Arcalion bula do medicamento

Bulas Relacionadas comercializadas no Brasil Arcalion,

 

Neste Folheto:
1. O que é Arcalion e para que é utilizado
2. Antes de tomar Arcalion
3. Como tomar Arcalion
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Arcalion
6. Outras informações

Arcalion 200 mg comprimido revestido

Sulbutiamina

Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.
Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário tomar Arcalion com precaução para obter os devidos resultados.
Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
Em caso de agravamento ou não melhoria do estado de saúde após 8 dias, consulte o seu médico.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico.

1. O QUE É ARCALION E PARA QUE É UTILIZADO

O Arcalion destina-se ao tratamento da astenia (cansaço).

2. ANTES DE TOMAR ARCALION

Não tome Arcalion:
Se tem hipersensibilidade (alergia) à sulbutiamina a qualquer outro ingrediente de
Arcalion..
Tome especial cuidado com Arcalion:
Arcalion não deve ser administrado a crianças.

Tomar Arcalion com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.
Tomar Arcalion com alimentos e bebidas:
Não relevante.

Gravidez
Na ausência de estudos e por precaução não se aconselha a sua utilização durante a gravidez .

Aleitamento
Na ausência de estudos e por precaução não se aconselha a sua utilização durante o aleitamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Não relevante.

Informações importantes sobre alguns componentes de Arcalion:

Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.
Este medicamento contém pequenas quantidades de etanol (álcool), inferiores a 100 mg por dose.

3. COMO TOMAR ARCALION

Deve tomar Arcalion por via oral. A dose habitual é de 1 a 3 comprimidos revestidos em uma ou várias tomas diárias. Em média, no adulto, a dose é de 2 comprimidos revestidos ao pequeno almoço.

Se tomar mais Arcalion do que deveria:
Uma dose elevada de Arcalion, pode provocar agitação. Estas perturbações são transitórias e desaparecem rapidamente.

Caso se tenha esquecido de tomar Arcalion:
Caso se tenha esquecido de tomar uma dose de Arcalion, tome a próxima à hora habitual. Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS
Os efeitos secundários mais comuns são ao nível do :
Sistema digestivo: naúseas, vómitos,
Sistema nervoso: agitação, dor de cabeça, tremor,
Pele: erupção cutânea.
Caso detecte efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou o farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR ARCALION
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.
Não utilize Arcalion após expirar o prazo de validade indicado na caixa e blister.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES
Qual a composição de Arcalion 200 mg comprimidos revestidos?
-A substância activa é a sulbutiamina: 1 comprimido revestido contém 200 mg de sulbutiamina.
- Os outros componentes são: Lactose, Amido de milho, Amido milho snow flake, Glucose, Talco, Estearato magnésio, Água purificada, Etilcelulose (E462), Monoleato de glicerilo, Etanol, Povidona K 25, Carmelose, Aerosil 200, Goma arábica, Polissorbato 80, Dióxido titânio (E171), Laca amarelo alaranjada, Sacarose e Capol 600.

Qual o aspecto de Arcalion e conteúdo da embalagem
Caixas de 20 comprimidos revestidos: 9524207
Caixas de 60 comprimidos revestidos: 9524215

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
SERVIER PORTUGAL – Especialidades Farmacêuticas, Lda
Av. António Augusto de Aguiar, 128
1069-133 LISBOA
Fabricante
IBERFAR – Indústria Farmacêutica, S.A.
QUELUZ DE BAIXO
Para quaisquer informações sobre este medicamento queira contactar o Titular da Autorização de
Introdução no Mercado.

Este folheto foi aprovado pela última vez em: Maio de 2006