Bicalutamida Solufarma Bicalutamida bula do medicamento

Neste folheto:
1.O que é Bicalutamida Solufarma e para que é utilizada
2.Antes de tomar Bicalutamida Solufarma
3.Como tomar Bicalutamida Solufarma
4.Efeitos secundários possíveis
5.Como conservar Bicalutamida Solufarma
6.Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Bicalutamida Solufarma 50 mg Comprimidos revestidos por película
Bicalutamida Solufarma 150 mg Comprimidos revestidos por película

bicalutamida

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; omedicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmossintomas.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêutico.

Neste folheto:

1.O QUE É Bicalutamida Solufarma E PARA QUE É UTILIZADA

Bicalutamida Solufarma pertence a um grupo de medicamentos denominadosantiandrogénios. Isto significa que pode interferir com alguma da actividade dosandrogénios (hormonas sexuais masculinas) no corpo.

Bicalutamida Solufarma é utilizado para tratar neoplasias da próstata.

Numa dose diária de 50 mg, Bicalutamida Solufarma 50 mg é utilizada emcombinação com outros tratamentos tais como medicamentos que reduzem osníveis de androgénios do corpo.

Numa dose diária de 150 mg:
Bicalutamida Solufarma 150 mg é utilizada como tratamento imediato nadoença precoce ou deverá ser iniciada após tratamento com intuito curativo.
Bicalutamida Solufarma 150 mg é utilizada como monoterapia em doentespara os quais a castração ou o uso de outros medicamentos não é consideradoadequado ou aceitável.

2.ANTES DE TOMAR Bicalutamida Solufarma

Não tome Bicalutamida Solufarma
– Se tem alergia (hipersensibilidade) à bicalutamida ou a qualquer outrocomponente de Bicalutamida Solufarma.
– Simultaneamente com outros medicamentos contendo terfenadina, astemizolou cisapride.

Bicalutamida Solufarma não deve ser tomada por mulheres, incluindo grávidase mulheres que estejam a amamentar.

Bicalutamida Solufarma não deve ser administrada a crianças.

Tome especial cuidado com Bicalutamida Solufarma
Antes do tratamento com Bicalutamida Solufarma, informe o seu médico se:
– Tem algum problema de saúde ou doença que afecte o seu fígado.
– Está tomar outros medicamentos, incluindo aqueles que compra sem receitamédica.

Se for hospitalizado informe o pessoal médico de que está a tomar
Bicalutamida Solufarma.

Tomar Bicalutamida Solufarma com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos semreceita médica.
Em particular, deverá informá-lo se está a tomar anticoagulantes orais (queprevinem a formação de coágulos sanguíneos), alguns anti-histamínicos
(terfenadina ou astemizol), cisapride (para alguns tipos de indigestão),ciclosporina (para suprimir o seu sistema imunitário),ou bloqueadores dos canais do cálcio (para tratamento de pressão arterial altaou outras doenças cardíacas), cimetidina ou cetoconazol.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Bicalutamida Solufarma não deve ser tomado por mulheres, incluindo grávidase mulheres que estejam a amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas
É improvável que Bicalutamida Solufarma afecte a sua capacidade de conduzirveículos ou utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Bicalutamida
Solufarma
Os comprimidos de Bicalutamida Solufarma contêm lactose, assim, se foiinformado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-oantes de tomar este medicamento.

3.COMO TOMAR Bicalutamida Solufarma

Tomar Bicalutamida Solufarma sempre de acordo com as indicações domédico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual é de 1 comprimido (50 mg) tomado uma vez ao dia ou de 1comprimido (150 mg) tomados numa única toma diária, conforme as instruçõesdo seu médico.

Deverá engolir o comprimido inteiro com água.

Tente tomar os comprimidos sempre à mesma hora do dia.

Não pare de tomar os comprimidos mesmo que se esteja a sentir bem, a nãoser que o seu médico o recomende.

Se tomar mais Bicalutamida Solufarma do que deveria
Se tomar Bicalutamida Solufarma mais do que deveria, contacte o seu médicoou o hospital mais próximo.

Caso se tenha esquecido de tomar Bicalutamida Solufarma
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu detomar.

Se parar de tomar Bicalutamida Solufarma
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com oseu médico ou farmacêutico.

4.EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSIVEIS

Como todos os medicamentos, Bicalutamida Solufarma pode causar efeitossecundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Efeitos secundários que são pouco frequentes:
Falta de ar grave ou agravamento súbito de falta de ar, possivelmente comtosse ou febre. Alguns doentes que tomam Bicalutamida Solufarma 150 mgpodem desenvolver uma inflamação dos pulmões, denominada doençapulmonar intersticial.
Comichão intensa na pele (com inchaços ou protuberâncias) ou inchaço dacara, lábios, língua e/ou garganta, que possam causar dificuldade em engolir.
Sangue na urina.
Dor abdominal.

Efeitos secundários que são frequentes:
Coloração amarela da pele e dos olhos (icterícia). Podem ser sintomas delesao no fígado ou pode ocorrer raramente falência do fígado.

Efeitos indesejáveis que podem surgir quando Bicalutamida Solufarma 50 mg éadministrada numa dose diária de 50 mg (1 comprimido de 50 mg)

Informe o seu médico se algum dos seguintes efeitos secundários o incomodar:

Efeitos secundários que são muito frequentes: hipersensibilidade ou aumentodo volume da mama, afrontamentos.

Efeitos secundários que são frequentes: náuseas, diarreia, comichão,sensação de fraqueza.

Efeitos secundários que são raros: vómitos, pele seca.

Efeitos indesejáveis que podem surgir quando Bicalutamida Solufarma 50 mg éadministrada numa dose diária de 150 mg (3 comprimidos de 50 mg)

Efeitos secundários que são muito frequentes: hipersensibilidade ou aumentodo volume da mama.

Efeitos secundários que são frequentes: afrontamentos, náuseas, comichão,sensação de fraqueza, pele seca, diminuição da libido, impotência, aumento depeso, perda ou crescimento de cabelo.

Efeitos secundários que são pouco frequentes: indigestão, depressão.

Ocasionalmente, Bicalutamida Solufarma poderá estar associada comalterações do sangue, pelo que é possível que o seu médico peça algumasanálises de sangue.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêutico.

5.COMO CONSERVAR BICALUTAMIDA SOLUFARMA

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais deconservação.

Não utilize Bicalutamida Solufarma após o prazo de validade impresso noembalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao último dia do mêsindicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixodoméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos deque já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6.OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Bicalutamida Solufarma
A substância activa é: bicalutamida (INN)
Os outros componentes (são):
Núcleo do comprimido: Lactose monohidratada, Amido glicolato de sódio (Tipo
A), Povidona (K30), Crospovidona (Tipo B), Estearato de magnésio.
Revestimento do comprimido: Hipromelose 3 mPas, Macrogol 300, Dióxido detitânio (E171).

Qual o aspecto de Bicalutamida Solufarma e conteúdo da embalagem
Blister de PVC/alumínio
Bicalutamida Solufarma 50 mg apresenta-se em embalagens de 20, 30 e 60comprimidos revestidos por película.
Bicalutamida Solufarma 150 mg apresenta-se em embalagens de 20, 30 e 60comprimidos revestidos por película.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Solufarma ? Produtos Farmacêuticos, Unipessoal Lda.
Rua do Tejo 56 9ºA Esq.
2775-325 Parede

Fabricante
Laboratorios Medicamentos Internacionales, S.A. MEDINSA
C/ Solana, 26
28850 Torrejón de Ardoz
Madrid

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o titularda autorização de introdução no mercado.

Este folheto foi aprovado pela última vez em {MM/AAAA}