Cloridrato de lisina
2,885 (corresponde a 2,31 de lisina)

Metionina 1,505
Fenilalanina 1,785
Treonina 1,54
Triptofano 0,70
Valina 2,17
Arginina 4,20
Histidina 1,05
Alanina 4,90
Glicina 3,85
Prolina 3,92
Serina 2,275
Taurina 0,35
Glucose mono-hidratada
55,0 (corresponde a 50,0 g de glucoseanidra)
Cloreto de sódio
1,169
Cloreto de cálcio di-hidratado
0,294
Cloreto de magnésio hexa-hidratado
0,61
Cloreto de zinco
0,00545
Glicerofosfato de sódio penta-hidratado
4,592
Hidróxido de potássio
1,98

Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos contém também acetilcisteína, ácido málico e águapara preparações injectáveis.

Qual o aspeto de Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos e conteúdo da embalagem
Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos é fornecido em frascos de vidro selados que contêm
500 ml ou 1000 ml de solução.
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

FRESENIUS KABI PHARMA PORTUGAL, Lda.
Avenida do Forte, 3 ? Edifício Suécia III
2794-039 Carnaxide
Tel.: +351 214 241 280
Fax: +351 214 241 290email:[email protected]

Fabricante

Fresenius Kabi Austria GmbH
Hafnerstrasse 36
A-8055 Graz
Áustria

Este folheto foi aprovado pela última vez em

A informação que se segue destina-se apenas aos médicos e aos profissionais doscuidados de saúde:

Posologia e modo de administração
Para administração intravenosa periférica contínua.
A dose diária depende das necessidades individuais de fluidos do doente.

A dose diária máxima é 40 ml de Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos por kg de pesocorporal (equivalente a 1,4 g de aminoácidos por kg de peso corporal e 2,0 g glucose porkg de peso corporal).
A velocidade máxima de perfusão 1,7 ml de Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos por kgde peso corporal por hora (equivalente a 0,06 g de aminoácidos por kg de peso corporal epor hora e 0,085 g de glucose por kg de peso corporal e por hora).
Se for dado como a única fonte de nutrição o Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos podeser utilizado durante uma semana no máximo em doentes com condições nutricionaissatisfatórias a boas e com catabolismo ligeiro a moderado.

Sobredosagem (sintomas, procedimento de emergência, antídotos)
Tal como com outras soluções de aminoácidos, podem ocorrer tremores, vómitos,náuseas e perdas renais aumentadas de aminoácidos, quando se verifica umasobredosagem com Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos ou quando se excede avelocidade de perfusão.
No caso de sobredosagem com Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos, consequência deuma perfusão excessiva, podem ocorrer hiperglicemia e perturbações eletrolíticas. Nestecaso, a perfusão deve ser imediatamente interrompida. Pode ser possível continuar comuma dose reduzida.
Não existe nenhum antídoto específico para uma sobredosagem. Nestes casos, a perfusãodeve ser imediatamente interrompida. Os procedimentos de emergência incluem medidasde suporte, com particular atenção para as funções respiratória e cardiovascular. Éfundamental uma monitorização bioquímica apertada e que as anomalias decorrentessejam tratadas apropriadamente.

Conservação
Não conservar acima de 25ºC. Manter o recipiente dentro da embalagem exterior. Nãocongelar.

Precauções de conservação após mistura com outros componentes:
O Aminoven 3,5% Glucose/Electrólitos pode ser misturado assepticamente com outrosnutrientes tais como as emulsões lipídicas, hidratos de carbono e eletrólitos. Estãodisponíveis com o fabricante, e podem ser requisitadas mediante pedido, dados sobreestabilidade química e física para um número considerável de misturas conservadas entreos 4º e os 8º C até um máximo de 7 dias.
Sob um ponto de vista microbiológico, as misturas NPT elaboradas em condições nãocontroladas e não validadas, devem ser usadas imediatamente. Se não forem usadasimediatamente, as condições e o tempo de armazenamento anteriores à sua utilização sãoda responsabilidade do utilizador e, regra geral, não deve ser superior a 24 horas a uma

temperatura de 2 a 8º C, a não ser que a mistura tenha sido feita em condições assépticascontroladas e validadas.