Dilum Retard Isoxsuprina bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Dilum Retard e para que é utilizado
2. Antes de tomar Dilum Retard
3. Como tomar Dilum Retard
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Dilum Retard
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Dilum Retard 30mg Comprimidos de libertação prolongada
Isoxsuprina cloridrato

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Se depois de o ter lido ainda tiver dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É Dilum Retard E PARA QUE É UTILIZADO

Grupo farmacoterapêutico: 7.2.3 Aparelho geniturinário. Medicamentos que actuam no
útero. Simpaticomiméticos.

Dilum Retard está indicado em:
Ameaça de aborto e ameaça de parto pré-termo.

2. ANTES DE TOMAR Dilum Retard

Em que casos não deve tomar Dilum Retard
– se tem alergia (hipersensibilidade) à Isoxsuprina cloridrato ou a qualquer outrocomponente de Dilum Retard;
– se tem síndroma hemorrágico agudo.

Ao tomar Dilum Retard com outros medicamentos
Não são conhecidas interacções com outros medicamentos.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Registaram-se concentrações do fármaco no plasma fetal na ordem de 90% daconcentração plasmática da mãe. A incidência de hipotensão e hipocalcemia nos recém

nascidos foi de 89%e 100%, respectivamente, quando a concentração no sangueumbilical excedeu os 10 ng/ml. Os efeitos secundários observados no feto foram contudomuito raros quando a concentração no sangue umbilical foi inferior a 2 ng/ml, o quecorresponde a um tratamento com 5 horas de intervalo entre as administraçõesparentéricas I.V. ou a um tratamento oral com administrações com 12 horas de intervalo,antes do parto.
A probabilidade e a gravidade dos efeitos secundários na mãe parecem estar directamenterelacionadas com a dosagem e a duração do tratamento.
A isoxsuprina está indicada no tratamento da ameaça de parto pré-termo e da ameaça deaborto. Desaconselha-se a sua utilização por mulheres que amamentam.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram observados efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Dilum Retard
Dilui Retard contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância aalguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento

3. COMO TOMAR Dilum Retard

Administrar por via oral.
Tomar Dilum Retard sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seumédico ou farmacêutico se tiver dúvidas. A dose habitual é de 1 a 2 comprimidos de 12em 12 horas consoante a prescrição médica.

Se tomar mais Dilum Retard do que deveria
A intoxicação por dose excessiva do Dilum Retard manifesta-se com o aparecimento detaquicardia e quedas súbitas sensíveis de tensão em hipertensos.
Se tiver ingerido uma dose excessiva e verificar algum destes sintomas, deve dirigir-seimediatamente a um médico.
No caso da ingestão da dose excessiva ter ocorrido há menos de 2 horas e o doenteestiver consciente, deve induzir-se o vómito.

Centro de Informação Antivenenos do INEM (CIAV): tel. 808 250 143

Caso se tenha esquecido de tomar Dilum Retard
No caso de se esquecer de tomar uma dose, poderá tomá-la se o esquecimento for de umaou duas horas. Se tiverem passado mais de três horas, salte a dose esquecida e continue atomar a dose normal na próxima toma.
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Dilum Retard
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSIVEIS

Como os demais medicamentos, Dilum Retard pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

O Dilum Retard é muito bem tolerado pelo tracto digestivo. Poderão surgir efeitosindesejáveis, embora pouco frequentes, tais como: sensação de rubefacçäo e calor,aumento da pulsação cardíaca.

Pode manifestar-se erupção cutânea grave. Em tal caso, deve interromper-se o tratamentoe instituir-se, se for o caso, uma terapêutica adequada.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR Dilum Retard

Conservar a temperatura inferior a 25ºC. Conservar em local seco.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Dilum Retard após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. Oprazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não utilize Dilum Retard se observar sinais de deterioração nos comprimidos.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Oscomprimidos não utilizados ou fora do prazo de validade devem ser devolvidos àfarmácia, para serem destruídos em segurança. Devolva à farmácia também a embalageme os blisters vazios.
Estas medidas vão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Dilum Retard
– A substância activa é: Cloridrato de Isoxsuprina. Cada comprimido de libertaçãoprolongada contém 30 mg de cloridrato de isoxsuprina.
– Os outros componentes são: metilcelulose E4M Premium EP, lactose mono-hidratada,povidona K30 e estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Dilum Retard e conteúdo da embalagem

Dilum Retard apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos de libertaçãoprolongada, brancos, redondos, côncavos e sem ranhuras, acondicionados em blister de
PVC/Alumínio. Embalagens com 20 e 60 comprimidos de libertação prolongada.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Tecnifar – Indústria Técnica Farmacêutica, S.A.
Rua Tierno Galvan – Amoreiras – Torre 3 – 12º
1099-036 Lisboa
Portugal
Tel.: 210 330 700 ? Fax: 210 330 709 ? Linha Farmacovigilância: 213 860 929
E-mail: farmalerta@tecnifar.ptwww.tecnifar.pt

Fabricante
Lusomedicamenta – Sociedade Técnica Farmacêutica, S.A. (Fab.)
Estrada Consiglieri Pedroso, 69 – B – Queluz de Baixo
2730-055 Barcarena
Portugal

Este folheto foi aprovado pela última vez em