Amissulprida Wynn Amissulprida bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Amissulprida Wynn e para que é utilizada
2. Antes de tomar Amissulprida Wynn
3. Como tomar Amissulprida Wynn
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Amissulprida Wynn
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o Utilizador

Amissulprida Wynn 50 mg comprimidos
Amissulprida Wynn 100 mg comprimidos
Amissulprida Wynn 200 mg comprimidos

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É AMISSULPRIDA WYNN E PARA QUE É UTILIZADA

Amissulprida Wynn pertence a um grupo de medicamentos designados porantipsicóticos.

Amissulprida Wynn é utilizada no tratamento de certos distúrbios mentais e notratamento de desordens no comportamento que apresentem sintomas tais como delírios,halucinações, distúrbios do pensamento, embotamento, ansiedade e isolamento social eemocional.

Grupo farmacoterapêutico
2.9.2. Sistema nervoso central. Psicofármacos. Antipsicóticos.

2. ANTES DE TOMAR AMISSULPRIDA WYNN

Não tome Amissulprida Wynn:
– se tem alergia (hipersensibilidade) à substância activa amissulprida ou a qualquer outrocomponente de Amissulprida Wynn (ver secção 6 ?Outras informações?)
– se tem menos de 15 anos
– se sofre de feocromocitoma (doença caracterizada pelo crescimento excessivo daglândula adrenal, localizada no topo de ambos os rins, que liberta substâncias queprovocam aumento da pressão sanguínea)

– se está a amamentar
– se tem um tumor prolactina-dependente (por exemplo, se tem cancro da mama oualguma desordem relacionada com a glândula pituitária)
– se sofre de doença grave dos rins
– em associação com agentes dopaminérgicos (substâncias activas que mimetizam oefeito dos neurotransmissores dopamínicos). Isto não é aplicável a doentes que sofrem dedoença de Parkinson.

Tome especial cuidado com Amissulprida Wynn
O seu médico pode efectuar-lhe um electrocardiograma (monitorização cardíaca) antes delhe prescrever este tratamento.

Este medicamento deve ser utilizado com particular precaução nos seguintes casos:
– nas pessoas idosas
– nos doentes com insuficiência renal ligeira a moderada, nesta situação o médico podereduzir a dosagem
– nos doentes com epilepsia ou doença de Parkinson.

Por favor informe o seu médico se algum dos casos em cima descritos se aplicar a si.

Ao tomar Amissulprida Wynn com outros medicamentos
Este medicamento não deve ser utilizado em associação com agentes dopaminérgicosexcepto em doentes com doença de Parkinson.

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica, em particular:
– alguns medicamentos utilizados no tratamento da doença de Parkinson (levodopa,amantadina, apomorfina, bromocriptina, cabergolina, entacapona, lisurida, pergolida,piribedil, pramipexole, quinagolida,ropinirol, selegilina)
– medicamentos utilizados para o tratamento cardíaco irregular (antiarritmicos de classe Itais como quinidina, hidroquinidina, disopiramida ou antiarritmicos de classe III como aamiodarona, sotalol, dofetilida, ibutilida)
– certos medicamentos para tratar desordens psíquicas (neurolépticos tais comosultoprida, tioridazina, clorpromazina, levopromazina, trifluoperazina, ciamemazina,sulpirida, tiaprida, pimozida, haloperidol, droperidol)
– certos medicamentos anti-infecciosos (eritromicina IV, espiramicina IV, mizolastina,vincamina IV, halofantrina, pentamidina, sparfloxacina, moxifloxacina, gatifloxacina)
outros medicamentos tais como bepridil (medicamento utilizado no tratamento da dor ede apertos no peito), cisaprida (medicamento utilizado no tratamento da azia), difemanil
(agente anticolinérgico).

Ao tomar Amissulprida Wynn com alimentos e bebidas
Tal como com todos os medicamentos antipsicóticos deste grupo farmacoterapêutico, nãobeba álcool ou ingira bebidas contento álcool durante o tratamento.

Gravidez e aleitamento

Não deve tomar Amissulprida Wynn durante a gravidez, excepto se expressamenteindicado pelo seu médico.

Se durante o tratamento descobrir que está grávida, consulte imediatamente o seu médicopois só ele poderá decidir se deve ou não continuar com o tratamento.

Não amamente se estiver a tomar este medicamento.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não conduza nem utilize máquinas enquanto estiver a tomar Amissulprida Wynn umavez que este medicamento pode causar tonturas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Amissulprida Wynn
Se foi informado que possui intolerância a alguns tipos de açúcar, contacte o seu médicoantes de tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR AMISSULPRIDA WYNN

Tome Amissulprida Wynn sempre de acordo com as instruções do seu médico. Fale como seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Posologia ou dose recomendada
A dose exacta depende da sua necessidade pessoal. Tenha sempre em conta a doseprescrita pelo seu médico.

Caso sinta que Amissulprida Wynn é demasiado forte ou demasiado fraca para si, falecom o seu médico ou farmacêutico.

Modo de administração
Via oral.
Engula os comprimidos com um copo de água.

Se tomar mais Amissulprida Wynn do que deveria
Fale imediatamente com o seu médico.

Caso se tenha esquecido de tomar Amissulprida Wynn
Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.
Se se esquecer de tomar mais do que uma dose, fale com o seu médico.

Se parar de tomar Amissulprida Wynn
Não pare de tomar o seu medicamento sem ter falado primeiro com o seu médico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre Amissulprida Wynn, fale com o seu médico oufarmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Amissulprida Wynn pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Foram notificados os seguintes efeitos secundários:
– insónia, ansiedade, agitação
– sonolência durante o dia
– alterações gastrointestinais (obstipação, náuseas, vómitos, boca seca)
– tremores, músculos rígidos, cólicas, movimentos anormais, hipersalivação (salivaçãoexcessiva)
– impotência, frigidez
– paragem dos ciclos menstruais, secreção de leite não relacionada com o aleitamentonormal nas mulheres, aumento do peito nos homens, hiperprolactinemia (quantidadeexcessiva de prolactina no sangue, hormona que induz a produção de leite numa mulherque acabou de ser mãe)
aumento de peso.

Os seguintes efeitos secundários foram observados raramente:
– torcicolo (pescoço retorcido), crises oculares (movimentos anormais de algunsmúsculos oculares), contracção intensa dos maxilares, movimentos involuntários
hipotensão (diminuição da pressão sanguínea), abrandamento do ritmo cardíaco,sincope grave (desmaio), arritmias cardíacas (batimento cardíaco irregular)
– reacções alérgicas
– aumento das enzimas hepáticas, principalmente das transaminases (verificado nasanálises sanguíneas)
– tonturas
febre inexplicável, associada com desordens neurológicas.

O aparecimento de rigidez muscular e desordens da consciência, acompanhados por umafebre inexplicável durante o tratamento requer a suspensão imediata do tratamento e umaconsulta médica urgente.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR AMISSULPRIDA WYNN

Mantenha o medicamento fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Amissulprida Wynn após o prazo de validade indicado na embalagem. Oprazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
Este medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Amissulprida Wynn
A substância activa é a amissulprida.
Cada comprimido de Amissulprida Wynn 50 mg contém 50 mg de amissulprida.
Cada comprimido de Amissulprida Wynn 100 mg contém 100 mg de amissulprida.
Cada comprimido de Amissulprida Wynn 200 mg contém 200 mg de amissulprida.

Os restantes componentes de Amissulprida Wynn 50 mg, 100 mg e 200 mg são amido demilho, lactose mono-hidratada, metilcelulose, sílica anidra coloidal e estearato demagnésio.

Qual o aspecto de Amissulprida Wynn e conteúdo da embalagem
Os comprimidos de Amissulprida Wynn 50 mg são brancos e redondos.
Os comprimidos de Amissulprida Wynn 100 mg são brancos, redondos e com ranhura.
Os comprimidos de Amissulprida Wynn 200 mg são brancos, redondos e com ranhura.

Os comprimidos de Amissulprida Wynn 100 mg e 200 mg podem ser divididos em duasmetades iguais.

Amissulprida Wynn está disponível em embalagens de 20 e 60 comprimidos.

Algumas destas apresentações podem não estar comercializadas.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Wynn Industrial Pharma, S.A.
Office Park da Beloura, Edifício nº 4
2710-444 Sintra

Fabricante

Clintex- Produtos Farmacêuticos, S.A.
Rua Comandante Carvalho Araújo
Sete Casas, 2670-540 Loures

Farma-APS ? Produtos Farmacêuticos, S.A.
Rua João de Deus, nº19
Venda-nova
2700-487 Amadora

Este folheto informativo foi aprovado pela última vez em