Dinaxil Pseudoefedrina + Triprolidina bula do medicamento

Bulas Relacionadas comercializadas no Brasil Loralerg d, Trifedrin,

 

Neste folheto:
1. O que é Dinaxil e para que é utilizado
2. Antes de tomar Dinaxil
3. Como tomar Dinaxil
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Dinaxil
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Dinaxil 60 mg / 2,5 mg Comprimidos
Cloridrato de pseudoefedrina / Cloridrato de triprolidina

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
- Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
- Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
- Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:


1. O QUE É Dinaxil E PARA QUE É UTILIZADO

Grupo farmacoterapêutico: 10.1.1 Medicação Antialérgica. Anti-histamínicos. Anti-
histamínicos sedativos.

O Dinaxil está indicado no alívio dos sintomas de rinite alérgica, vasomotora ouassociada à síndrome gripal.


2. ANTES DE TOMAR Dinaxil

Não tome Dinaxil
Deve informar o seu médico e não utilizar este medicamento se:
- Tem alergia (hipersensibilidade) às substâncias activas do Dinaxil, à triprolidina e àpseudoefedrina ou a outro medicamento contendo estas substâncias, ou a qualquer umdos componentes deste medicamento.
- Está ou ter estado há duas semanas ou menos a tomar inibidores da monoaminoxidase;
- É um doente idoso ou com antecedentes de insuficiência arterial;
- Ele se destinar a recém-nascido ou a prematuro;
- A mulher estiver em período de amamentação.

Tome especial cuidado com Dinaxil

O Dinaxil deverá ser utilizado com cuidado em doentes que estejam em tratamento comoutros fármacos simpaticomiméticos, como os descongestionantes, os anorexizantes e osfármacos semelhantes à anfetamina. Nestes doentes aconselha-se verificar o efeito deuma dose de Dinaxil sobre a pressão arterial antes de se proceder ao tratamento com estefármaco.
Em indivíduos com doença cardiovascular grave, hipertensão, hipertiroidismo, diabetes,glaucoma, úlcera péptica estenosante, estenose piloro-duodenal, hipertrofia prostática,obstrução do colo da bexiga e em casos de asma brônquica, o Dinaxil deverá seradministrado com muita cautela.
Em crianças e idosos, a posologia deverá ser adaptada tendo em conta a maiorsensibilidade destes dois tipos de doentes aos anti-histamínicos.
O Dinaxil deverá ser administrado sob rigorosa vigilância médica nos doentes que soframde insuficiência renal e doença hepática.

Tomar Dinaxil com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica
Certos medicamentos podem causar interacção com o Dinaxil aumentando ou diminuindoo seu efeito. Assim, antes de tomar o medicamento deve informar o seu médico de outrosmedicamentos que esteja a tomar.
A administração concomitante de anti-histamínicos e certos antibióticos oto-tóxicos,também não é aconselhável, pois podem mascarar os primeiros sinais de oto-toxicidade, aqual pode manifestar-se depois do dano ser irreversível.
Deve-se evitar o uso do Dinaxil em tratamento simultâneo com os seguintes fármacos:
- Furazolidona (inibidor das monoamino-oxidases)
- Betanidina, guanetidina, debrisoquina, metildopa, beta-bloqueadores e reserpina
(Dinaxil reduz parcialmente o efeito hipotensor destes fármacos).

Gravidez e aleitamento
Se estiver grávida, se pretender engravidar ou se estiver a amamentar, consulte o suemédico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Não existem dados suficientes sobre a segurança de Dinaxil durante a gravidez. Comomedida de precaução, é desaconselhado o seu uso durante a gravidez. De igual modo édesaconselhado o uso durante o período de amamentação, uma vez que a triprolidina e apseudoefedrina são excretadas no leite materno.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Os doentes tratados com Dinaxil não deverão conduzir veículos nem trabalhar commáquinas, pelo facto deste medicamento poder provocar sonolência.

Informações importantes sobre alguns componentes de Dinaxil
Dinaxil comprimidos, contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Dinaxil comprimidos, contém tartrazina (E102), uma substância que pode causarreacções alérgicas. Ver a lista dos componentes no ponto 6. ?OUTRAS INFORMAÇÕES
? Qual a composição de Dinaxil comprimidos?.


3. COMO TOMAR Dinaxil

Tome Dinaxil sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu médico oufarmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual é:
Adolescentes com mais de 12 anos e adultos:
1 Comprimido, três vezes ao dia no final das refeições.
Crianças dos 6 aos 12 anos:
1/2 Comprimido, três vezes ao dia no final das refeições.
Para crianças com menos de 6 anos é aconselhada a apresentação de Dinaxil xarope.

Utilização em doentes com patologias especiais
Se for um doente insuficiente hepático ou renal (problemas de fígado ou de rins), deveráinformar o seu médico deste facto porque poderá ser necessário efectuar análises detempos a tempos para eventualmente ajustar a dose.

Modo e via de administração
Os comprimidos são para administrar por via oral.

Indicação do momento mais favorável à administração
Os comprimidos devem ser administrados após as refeições.

Duração média do tratamento
A duração média do tratamento é normalmente de 5 a 7 dias. No entanto, deverá respeitarrigorosamente as instruções do seu médico relativamente à duração do tratamento.

Caso se tenha esquecido de tomar Dinaxil
No caso de se esquecer de tomar uma dose, poderá tomá-la se o esquecimento for de umaou duas horas. Se tiverem passado mais de três horas, salte a dose esquecida e continue atomar a dose normal na próxima toma.
Nunca tome doses duplas para evitar sobredosagens.

Se tomar mais Dinaxil do que deveria
A intoxicação por dose excessiva de Dinaxil provoca os seguintes sintomas: sonolência,ataxia, taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos) e estado confusional. Poderãoocorrer outros sintomas tais como: astenia, dificuldade na micção, depressão respiratória,hipotensão, hipertensão e convulsões.
Se, por acidente tomou uma dose excessiva e verificou algum destes sintomas, consulteimediatamente um médico.

Entretanto, enquanto não for observado pelo médico, e se tiver tomado o medicamento hámenos de duas horas, tente provocar o vómito.

Se parar de tomar Dinaxil
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.


4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Dinaxil pode causar efeitos secundários, no entanto estesnão se manifestam em todas as pessoas.
O principal efeito indesejável dos anti-histamínicos é a sedação que poderáeventualmente manifestar-se mediante sonolência. Para além disso, podem tambémoriginar frequentemente, secura da boca, fotossensibilidade e reacções cutâneas de tipoalérgico.
Embora menos frequente, podem também ocorrer vertigens, astenia, insónia, euforia,tremores, hipotensão, particularmente em doentes idosos tratados com uma doseinadequada.
Em doentes idosos com hipertrofia prostática o Dinaxil pode causar retenção urinária.
Em doentes particularmente sensíveis à pseudoefedrina, ou em caso de dose excessiva,verificam-se distúrbios de hiperestimulação com excitação, arritmias, taquicardia,tremores musculares, náusea, vómitos, cefaleia (dores de cabeça), secura do nariz e dagarganta.
Raramente foram observadas erupções cutâneas eritematosas, distúrbios do sono ealucinações.
Se algum dos efeitos secundários de agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.


5. COMO CONSERVAR Dinaxil

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Verifique sempre o prazo de validade inscrito na embalagem. Não utilize Dinaxil após oprazo de validade impresso na embalagem exterior e no rótulo do frasco, a seguir a VAL.
O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
Não utilize Dinaxil se verificar sinais visíveis de deterioração nos comprimidos.

Não conservar acima de 25ºC.
Conserve o medicamento na embalagem original em local seco.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.


6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Dinaxil
- As substâncias activas são: cloridrato de triprolidina e cloridrato de pseudoefedrina. Umcomprimido contém 60 mg de cloridrato de pseudoefedrina e 2,5 mg de cloridrato detriprolidina.
- Os outros componentes são: amido de milho, corante verde-esmeralda (Azul patenteado
V (E131) e tartrazina (E102)), estearato de magnésio, lactose e povidona.

Qual o aspecto de Dinaxil e conteúdo da embalagem
Dinaxil apresenta-se na forma farmacêutica de comprimidos, de cor verde-claro,côncavos, ranhurados, acondicionados em frasco de PVC branco com tampa de pressão.
Embalagem com um frasco com 20 comprimidos.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Tecnifar – Indústria Técnica Farmacêutica
Rua Tierno Galvan, Torre 3 – 12 º
1099-036 Lisboa
Portugal
Tel: 210 330 700 ? Fax: 210 330 709
Linha farmacovigilância: 213 860 929e-mail: [email protected]

Fabricante
Lusomedicamenta – Sociedade Técnica Farmacêutica, S.A.
Estrada Consiglieri Pedroso, 69 – B – Queluz de Baixo
2730-055 Barcarena
Portugal

Este folheto foi aprovado pela última vez em: