Excedrin Ácido acetilsalicílico + Paracetamol + Cafeína bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Excedrin e para que é utilizado
2. Antes de tomar Excedrin
3. Como tomar Excedrin
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Excedrin
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o utilizador

EXCEDRIN 250mg/ 250mg/ 65mg comprimidos revestidos
Ácido acetilsalicílico / Paracetamol / Cafeína

Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.
Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário tomar
Excedrin com precaução para obter os devidos resultados.
– Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
– Em caso de agravamento ou persistência dos sintomas após 3 dias em situações deenxaqueca ou 4 dias em situações de dores de cabeça, consulte o seu médico.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É EXCEDRIN E PARA QUE É UTILIZADO

Cada comprimido de Excedrin contém 3 substâncias activas: ácido acetilsalicílico,paracetamol e cafeína.
– O ácido acetilsalicílico e o paracetamol reduzem a dor e a febre, sendo que o ácidoacetilsalicílico também reduz a inflamação.
– A cafeína é um estimulante ligeiro, reforçando o efeito do ácido acetilsalicílico e doparacetamol.

Excedrin é utilizado para o tratamento agudo de cefaleias (dores de cabeça) e crises deenxaqueca (sintomas como dor de cabeça, náuseas e sensibilidade à luz e som) com ousem aura.

2. ANTES DE TOMAR EXCEDRIN

Não tome Excedrin se:

– tem alergia (hipersensibilidade) ao ácido acetilsalicílico, paracetamol, cafeína ouqualquer um dos componentes de Excedrin (ver Secção 6. Outras informações).

Os sintomas de uma reacção alérgica podem incluir: asma, respiração sibilante ou falta dear; erupção cutânea ou urticária; edema da face ou da língua; rinorreia (corrimento nasal).
Se tiver alguma dúvida fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Se alguma vez teve reacções alérgicas a outros medicamentos para tratar a dor,inflamação ou febre tais como diclofenac ou ibuprofeno.
– Se tem úlcera gástrica ou intestinal ou se tem história de úlcera péptica.
– Se teve sinais de sangue nas fezes ou fezes escuras (sintomas de hemorragiagastrointestinal ou perfuração).
– Se tem hemofilia ou outros problemas sanguíneos.
– Se tem insuficiência cardíaca, hepática ou renal grave.
– Se toma mais de 15 mg de metotrexato por semana (ver secção Ao tomar Excedrin comoutros medicamentos).
– Se está no último trimestre da gravidez.

Tome especial cuidado com Excedrin

As situações abaixo descritas são casos em que a toma de Excedrin pode não seradequada. Fale com o seu médico antes de tomar este medicamento se:
– tem uma enxaqueca tão intensa que requer que fique de cama, ou uma dor de cabeçadiferente da que costuma ter nas suas crises de enxaqueca ou se vomitou devido a estador de cabeça.
– Começou a ter dores de cabeça após ou motivadas por alguma lesão na cabeça, esforço,tosse ou flexão.
– Tem dores de cabeça diariamente ou se teve a sua primeira dor de cabeça após os 50anos de idade.
– Sofre de uma condição hereditária denominada deficiência da glucose 6-fosfatodesidrogenase que afecta os glóbulos vermelhos e pode provocar anemia, icterícia ouaumento do baço quando exposto a determinados alimentos, medicamentos como algunsanti-inflamatórios (ex: ácido acetilsalicílico) ou a outras doenças.
– Alguma vez teve problemas gastrointestinais como úlcera gástrica, perda de sangue nasfezes ou fezes escuras; se alguma vez teve desconforto gástrico ou azia após a toma deanalgésicos ou anti-inflamatórios.
– Sofre de distúrbios hemorrágicos ou hemorragias vaginais fora do período menstrual
(exemplo: período menstrual abundante e prolongado).
– Foi recentemente submetido a uma intervenção cirúrgica (incluindo mini-cirurgiascomo extracção de dentes) ou se vai ser submetido a uma cirurgia nos próximos 7 dias.
– Tem asma brônquica, febre dos fenos, pólipos nasais, doença crónica respiratória oudesenvolvimento de sintomas alérgicos (exemplo: reacções cutâneas, comichão,urticária).
– Tem gota, diabetes, hipertiroidismo, arritmias, hipertensão não controlada, insuficiênciarenal ou hepática.
– Tem problemas alcoólicos (ver secção Ao tomar Excedrin com alimentos e bebidas).
– Já está a tomar outros medicamentos com ácido acetilsalicílico ou paracetamol, ououtros medicamentos, uma vez que alguns medicamentos podem ter interacções com
Excedrin e provocar o aparecimento de efeitos secundários (ver secção Ao tomar
Excedrin com outros medicamentos).

– Tem risco de desidratação (exemplo, vómitos, diarreia, antes ou após uma cirurgiamajor).
– Tem menos de 18 anos de idade. Existe uma possível associação entre o ácidoacetilsalicílico e o Síndrome de Reye quando administrado a crianças e adolescentes. O
Síndrome de Reye é uma doença rara que afecta o cérebro e fígado e que pode ser fatal.
Por esta razão, Excedrin não deve ser administrado a crianças e adolescentes com menosde 18 anos, a não ser que especificamente indicado pelo médico.

Outras precauções
O uso habitual de analgésicos pode provocar dores de cabeça, que não devem ser tratadascom doses mais elevadas da mesma substância analgésica. Se pensa que este pode ser oseu caso, aconselhe-se com o seu médico.
Excedrin pode reduzir os sintomas de uma infecção (exemplo, dor de cabeça, febre),podendo tornar situações deste tipo mais difíceis de detectar. Caso não se sinta bem enecessitar de consultar o médico, lembre-se de lhe dizer que está a tomar Excedrin.
Excedrin pode afectar os resultados dos testes laboratoriais. Se vai fazer análises aosangue, urina ou outro teste laboratorial, lembre-se de referir que está a tomar Excedrin.

Ao tomar Excedrin com outros medicamentos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Em particular, informe o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintesmedicamentos:
– outro medicamento que contenha paracetamol, ácido acetilsalicílico ou outromedicamento para aliviar a dor ou baixar a febre.
– Medicamentos utilizados para prevenir a coagulação do sangue como anticoagulantesorais (ex: varfarina), heparina, trombolíticos (ex: estreptoquinase) ou outrosantiagregantes plaquetários (ticlopidina, clopidogrel, cilostazol)
– corticosteróides (utilizados para alívio da inflamação)
– barbitúricos e benzodiazepinas (utilizados para tratamento da ansiedade e insónia)
lítio, inibidores selectivos da recaptação da serotonina ou fluvoxamina (para otratamento da depressão)
– sulfonilureias e insulina (para o tratamento da diabetes)
metotrexato (para o tratamento de alguns tipos de cancro, artrite e psoríase)
– alguns medicamentos utilizados para o tratamento da infecção (exemplo: rifampicina,isoniazida, cloranfenicol, ciprofloxacina ou ácido pipemídico)
– levotiroxina (para o tratamento do hipotiroidismo)
metoclopramida (para o tratamento das náuseas e vómitos)
– medicação para a epilepsia
– medicação para a pressão arterial elevada e para a insuficiência cardíaca
– diuréticos (para aumentar a produção de urina e reduzir o excesso de fluidos)
– medicamentos para o tratamento da gota
– contraceptivos orais
zidovudina (para o tratamento do HIV)

– medicamentos para tratamento do esvaziamento gástrico retardado, como propanteline
clozapina (para o tratamento da esquizofrenia)
simpaticomiméticos (para aumento da pressão arterial ou para tratamento da congestãonasal)
antialérgicos (para prevenir ou aliviar as alergias)
teofilina (para tratamento da asma)
terbinafina (para tratamento de infecções fúngicas)
cimetidina (para tratamento da azia e das úlceras pépticas)
– disulfiram (para tratamento da dependência do álcool)
nicotina (utilizada na cessação tabágica)
colestiramina (para tratamento dos níveis elevados de colesterol)

Ao tomar Excedrin com alimentos e bebidas
– Álcool:
Se consome 3 ou mais bebidas alcoólicas todos os dias, pergunte ao seu médico se deverátomar este ou outro medicamento para o alívio da dor/redução da febre. O paracetamol eo ácido acetilsalicílico podem causar lesão do fígado e hemorragia no estômago.

– Cafeína:
A dose recomendada deste medicamento contém aproximadamente a mesma dose decafeína que uma chávena de café.
Reduza o consumo de medicamentos, alimentos ou bebidas que contenham cafeínaenquanto estiver a tomar este medicamento uma vez que doses elevadas de cafeínapodem provocar nervosismo, irritabilidade, insónias e, ocasionalmente, aumento do ritmocardíaco.

Gravidez e aleitamento
Se está ou pensa que pode estar grávida, fale com o seu médico e não tome Excedrin. Émuito importante que não tome Excedrin durante os últimos 3 meses de gravidez, umavez que pode ser prejudicial para o bebé ou provocar problemas durante o parto.
Não tome Excedrin se estiver a amamentar uma vez que pode ser prejudicial para o seubebé.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Excedrin pertence a um grupo de medicamentos (AINEs) que podem afectar a fertilidadefeminina. Este efeito é reversível após parar de tomar o medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Desconhece-se que Excedrin afecte a capacidade de condução e utilização de máquinas.
Se notar efeitos secundários como tonturas ou sonolência, não deve conduzir ou utilizarmáquinas. Fale com o seu médico o mais rapidamente possível.

3. COMO TOMAR EXCEDRIN

Tome Excedrin sempre de acordo com as recomendações deste folheto informativo. Falecom o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
Adultos (acima dos 18 anos de idade)
– Tratamento de cefaleias (dores de cabeça):
Tomar 1 comprimido com um copo cheio de água quando começar a sentir dor de cabeça.
Se necessário, pode tomar mais 1 comprimido passadas 4 a 6 horas.
No caso de dores mais intensas, tome 2 comprimidos com um copo cheio de água quandocomeçar a sentir dor de cabeça. Se necessário, pode tomar mais 2 comprimidos após 4 a 6horas.
Não tome Excedrin durante mais de 4 dias para o tratamento das dores de cabeça semconsultar o médico.

– Tratamento da enxaqueca:
Tomar 2 comprimidos com um copo cheio de água quando os sintomas de enxaquecacomeçarem ou, no caso de enxaqueca com aura, quando esta aparecer. Se necessário podetomar 2 comprimidos adicionais, com 4 a 6 horas de intervalo.
Se não sentir alívio da enxaqueca 2 horas após a primeira dose de 2 comprimidos de
Excedrin, aconselhe-se com o seu médico.

Não tome Excedrin durante mais de 3 dias para o tratamento da enxaqueca sem consultaro médico.

Em ambas as situações, cefaleias ou enxaquecas, não tome mais de 6 comprimidos em 24horas, o que corresponde a uma dose de 1500 mg de ácido acetilsalicílico, 1500 mg deparacetamol e 390 mg de cafeína.
O uso prolongado sem supervisão médica pode ser prejudicial.

Crianças e adolescentes
Excedrin não deve ser administrado a crianças e adolescentes com menos de 18 anos (ver
Tome especial cuidado com Excedrin).

Idosos (acima de 65 anos de idade)
Não existem recomendações especiais de posologia.

Doentes com problemas hepáticos ou renais
Deve falar com o seu médico se tiver problemas renais ou hepáticos. O seu médicopoderá necessitar de ajustar o intervalo entre as tomas ou a duração do tratamento. Nãotome Excedrin se tiver problemas renais ou hepáticos graves.
Se tomar mais Excedrin do que deveria
Estes comprimidos contêm ácido acetilsalicílico, paracetamol e cafeína. Não exceda adose recomendada e não tome outros medicamentos que contenham qualquer uma destassubstâncias activas ou qualquer outro anti-inflamatório enquanto estiver a tomar
Excedrin.
Caso exceda a dose recomendada contacte o mais rapidamente possível o seu médico oufarmacêutico ou dirija-se ao hospital mais próximo. Devido ao potencial risco de lesõeshepáticas irreversíveis do paracetamol, uma assistência médica imediata é crítica. Não

espere que os sintomas apareçam uma vez que uma sobredosagem pode não provocar, deinício, sintomas evidentes
Se aparecerem, os sintomas de sobredosagem podem ser:
– para o ácido acetilsalicílico: tonturas, zumbidos nos ouvidos, surdez, suores,hiperventilação, febre, náuseas, vómitos, dores de cabeça, confusão ou inquietação,colapso circulatório ou insuficiência respiratória.
– Para o paracetamol: os primeiros sintomas a aparecer são náuseas, vómitos, falta deapetite, palidez, insónia, suores e dor abdominal tardia
– para a cafeína: ansiedade, nervosismo, inquietação, insónia, agitação, espasmosmusculares, confusão, convulsões, hiperglicémia, taquicardia ou arritmias cardíacas.
Mesmo que não sinta estes sintomas ou que desapareçam, é essencial procurar apoiomédico de imediato.

Caso se tenha esquecido de tomar Excedrin

Caso se tenha esquecido de uma dose de Excedrin tome-a assim que se lembrar. Nãotome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Não tomemais do que 6 comprimidos em 24 horas.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento fale com o seu médico oufarmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como os demais medicamentos, Excedrin pode causar efeitos secundários, no entantoestes não se manifestam em todas as pessoas.
Páre de tomar Excedrin e consulte o seu médico imediatamente se tiver algum destesefeitos secundários graves:
– reacção alérgica com edema (inchaço) da cara, lábios, boca, língua ou garganta. Estessintomas podem causar dificuldade em engolir, respiração sibilante, dificuldade emrespirar e sensação de aperto no peito (sinais de asma). Pode também ocorrer erupçõescutâneas, comichão e sensação de desmaio.
– vermelhidão cutânea, aparecimento de bolhas nos lábios, olhos ou boca, descamaçãocutânea.
hemorragia gástrica ou intestinal, úlcera gástrica ou intestinal, que podem seracompanhadas de dor de estômago intensa, perda de sangue nas fezes ou fezes escuras ouvomitar sangue. Tal como com todos os medicamentos para tratar a dor ou febre estesefeitos podem ocorrer em qualquer altura durante o tratamento, sem história deantecedentes prévios, podendo ser fatais. Estes efeitos secundários são particularmentegraves em doentes idosos.
– pele ou olhos de cor amarelada (sinais de insuficiência hepática)
– tonturas ou sensação de cabeça vazia (sinais de pressão arterial baixa)
– ritmo cardíaco irregular

Para além destes efeitos secundários, em 16 ensaios clínicos, em que foram inluídos maisde 4800 doentes tratados com Excedrin foram reportados os efeitos secundários abaixodescritos. Fale com o seu médico caso note qualquer um dos seguintes efeitos:
Frequentes (afectam 1 a 10 em cada 100 utilizadores)
– nervosimo, tonturas
– náuseas e desconforto abdominal
Pouco frequentes (afectam 1 a 10 em cada 1000 utilizadores)
insónias, tremores, dormência, cefaleias
zumbidos nos ouvidos
– boca seca, diarreia, vómitos
– fadiga, sensação de agitação
– aumento da frequência cardíaca
Raros (afectam 1 a 10 em cada 10000 utilizadores
dor de garganta, dificuldade em engolir, dormência ou sensação de formigueiro na zona
à volta da boca, aumento da produção de saliva
– diminuição do apetite, alterações do paladar
ansiedade, euforia, tensão
– perturbações de atenção, perda de memória, descoordenação motora
– dor nas bochechas e na testa
– dor nos olhos e perturbação da visão
– afrontamentos, problemas nos vasos sanguíneos periféricos (exemplo, nos braços oupernas)
hemorragia nasal, respiração lenta e pouco profunda, corrimento nasal
– arrotos e flatulência
– sudação excessiva, comichão, erupções cutâneas com comichão, aumento dasensibilidade da pele
rigidez muscular, dos ossos ou das articulações; dores no pescoço, costas espasmosmusculares
– fraqueza, sensação de desconforto no peito

Desde o início da comercialização de Excedrin foram reportados os efeitos secundáriosdescritos abaixo. A frequência dos efeitos detectados após a comercialização não podeser determinada com precisão, pelo que é indicada como ?não conhecida?:
– inquietação, sensação geral de mal estar ou não normal
– sonolência, enxaquecas
– vermelhidão cutânea, erupções cutâneas
– palpitações, falta de ar, dificuldade repentina em respirar e sensação de aperto no peitocom respiração sibilante ou tosse (asma)
– dor abdominal, desconforto gástrico após as refeições

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR EXCEDRIN

– Manter fora do alcance e da vista das crianças

– Não utilize Excedrin após o prazo de validade impresso no blister e na embalagem. Oprazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

– Não conservar acima de 25ºC

– Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Excedrin

– As substâncias activas são: ácido acetilsalicílico, paracetamol e cafeína. Cadacomprimido revestido contém 250 mg de ácido acetilsalicílico, 250 mg de paracetamol e
65 mg de cafeína

– Os outros componentes são:
Núcleo do comprimido: hidroxipropilcelulose de baixa substituição, celulosemicrocristalina (E 460), ácido esteárico
Revestimento: hipromelose (E 464), dióxido de titânio (E 171), propilenoglicol, ácidobenzóico (E 210), cera de carnaúba (E 903)

Qual o aspecto de Excedrin e conteúdo da embalagem
Excedrin é um comprimido revestido, branco, forma oblonga e com a letra ?E? gravadanuma das faces.
Os comprimidos estão acondicionados em blisters em embalagens de 10, 16 ou 20comprimidos revestidos. Podem não ser comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Novartis Consumer Health – Produtos Farmacêuticos e Nutrição, Lda
Rua do Centro Empresarial, Edf 8, Quinta da Beloura
2710-693 Sintra

Fabricante

Novartis Consumer Health GmbH,
Zielstattstrasse 40,
81379 Munich
Alemanha

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico
Europeu (EEE) sob as seguintes denomimações:

Alemanha <nome do medicamento>
Áustria <nome do medicamento>
Bélgica <nome do medicamento>
Dinamarca <nome do medicamento>
Eslováquia <nome do medicamento>
Estónia <nome do medicamento>
Espanha <nome do medicamento>
Filândia <nome do medicamento>
Grécia <nome do medicamento>
Holanda <nome do medicamento>
Hungria <nome do medicamento>
Islândia <nome do medicamento>
Látvia <nome do medicamento>
Lituânia <nome do medicamento>
Luxemburgo <nome do medicamento>
Noruega <nome do medicamento>
Polónia <nome do medicamento>
Portugal <nome do medicamento>
República Checa <nome do medicamento>
Roménia <nome do medicamento>

Este folheto foi aprovado pela última vez em