Contracer 1110 MBq/ml Fluodesoxiglucose (18 F) bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é CONTRACER e para que é utilizado
2. Antes de utilizar CONTRACER
3. Como utilizar CONTRACER
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar CONTRACER
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

CONTRACER 1110 MBq/ml, 1110 MBq/ml, Solução injectável
Fludesoxiglucose [18F]

Leia atentamente este folheto antes de utilizar este medicamento.

– Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaiquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1 – O QUE É CONTRACER E PARA QUE É UTILIZADO

Este medicamento é apenas para uso em diagnóstico.
Pertence ao grupo de medicamentos denominados radiofarmacêuticos para diagnóstico.
CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável está indicado para ser utilizado naobtenção de imagens por tomografia por emissão de positrões (PET) nas seguintesindicações oncológicas, cardiológicas e neurológicas:

Oncologia
O objectivo diagnóstico é visualizar o aumento da disponibilização de glucose (açúcar)em órgãos ou tecidos concretos nas seguintes indicações.
Diagnóstico:
Caracterização do nódulo pulmonar solitário
Detecção do tumor de origem desconhecida evidenciada, por exemplo, por adenopatiacervical, metástases hepáticas ou ósseas

Caracterização de uma massa pancreática
Estadiamento:
Tumores da cabeça e pescoço, incluindo biopsia guiada assistida
Cancro do pulmão primário
Cancro da mama localmente avançado
Cancro do esófago
Carcinoma do pâncreas
Cancro colorrectal, especialmente nas recorrências
Linfoma maligno
Melanoma maligno, com Breslow > 1,5 mm o ou metástases em nódulos linfáticos nodiagnóstico inicial
Monitorização da resposta ao tratamento:
Linfoma maligno
Tumores da cabeça e pescoço
Detecção em caso de suspeita razoável de recidiva:
Gliomas com alto grau de malignidade (III ou IV)
Tumores da cabeça e pescoço
Cancro de tiróides (não medular): doentes com aumento dos níveis séricos detiroglobulina e rastreio corporal com iodo radioactivo negativo
Cancro do pulmão primário
Cancro da mama
Carcinoma do pâncreas
Cancro colorrectal
Cancro do ovário
Linfoma maligno
Melanoma maligno

Cardiologia
O objectivo diagnóstico é visualizar o tecido miocárdico viável para avaliar aviabilidade miocárdica em doentes com disfunção grave do ventrículo esquerdo e quesão candidatos a revascularização, só quando as técnicas de imagem convencionais defluxo sanguíneo não são concludentes.

Neurologia
O objectivo diagnóstico é visualizar a diminuição do metabolismo de glucose (açúcar)na fase interictal para localizar focos epileptogénicos na avaliação pré-cirúrgica daepilepsia temporal parcial.

2 – ANTES DE UTILIZAR CONTRACER

Antes da utilização, deve verificar-se o acondicionamento e a actividade presente.

Antes de lhe administrarem CONTRACER, deverá estar em jejum durante pelo menos
4 horas, dado que uma hiperglicemia (nível elevado de açúcar no sangue) podeocasionar uma redução da sensibilidade da prova.

A injecção que lhe vão administrar deverá ser estritamente intravenosa, para evitar airradiação devida ao extravasamento local.

Para reduzir a exposição à radiação da parede da bexiga, é recomendável que beba, paraestar adequadamente hidratado, e que urine antes da obtenção das imagens.

Com o objectivo de evitar uma acumulação considerável do medicamentoradiofarmacêutico a nível muscular, é recomendável que evite qualquer actividadefísica importante antes da prova, e que permaneça em repouso total entre a injecção e aobtenção das imagens (deve estar instalado comodamente, sem ler nem falar).

Não utilize CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável
Se tem alergia (hipersensibilidade) à fludesoxiglucose (18F) ou a qualquer outrocomponentes de CONTRACER.

Se sofrer de diabetes não controlada.

Tome especial cuidado com CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável

Se sofrer de diminuição da função renal, porque é possível que aumente a sua exposição
à radiação.
Quando lhe administrarem CONTRACER, devido ao risco que pode representar paraoutras pessoas (pela radiação externa ou pela contaminação por gotas de urina, vómitos,etc.), o seu médico vai informá-lo sobre as devidas precauções de protecçãoradiológica, de acordo com a legislação nacional, advertindo-o para não entrar emcontacto directo com crianças durante as 12 horas posteriores à injecção.

Utilizar CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receitamédica.
Todos os medicamentos que tenham influência no nível de glucose (açúcar) no sanguepodem influenciar o resultado da exploração (p.ex. corticosteróides, valproato,carbamacepina, fenitoina, fenobarbital e catecolaminas).
A administração de glucose e insulina tem influência na captação deste medicamentonas células (veja ?Preparação do doente? na secção 6).

Os medicamentos para acelerar o aumento das células sanguíneas (factores estimulantesde colónias ou CSFs) podem interferir no resultado da exploração.

Utilizar CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável com alimentos e bebidas:

Por favor assegure-se de beber líquidos abundantes que não contenham açúcar, eesvaziar a bexiga antes e depois da exploração para minimizar a radiação recebida nasua bexiga..
Deve estar em jejum um mínimo de 4 horas antes da exploração para melhorar orendimento da prova.
Se tomar açúcar ou alimentos que não tenham, o resultado da prova pode modificar-se.

Gravidez e Aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Se estiver em idade fértil e for necessário administrar-lhe este medicamento, deverádescartar sempre a possibilidade de gravidez. Se apresentar um atraso na menstruaçãodeve considerar que está grávida enquanto não se demonstrar o contrário. Em caso dedúvida é muito importante que a exposição à radiação seja a mínima necessária para aobtenção da informação clínica desejada. Deve considerar-se a possibilidade de realizartécnicas alternativas que não impliquem o uso de radiações ionizantes.

Se estiver grávida deve saber que só devem levar-se a cabo durante a gravidez osprocedimentos estritamente necessários, ou quando o benefício para a mãe superar orisco para o feto, tendo em conta que não há experiência clínica sobre a utilização defludesoxiglucose (18F) na gravidez. Os procedimentos com medicamentosradiofarmacêuticos levados a cabo em mulheres grávidas implicam além do mais dosesde radiação para o feto.

Se estiver a amamentar o seu filho o seu médico deve considerar a possibilidade deatrasar razoavelmente a exploração até que tenha terminado o período de aleitamento,tendo em conta a secreção de fludesoxiglucose (18F) no leite materno. Se aadministração for inevitável, deve suspender o aleitamento durante pelo menos 12 horasapós a administração deste medicamento e desfazer-se do leite extraído durante esseperíodo. Deve considerar-se a possibilidade de extrair leite antes da administração desteproduto e armazená-lo para uso posterior. Além disso, recomenda-se evitar umcontacto directo entre a mãe e o filho durante as primeiras 12 horas após a injecção porrazões de protecção radiológica.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Não foram realizados estudos sobre a capacidade para conduzir e utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de CONTRACER 1110 MBq/mlsolução injectável

3 – COMO UTILIZAR CONTRACER

CONTRACER é um medicamento que se utiliza para a realização de uma prova dediagnóstico, que deverá ser realizada por pessoal qualificado ou, de preferência, sob aorientação de um médico que lhe indicará todas as instruções a seguir.
CONTRACER administra-se por injecção intravenosa.
A dose recomendada em adultos é de 100 a 400 MBq (dependendo do peso corporal dodoente e do tipo de câmara utilizada).
Em população menor de 18 anos, os dados clínicos sobre a eficácia de diagnóstico e asegurança do medicamento são escassas. Então o seu uso em doentes oncológicospediátricos deve ser cuidadosamente avaliado. A dose deve ser uma fracção da doserecomendada para os adultos, dependendo da sua massa corporal (ver ?posologia? nasecção 6).
Antes da realização da prova, deve-se determinar a concentração de glucose no sangue,já que uma hiperglicemia (nível elevado de glucose no sangue) pode alterar asensibilidade da prova.
Para obter melhores resultados na prova deve evitar-se qualquer actividade físicaintensa antes da mesma, recomendando-se que permaneça em repouso (comodamentedeitado sem ler nem falar) durante o período entre a injecção e a exploração e durante aaquisição das imagens.
Nas explorações neurológicas deverá relaxar-se brevemente num quarto escuro e combaixo nível de ruído.
Nas explorações cardiológicas recomenda-se ingerir uma dose de 50 g de glucose,aproximadamente 1 hora antes de lhe ser administrado este medicamento. No caso depadecer de uma diabetes mellitus, o nível de glucose (açúcar) no sangue pode ajustar-secom uma infusão combinada de insulina e glucose.

Se utilizar mais CONTRACER1110 MBq/ml solução injectável do que deveria

Dado que CONTRACER é administrado por pessoas autorizadas em condições derigoroso controlo, é muito difícil ocorrer qualquer sobredosagem. Não obstante, no

caso de lhe ser administrada uma dose excessiva, a dose de radiação que receber podeser reduzida provocando um aumento da eliminação do medicamento radiofarmacêuticodo corpo, para o qual se lhe recomendará que beba uma grande quantidade de líquidospara forçar e aumentar a frequência de eliminação da urina.
Em caso de sobredosagem ou ingestão acidental, consultar o serviço de informaçãotoxicológica. Telefone xxxxxxxxxx.
Se tiver qualquer outra dúvida sobre o uso deste produto, pergunte ao seu médico oufarmacêutico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4 – EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável podecausar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas. Noentanto, não se observaram efeitos adversos após a administração de fludesoxiglucose
(18F) até à data.
Para todos os doentes a exposição à radiação ionizante deve ser justificada em funçãodo diagnóstico esperado, obtido recebendo a mínima dose possível de radiação. Dadoque a quantidade de substância administrada é muito baixa, o maior risco ocorre pelaradiação. A exposição à radiação ionizante está vinculada à indução de cancro e àpossibilidade de desenvolver defeitos hereditários. A maioria das explorações de
Medicina Nuclear proporciona níveis de radiação (dose efectiva) inferiores a 20 mSv. Aprobabilidade de se produzirem estas reacções é baixa. Após a administração damáxima actividade recomendada deste medicamento, a dose efectiva é deaproximadamente 7,6 mSv.
Nos doentes com diminuição da função renal é possível que aumente a exposição àradiação.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5 – COMO CONSERVAR CONTRACER1110 MBq/ml solução injectável

Mantenha o CONTRACER fora do alcance e da vista das crianças.

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação. Ofrasco deve ser mantido no respectivo contentor de chumbo na embalagem de origem.

O armazenamento deve realizar-se de acordo com as normas nacionais e internacionaisreferentes aos produtos radioactivos.

Validade

Não utilizar este medicamento depois da data de validade indicada na embalagem: 12horas a partir da data e hora de fabrico.

O produto não deve ser utilizado depois da data e hora de validade indicadas naetiqueta.

Os resíduos radioactivos devem eliminar-se de acordo com a normativa nacional einternacional vigente. A eliminação dos produtos não utilizados ou dos vasilhamesdeve-se estabelecer de acordo com as exigências locais.

6 – OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição deCONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável?

A substância activa é fludesoxiglucose [18F ]

Os outros componentes são:
Hidróxido de sódio
Ácido clorídrico
Citrato trissódico dihidratado
Hidrogenocitrato dissódico hidratado
Cloreto de sódio
Água para preparações injectáveis

Qual o aspecto de CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável
e conteúdo da embalagem
CONTRACER 1110 é uma solução injectável límpida, incolor ou ligeiramente amarela.
Apresenta-se em frascos multidoses de 25 ml. Com uma concentração radioactiva fixade 1110 MBq/ml na data e hora de fabrico, e uma gama de actividade de 954,6 MBq a
25.863 MBq por frasco na data e hora de fabrico.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante:

INSTITUTO TECNOLÓGICO PET S.A
Calle Manuel Bartolomé Cossío, 10
28040 Madrid
Espanha

Este folheto foi aprovado pela última vez em

Informação de interesse para o pessoal sanitário

O flúor-18 decai para oxigénio-18 estável com um período de semi-desintegração de
109,77 minutos mediante emissão de positrões com uma energia máxima de 634 KeV,seguido de uma radiação de aniquilação de positrões de 511 KeV.

Posologia
Adultos:
A actividade recomendada define-se na secção 3 ?Como usar CONTRACER 1110
MBq/ml solução injectável?.
População pediátrica (< 18 anos de idade):
A actividade recomendada define-se na secção 3 ?Como usar CONTRACER 1110
MBq/ml solução injectável?.
A actividade a administrar a crianças e adolescentes pode calcular-se a partir daactividade recomendada para adultos em função da massa corporal utilizando osseguintes coeficientes:

3 kg = 0,10 12 kg = 0,32 22 kg = 0,50 32 kg = 0,62 42 kg = 0,78 52-55 kg = 0,90
4 kg = 0,14 14 kg = 0,36 24 kg = 0,56 34 kg = 0,64 44 kg = 0,80 56-58 kg = 0,92
6 kg = 0,19 16 kg = 0,40 26 kg = 0,56 36 kg = 0,66 46 kg = 0,82 60-62 kg = 0,96
8 kg = 0,23 18 kg = 0,44 28 kg = 0,58 38 kg = 0,68 48 kg = 0,85 64-66 kg = 0,98
10 kg = 0,27 20 kg = 0,46 30 kg = 0,60 40 kg = 0,70 50 kg = 0,88 68 kg = 0,99

Método de administração de CONTRACER 1110 MBq/ml solução injectável e exploração PET
Este medicamento deve ser administrado exclusivamente por pessoal autorizado (versecção ?Advertências Gerais? mais adiante).
A solução deve inspeccionar-se visualmente antes de ser utilizada. Só devem utilizar-sesoluções límpidas e livres de partículas visíveis.
A actividade da fludesoxiglucose (18F) deve medir-se com um calibradorimediatamente antes da injecção.
Este medicamento pode diluir-se com uma solução injectável de cloreto de sódio 9mg/ml (0,9%).
Este medicamento não deve misturar-se com outros, excepto com cloreto de sódio ao
0,9%.
O vasilhame não deve abrir-se. Após desinfectar a tampa, a solução deve extrair-seatravés da tampa utilizando uma seringa de uma só utilização com blindagemprotectora adequada e agulhas estéreis de uma só utilização.
As extracções devem realizar-se em condições assépticas.
A injecção deve ser intravenosa para evitar a irradiação devido à extravasação localassim como os artefactos da imagem..

As imagens de emissão começam a obter-se normalmente 45 a 60 minutos após ainjecção de fludesoxiglucose (18F). Sempre que existir actividade suficiente para obteruma adequada taxa de contagem, a PET com fludesoxiglucose (18F) pode tambémrealizar-se até duas ou três horas após a sua administração, reduzindo assim a actividadede fundo.
Caso seja necessário, podem-se repetir as explorações a intervalos curtos de tempo.
A administração de medicamentos radiofarmacêuticos representa um risco para outraspessoas pela radiação externa ou pela contaminação por derrames de urina, vómitos,etc. Então, devem adoptar-se as medidas de protecção radiológica de acordo com alegislação nacional.

Indicação da exploração
Para todos os doentes: a exposição à radiação ionizante deve estar justificada em funçãodo diagnóstico esperado, obtido com a mínima dose possível de radiação recebida pelodoente.
Em doentes com diminuição da função renal: é necessária uma indicação muitocuidadosa, já que neles é possível que aumente a exposição à radiação.
Em população pediátrica (<18 anos de idade): deve ter-se em conta que a dose efectivapor MBq é maior do que nos adultos (ver secção ?Dosimetria? abaixo).

Preparação do doente
CONTRACER deve ser administrado aos doentes suficientemente hidratados e queestejam há um mínimo de 4 horas em jejum, para obter um aumento máximo daactividade, já que a captação de glucose pelas células é limitada (?cinética saturável?).
Não deve limitar-se a ingestão de líquido (só devem evitar-se as bebidas que contêmglucose).
Para obter imagens de melhor qualidade e reduzir a exposição da bexiga à radiação, deve-se pedir aos doentes para ingerirem uma quantidade suficiente de líquido e queesvaziem a bexiga antes e depois da exploração PET.
– Oncologia e neurologia
Para evitar a hiperfixação do traçador nos músculos recomenda-se que os doentesevitem qualquer actividade física intensa antes da exploração e que permaneçam emrepouso durante o período entre a injecção e a exploração e durante a aquisição dasimagens (os doentes devem estar comodamente deitados sem ler nem falar).
O metabolismo cerebral da glucose depende da actividade cerebral. Então, asexplorações neurológicas devem realizar-se após um período de relaxamento numquarto escuro e com baixo nível de ruído.
Deve-se determinar o nível sérico de glucose antes da administração, já que ahiperglicemia pode diminuir a sensibilidade ao CONTRACER, especialmente quando a glicemia é superior a 8 mmol/l. Pela mesma razão, deve evitar-se a realização de umaexploração PET com fludesoxiglucose (128F) em doentes com diabetes não controlada.
-Cardiologia
Dado que a captação de glucose no miocárdio é insulino-dependente, aconselha-seadministrar 50 g de glucose aproximadamente uma hora antes da administração de
CONTRACER. Como alternativa, especialmente em doentes com diabetes mellitus,

pode ajustar-se ao nível sérico de glucose através de uma infusão combinada de insulinae glucose (Insulina-Glucose- Clamp) caso seja necessário.

Interpretação das imagens PET com fludesoxiglucose (18F)
As doenças infecciosas e/ou inflamatórias assim como os processos regenerativos pós-
cirúrgicos podem originar uma captação significativa de fludesoxiglucose (18F) e então,podem causar resultados falsos positivos.
Os resultados falsos positivos ou falsos negativos da PET com fludesoxiglucose (18F)não se podem excluir nos primeiros 2-4 meses depois da radioterapia. Se a indicaçãoclínica requer obter um diagnóstico mais precoce mediante PET com fludesoxiglucose
(18F), deve documentar-se de forma razoável o motivo para se realizar a exploração
PET com fludesoxiglucose (18F) mais precocemente.
E óptimo esperar pelo menos 4-6 semanas após o último ciclo de quimioterapia,especialmente para evitar resultados falsos negativos. Se a indicação clínica requerobter um diagnóstico mais precoce mediante PET com fludesoxiglucose (18F), devedocumentar-se de forma razoável o motivo para realizar a exploração PET comfludesoxiglucose (18F) mais precocemente. Se o regime de quimioterapia consistir emciclos mais curtos de 4 semanas, a exploração PET com fludesoxiglucose (18F) deverealizar-se antes de começar um novo ciclo.
Em linfomas de baixo grau e em casos de suspeita de recorrências de cancro do ováriorecorrente, só se deve ter em conta o valor preditivo positivo porque a sensibilidade da
PET com fludesoxiglucose (18F) é limitada.
A fludesoxiglucose (18F) não é eficaz na detecção de metástases cerebrais.
Recomenda-se que as imagens de PET com fludesoxiglucose (18F) se interpretem emrelação com outras modalidades de imagens anatómicas obtidas por tomografia (porexemplo TAC, ultrasons, RM). A combinação das imagens funcionais de PET comfludesoxiglucose (18F) com imagens morfológicas, por exemplo PET-TAC, podeaumentar a especificidade e a sensibilidade, e é recomendada em tumores do pâncreas,cabeça e pescoço, linfoma, melanoma, cancro de pulmão e cancro colorrectal recorrente.

Quando se utiliza uma câmara gama de coincidência, a sensibilidade diminui emcomparação com uma câmara PET dedicada, especialmente em lesões menores de
1 cm.

Advertências gerais
Recomenda-se evitar qualquer contacto directo entre o doente e as crianças pequenasdurante as 12 horas seguintes à injecção.
Os medicamentos radiofarmacêuticos devem ser recebidos, utilizados e administradosexclusivamente por pessoal qualificado, que esteja devidamente autorizado para o uso emanipulação de radionuclídeos, em centros assistenciais autorizados. A sua recepção,armazenamento, uso, transporte e eliminação estão sujeitos às normas e/ou licençascorrespondentes dos organismos oficiais competentes.
Os medicamentos radiofarmacêuticos destinados à administração em doentes devem serpreparados pelo utilizador de maneira que cumpram tanto os requisitos de segurança

radiológica como de qualidade farmacêutica. Devem-se tomar as precauções assépticasapropriadas de acordo com as Normas de Correcta Fabricação e Uso de Medicamentos
Radiofarmacêuticos.
CONTRACER deve armazenar-se e manipular-se numa protecção adequada paraproteger os doentes e os trabalhadores expostos na maior medida possível.
Recomenda-se concretamente as pessoas protegerem-se a si próprias dos efeitos daradiação beta + e dos fotões de aniquilação, utilizando uma protecção quando serealizarem as extracções do frasco e a injecção.

DOSIMETRIA

De acordo com as publicações n.º 80 da ICRP (International Commission on
Radiological Protection) (Radiation Dose to Patients from Radiopharmaceuticals,
Pergamon Press, 1994), as doses de radiação absorvidas a partir da Fludesoxiglucose
[18F] pelos doentes são as seguintes:

Dose absorvida por unidade de actividade administrada (mGy/MBq)
Órgãos
Adulto
15 anos
10 anos
5 anos
1 ano
Glândulas supra-renais

0,012
0,015 0,024 0,038 0,072
Bexiga
0,160
0,210 0,280 0,320 0,590
Superfícies ósseas
0,011
0,014
0,022
0,035
0,066
Cérebro

0,028
0,028 0,030 0,034 0,048
Mamas
0,0086
0,011 0,018 0,029 0,056
Vesícula biliar
0,012
0,015
0,023
0,035
0,066
Tracto
gastrointestinal

Estômago
0,011
0,014 0,022 0,036 0,068
Intestino
delgado
0,013
0,017 0,027 0,041 0,077
Cólon
0,013
0,017 0,027 0,040 0,074
(Intestino grosso ascendente 0,012
0,016
0,025
0,039
0,072)
(Intestino grosso
0,015
0,019 0,029 0,042 0,076)
descendente
Coração

0,062
0,081 0,120 0,200 0,350
Rins

0,021
0,025 0,036 0,054 0,096
Fígado

0,011
0,014 0,022 0,037 0,070
Pulmões

0,010
0,014 0,021 0,034 0,065
Músculos

0,011
0,014 0,021 0,034 0,065
Esófago

0,011
0,015 0,022 0,035 0,068
Ovários
0,015
0,020 0,030 0,044 0,082
Pâncreas
0,012
0,016 0,025 0,040 0,076
Medula óssea vermelha
0,011
0,014
0,022
0,032
0,061
Pele

0,0080
0,010 0,016 0,027 0,052
Baço

0,011
0,014 0,022 0,036 0,069
Testículos

0,012
0,016 0,026 0,038 0,073

Timo

0,011
0,015 0,022 0,035 0,068
Tiróides

0,010
0,013 0,021 0,035 0,068
Útero

0,021
0,026 0,039 0,055 0,10
Resto do organismo
0,011
0,014
0,022
0,034
0,063
Dose efectiva (mSv/MBq)
0,019
0,025
0,036
0,050
0,095

A dose efectiva resultante da administração de uma actividade de 400 MBq de
CONTRACER é de aproximadamente 7,6 mSv (para uma pessoa de 70 kg de peso).

Para esta actividade de 400 MBq, a dose de radiação absorvida pelos órgãos críticoscomo a bexiga, o coração e o cérebro é respectivamente de 64 mGy, 25 mGy e 11mGy.

Formas de eliminação da embalagem e do seu conteúdo não usado:


Os frascos que contenham resíduos radioactivos devem ser guardados até que decaia asua actividade abaixo dos níveis considerados radioactivos segundo a norma vigente.

Os resíduos radioactivos devem ser eliminados segundo as normas nacionais einternacionais sobre materiais radioactivos.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Medicamento Sujeito a Receita Médica Restrita reservado exclusivamente atratamentos em meio hospitalar devido às suas características farmacológicas, à suanovidade ou por razões de saúde pública.

Este folheto foi aprovado