BETNOVATE CAPILAR bula do medicamento

Bulas Relacionadas comercializadas no Brasil Betnovate Capilar, Betnovate q,

 

Neste folheto:
1. O que é Betnovate Capilar e para que é utilizado
2. Antes de usar Betnovate Capilar
3. Como usar Betnovate Capilar
4. Efeitos secundários possíveis
5. Conservação de Betnovate Capilar

BETNOVATE® CAPILAR

BETNOVATE® CAPILAR 1 mg/g Solução cutânea
betametasona

Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento
– Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.

BETNOVATE® CAPILAR 1 mg/g Solução cutânea
betametasona
– A substância activa é a betametasona, sob a forma de valerato.
– Os outros componentes são: carbomer 980 NF, álcool isopropílico, hidróxido de sódio, água purificada.

TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO
Glaxo Wellcome Farmacêutica, Lda R. Dr. António Loureiro Borges,3 Arquiparque, Miraflores 1495 -131 ALGÉS

1. O QUE É BETNOVATE CAPILAR E PARA QUE É UTILIZADO

Solução cutânea para aplicação no couro cabeludo, contendo 0,1% (p/p) de betametasona sob a forma de valerato. Cada frasco contém 100 ml de solução.
Betnovate Capilar pertence ao grupo farmacoterapêutico dos corticosteróides de acção tópica (13.5).
A solução cutânea de Betnovate está indicada para o tratamento de dermatoses do couro cabeludo sensíveis aos corticosteróides, como psoríases e seborreia, e nas inflamações associadas a caspa.

2. ANTES DE USAR BETNOVATE CAPILAR
Não use Betnovate Capilar:
– se tem hipersensibilidade (alergia) à betametasona ou a qualquer dos excipientes;
– se tem infecções do couro cabeludo;
Betnovate não está indicado em dermatoses em crianças com menos de 1 ano de idade, incluindo dermatites.
Não deve ser utilizado o tratamento com Betnovate Capilar em crianças com idade compreendida entre 1 e 12 anos por um período superior a 5 dias.

Tome especial cuidado com Betnovate Capilar
Deve haver precaução especial em aplicar a solução longe dos olhos.
Esta preparação é inflamável. Não usar, nem secar o cabelo perto do fogo ou chama
directa.
Deve evitar-se a terapêutica tópica prolongada sempre que possível, particularmente nos lactentes e crianças, pois pode ocorrer supressão supra-renal, mesmo sem oclusão. Os corticosteróides tópicos podem ter riscos na psoríase por várias razões, incluindo recidiva rebound, desenvolvimento de tolerância, risco de psoríase pustular generalizada e desenvolvimento de toxicidade local ou sistémica, devido à função de barreira da pele estar alterada. Se for usado na psoríase é importante a observação cuidadosa do doente.
Deve ser usada terapêutica antimicrobiana adequada sempre que as lesões inflamatórias tratadas infectarem. Se surgir uma infecção secundária deve suspender-se a terapêutica corticosteróide tópica e iniciar terapêutica antimicrobiana sistémica apropriada. A infecção bacteriana é estimulada pelo calor, condições de humidade induzidas pelo penso oclusivo, pelo que a pele deve ser limpa antes de aplicar um novo penso.
Gravidez e aleitamento
A administração tópica de corticosteróides a animais durante o periodo da gravidez pode provocar anomalias no desenvolvimento fetal. Não foi estabelecida para o Homem a relevância desta observação; no entanto, os corticosteróides tópicos não devem ser usados extensamente durante a gravidez, i.e., em grandes quantidades ou por longos períodos.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram referidos efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Usar Betnovate com outros medicamentos
Não aplicável.

3. COMO USAR BETNOVATE CAPILAR

Aplicar, de manhã e à noite, uma quantidade pequena de solução de Betnovate no couro cabeludo, até melhoria evidente. Pode depois manter-se a melhoria com uma única aplicação diária, ou mesmo com menor frequência.
Betnovate Capilar é apropriado para utilização em crianças (a partir de 1 ano de idade) e idosos. No entanto, a sua utilização prolongada ou aplicação em áreas extensas deverá ser evitada especialmente nesta população.

Se usar mais Betnovate Capilar do que deveria
Não é provável verificar-se sobredosagem aguda, no entanto no caso de sobredosagem crónica ou abuso podem surgir sintomas de hipercortisolismo. Nesta situação deve suspender-se o tratamento gradualmente e sob supervisão médica, devido ao risco de insuficiência supra-renal.
Caso se tenha esquecido de usar Betnovate Capilar
Não aplique uma quantidade de solução a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar. Retome o regime posológico prescrito pelo seu médico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como os demais medicamentos, Betnovate Capilar pode ter efeitos secundários.

Se aparecerem sintomas de hipersensibilidade deve suspender-se imediatamente a aplicação. Como com outros corticosteróides tópicos, quando são tratadas áreas extensas pode ocorrer absorção sistémica suficiente para produzir os sintomas de hipercortisolismo. É mais provável que este efeito ocorra nos lactentes e nas crianças, e se se emprega revestimento oclusivo ou se o tratamento é prolongado.
Foi referido o aparecimento de sensação de calor no local da aplicação, prurido e dermatite alérgica de contacto.

Pode ocorrer atrofia local depois de tratamento prolongado.

Em casos muito raros, pensa-se que durante o tratamento da psoríase com corticosteróides (ou na suspensão do mesmo) estes teriam dado origem ao aparecimento da forma pustular da doença.

Poderão ocorrer infecções secundárias a fungos e bactérias.
Caso detecte efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. CONSERVAÇÃO DE BETNOVATE CAPILAR
Manter fora do alcance e da vista das crianças. Não conservar acima de 25°C.
Não utilize Betnovate Capilar depois de expirar o prazo de validade inscrito na embalagem.

Este folheto foi revisto pela última vez em: Julho 2005