Azitromicina Pulomax Azitromicina bula do medicamento

Neste folheto:
1.O que é Azitromicina Pulomax e para que é utilizado
2.Antes de tomar Azitromicina Pulomax
3.Como tomar Azitromicina Pulomax
4.Efeitos secundários possíveis
5.Como conservar Azitromicina Pulomax
6.Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Azitromicina Pulomax 250 mg comprimidos revestidos por película
Azitromicina

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar, ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O que é Azitromicina Pulomax e para que é utilizado

A azitromicina contida em Azitromicina Pulomax pertence ao grupo de medicamentosdesignados antibióticos macrólidos. A azitromicina elimina as bactérias por supressão dasíntese de constituintes vitais da bactéria, as paredes celulares.
A azitromicina pode ser utilizada no tratamento de infecções causadas por bactériassusceptíveis. Estas infecções incluem: infecções do tracto respiratório superior: sinusite, faringite, amigdaliteinfecções do ouvido médio (otite média)infecções do tracto respiratório inferior: bronquite e pneumonia ligeira e moderadamentegraveinfecções cutâneas e dos tecidos molescertas infecções bacterianas de transmissão sexual (provocadas por Chlamydiatrachomatis).
O médico pode ter prescrito este medicamento para uma doença que não as mencionadasneste folheto informativo. Siga sempre as instruções do médico e a posologia que lhe foiindicada.

2. Antes de tomar Azitromicina Pulomax

Não tome Azitromicina Pulomax:

se é alérgico (hipersensibilidade) à azitromicina ou a quaisquer outros antibióticosmacrólidos (por ex., eritromicina e claritromicina) ou a qualquer outro componente de
Azitromicina Pulomax.

Tome especial cuidado com Azitromicina Pulomax:caso lhe tenha sido diagnosticada insuficiência renal ou hepáticacaso esteja grávida ou a amamentar.
Antes de iniciar o tratamento com Azitromicina Pulomax, pergunte ao médico se pode ounão tomar azitromicina, caso lhe tenha sido diagnosticada uma frequência cardíacairregular ou disfunção cardíaca grave.

Tomar Azitromicina Pulomax com outros medicamentos
A toma concomitante de outros medicamentos pode afectar a eficácia e segurança destemedicamento. Por outro lado, Azitromicina Pulomax pode afectar a eficácia e segurançados outros medicamentos. Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar outiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos semreceita médica, ou produtos de saúde. Não se esqueça de informar o seu médico sobre amedicação Azitromicina Pulomax, se durante o tratamento ou pouco depois da suaconclusão lhe forem prescritos outros medicamentos.

É particularmente importante que informe o médico
– se lhe foi prescrita medicação contra as enxaquecas que contenha ergotamina, antes oudurante o tratamento com azitromicina;
– se estiver a tomar digoxina (um medicamento para o coração);
– se estiver a tomar ciclosporina (um medicamento que diminui a resposta imunitária);
– se estiver a tomar varfarina (um medicamento que previne a coagulação sanguínea);
– se estiver a tomar rifabutina (um medicamento antituberculose);
– se estiver a tomar zidovudina ou didanosina, que pertencem ao grupo de medicamentosanti-VIH;
– se estiver a tomar antiácidos que reduzem a acidez estomacal, porque podem retardar aabsorção de azitromicina.

Tomar Azitromicina Pulomax com alimentos e bebidas
Os comprimidos de Azitromicina Pulomax podem ser tomados em jejum ou com asrefeições. Os alimentos não afectam a absorção de azitromicina.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Utilização durante a gravidez: Os estudos de reprodução em animais não revelaramquaisquer evidências de danos para o feto. Não estão disponíveis estudos adequados nembem controlados em mulheres grávidas.
Visto que os estudos em animais nem sempre permitem prever a resposta em humanos,
Azitromicina Pulomax só deve ser utilizado durante a gravidez se não estiveremdisponíveis outras alternativas adequadas.
Utilização durante o aleitamento: Azitromicina Pulomax só deve ser administrado a mãeslactantes caso não estejam disponíveis alternativas adequadas.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Por norma, Azitromicina Pulomax não afecta a capacidade de lidar com o trânsito nem deoperar maquinaria de precisão.

Informações importantes sobre alguns componentes de Azitromicina Pulomax
O produto contém carboximetilamido sódico, que pode conter glúten e causar problemasaos doentes com doença coeliaca.

3. Como tomar Azitromicina Pulomax

Tomar Azitromicina Pulomax sempre de acordo com as indicações do médico. Fale como seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. Se considerar o efeito de Azitromicina
Pulomax demasiado forte ou demasiado fraco, consulte o seu médico ou farmacêutico.
Os comprimidos que contêm 250 mg de azitromicina são tomados uma vez ao dia.
Podem ser tomados com as refeições para reduzir o risco de efeitos adversosgastrointestinais.

Adultos, adolescentes e crianças com um peso superior a 45 kg que consigam engolircomprimidos:
A dose usual é de 500 mg uma vez ao dia durante três dias, ou 500 mg sob a forma dedose única no primeiro dia e, daí em diante, de 250 mg diários durante quatro dias.
A dose nas doenças sexualmente transmissíveis provocadas por Chlamydia trachomatis éde 1000 mg sob a forma de dose única.

Adolescentes e crianças com um peso inferior a 45 kg:
Os comprimidos que contêm 250 mg de azitromicina não são indicados para estesdoentes.
Se tomar mais Azitromicina Pulomax do que deveria
Consulte sempre o seu médico ou hospital, caso tenha tomado a medicação em excesso eapresente sintomas de sobredosagem, como perda de audição, náuseas graves, vómitos oudiarreia.

Caso de tenha esquecido de tomar Azitromicina Pulomax
Se se esquecer de tomar uma dose de Azitromicina Pulomax, volte a tomar assim que selembrar e continue de acordo com as indicações prescritas. Não tome uma dose a dobrarpara compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, Azitromicina Pulomax pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Frequentes (? 1/100 a < 1/10):
Náuseas, vómitos, diarreia e dores abdominais.

Pouco frequentes (? 1/1000 a < 1/100)
Cansaço, cefaleia, tonturas, sonolência e astenia. Convulsões. Flatulência, indigestão,perda de apetite e fezes moles. Rash e comichão. Artralgia. Vaginite.

Raros (? 1/10.000 a < 1/1000):
Desenvolvimento rápido de uma forte reacção alérgica (choque anafiláctico) comsintomas gerais, e inchaço. Diminuição das plaquetas sanguíneas. Falsas sensações.
Palpitações e frequência cardíaca irregular. Obstipação, alterações no sentido do paladare descoloração da língua. Episódio de inchaço cutâneo local (angioedema),fotossensibilidade, urticária, eritema multiforme e a respectiva forma fatal ? a síndromede Stevens-Johnson, bem como necrólise epidérmica (síndrome de Lyell). Alterações nosvalores hepáticos, hepatite, icterícia, necrose hepática e disfunção hepática.
Agressividade, nervosismo e ansiedade. Nefrite (inflamação dos rins) e insuficiênciarenal aguda. Perda de audição, surdez e zumbidos.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. Como conservar Azitromicina Pulomax

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
O medicamento não necessita de precauções especiais de armazenamento.
Não utilize Azitromicina Pulomax após o prazo de validade impresso na embalagemexterior a seguir a ?VAL:?
O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. Outras informações

Qual a composição de Azitromicina Pulomax
A substância activa é azitromicina mono-hidratada, equivalente a 250 mg deazitromicina.
Os outros componentes são:
Núcleo do comprimido – hidrogenofosfato de cálcio anidro, celulose microcristalina,hidroxipropilcelulose, laurilsulfato de sódio, carboximetilamido sódico (tipo A) fumaratosódico de estearilo.
Revestimento por película – hipromelose, macrogol 6000, talco e dióxido de titânio (E
171).

Qual o aspecto de Azitromicina Pulomax e conteúdo da embalagem:
Comprimidos revestidos por película ovais e biconvexos, brancos ou quase brancos.
Tamanho das embalagens: 3, 4, 6 ou 100 comprimidos revestidos por película.
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da autorização de introdução no mercado
Mepha ? Investigação, Desenvolvimento e Fabricação Farmacêutica, Lda.
Rua Elias Garcia, 28C, Apartado 6617 Venda Nova
2701-355 Amadora
Portugal

Fabricante
Merckle GmbH,
Ludwig-Merckle-Strasse 3,
D-89143 Blaubeuren
Alemanha

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico
Europeu (EEE) com as seguintes denominações:
Estónia: Azithromycin Mepha 250 mg
Finlândia: Azithromycin Mepha 250 mg
Letónia: Azitro-Mepha 250 mg
Lituânia: Azitro-Mepha 250 mg, pl?vele dengtos tablet?s
Malta: Azitro-Mepha 250 mg
Polónia: Azitro-Mepha
Portugal: Azitromicina Pulomax 250 mg

Este folheto foi aprovado pela última vez em