Azitromicina Cinfa 500 mg Comprimidos revestidos por película Azitromicina bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película e para que é utilizada
2. Antes de tomar Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película
3. Como tomar Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película
4. Efeitos secundários possíveis
5. Conservação de Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película


FOLHETO INFORMATIVO

Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento pode ser-lhesprejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas

Neste folheto:

A substância activa é azitromicina di-hidratada.

Os outros componentes são: Amido pré-gelificado, Crospovidona, Fosfato de cálcio dibásico,
Laurilsulfato de sódio, Estearato de magnésio, Dióxido de titânio (E-171), Lactose, Triacetato deglicerilo, Hipromelose.

Forma farmacêutica
Comprimidos revestidos por película.

Apresentações
A Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película apresenta-se emembalagens de 2 e 3 comprimidos revestidos por película.

Titular de AIM e Fabricante

Titular: Fabricante:
Cinfa Portugal, Lda
Kern Pharma, S.L.
Av. Tomás Ribeiro, 43 ? Bloco 2, 3º F
Polígono Industrial Collon II Vénus 72
Edifício Neopark
08228 Terrassa (Barcelona) – Espanha

1. O QUE É Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película E PARA QUE
É UTILIZADA

Categoria fármaco-terapêutica: 1.1.8. Antibacterianos. Macrólidos.

Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película é um antibiótico utilizado notratamento de infecções localizadas em diversas partes do organismo provocadas por bactérias.

Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película está indicado no tratamentode certas infecções, causadas por microorganismos sensíveis, tais como: amigdalites/faringites,sinusites, bronquites, pneumonias, otites, infecções da pele e dos tecidos moles (ex.: abcessos), bemcomo de doenças sexualmente transmissíveis provocadas por Chlamydia trachomatis e Neisseriagonorrhoea não multirresistente.

2. ANTES DE TOMAR Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película

Não tome Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película se:
Em tratamentos anteriores com Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos porpelícula ou outros antibióticos semelhantes tiverem ocorrido reacções alérgicas.

Tome especial cuidado com Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película:
Deverá interromper o tratamento com Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos porpelícula e contactar o seu médico se surgirem sinais de reacção alérgica como sejam o aparecimentode manchas vermelhas ou brancas na pele e sensação de comichão e irritação; inchaço na pele, nalaringe ou na língua, e dificuldade em respirar.

Deverá informar o médico se já teve ou tem doenças do fígado ou dos rins.

Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película só deverá ser administrada emcrianças com peso superior a 45 kg.

Informação importante sobre alguns excipientes de Azitromicina AMPDR 500 mg
Comprimidos
Os comprimidos de Azitromicina AMPDR contêm lactose. Se foi informado pelo o seu médico quetem intolerância a alguns açúcares, contacte o seu médico antes de tomar este medicamento.

Gravidez ou aleitamento:
Se está grávida (ou pensa poder estar) ou a amamentar, apenas poderá tomar Azitromicina AMPDR
500 mg comprimidos revestidos por película se receitado por um médico que tenha conhecimentodo seu estado.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Tanto quanto se sabe, Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película não temefeitos sobre a capacidade de conduzir veículos e de utilização de outras máquinas.

Tomar Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película com outrosmedicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico, caso esteja a tomar ou tiver tomado recentemente outrosmedicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Os medicamentos podem interagir entre si ou com outras substâncias não medicamentosas originandoreacções inesperadas ou podendo, nalguns casos, provocar uma diminuição ou aumento do efeitoesperado. Assim, deverá indicar ao médico todos os medicamentos que está a usar, ou costuma usar,

especialmente os seguintes:

Ergotamina ou Di-hidroergotamina (medicamentos para a enxaqueca);
Digoxina (medicamento para o coração);
Varfarina e outros anticoagulantes orais da mesma classe;
Ciclosporina (imunossupressor);
Zidovudina (antivírico).

Não deve tomar Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película ao mesmotempo que os antiácidos.

Em caso de dúvida, consulte o seu médico ou farmacêutico

3. COMO TOMAR Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película.

Via oral

Deverá tomar os comprimidos de Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos porpelícula com água ou outra bebida, com ou sem alimentos.

O medicamento deverá ser administrado, preferencialmente sempre a mesma hora, todos os dias.
Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película deverá ser tomado uma só vezao dia.

Para que Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película seja eficaz deverãoser completados os 3 dias de tratamento; no entanto, a acção de Azitromicina AMPDR 500 mgcomprimidos revestidos por película prolonga-se por mais tempo.

No adulto, e também nas crianças com peso superior a 45 kg, a posologia recomendada para a maioriadas indicações é de 500 mg 1 vez ao dia (1 comprimido de 500 mg) e a duração do tratamento é de 3dias. No tratamento de doenças sexualmente transmissíveis a posologia recomendada é de 1 gadministrado uma única vez (2 comprimidos de 500 mg).

Se tomar mais Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película do que odeveria:
Em caso de ocorrência de sobredosagem, deve recorrer ao médico ou chamar ao Centro de Informação Anti-
Venenos (Telef. 808 250 143). Leve este folheto consigo.

Se esqueceu a última toma de Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos porpelícula:
Se esquecer uma dose, tome o medicamento logo que se lembrar e continue o tratamento conformeestava previsto.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSIVEIS

Como os demais medicamentos, Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos porpelícula pode ter efeitos secundários.

Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película é bem tolerado.

Os efeitos secundários são raros, relacionando-se, a maior parte das vezes, com o tractogastrointestinal, tais como: anorexia (falta de apetite), diarreia, fezes moles, dispepsia (dificuldade nadigestão), mal-estar abdominal (dores/cólicas), náuseas, vómitos, obstipação, flatulência (gases),colite pseudomembranosa e casos raros de descoloração da lingua e alterações no paladar.

A semelhança do que tem sido descrito com outros antibióticos da mesma classe de Azitromicina
AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película, poderão ocorrer alterações da audição,tonturas/vertigens e convulsões.

Foram também descritos casos de trombocitopenia (diminuição do número de plaquetas no sangue),cefaleias (dores de cabeça), sonolência, agressividade, nervosismo, agitação, ansiedade, parestesia
(sensação de formigueiro ou adormecimento nos membros), hiperactividade, monilíase ("sapinhos"),vaginite (infecção vaginal), alterações da função hepática e renal, bem como reacções alérgicas, tendosido descritas, embora raramente, reacções cutâneas graves (ver Tome especial cuidado com
Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película).

Deverá consultar o médico se, eventualmente, surgir algum efeito grave e inesperado.

5. CONSERVAÇÃO DE Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película:

Não utilize Azitromicina AMPDR 500 mg comprimidos revestidos por película após expirar oprazo de validade indicado na embalagem.

MANTER FORA DO ALCANCE E DA VISTA DAS CRIANÇAS
MEDICAMENTO SUJEITO A RECEITA MÉDICA

TEXTO REVISTO EM:
Março 2005