Glimepirida Pharmakern Glimepirida bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Glimepirida Pharmakern e para que é utilizado
2. Antes de tomar Glimepirida Pharmakern
3. Como tomar Glimepirida Pharmakern
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Glimepirida Pharmakern
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Glimepirida Pharmakern 2 mg Comprimidos
Glimepirida Pharmakern 4 mg Comprimidos
Glimepirida

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É Glimepirida Pharmakern E PARA QUE É UTILIZADO

A Glimepirida Pharmakern pertence a um grupo de medicamentos denominadosantidiabéticos orais, que são utilizados no tratamento da diabetes (uma doença em queo organismo não produz insulina suficiente, de modo a controlar o nível de açúcar nosangue). Os antidiabéticos orais ajudam a controlar o nível de açúcar no sangue
(glicémia).

A Glimepirida Pharmakern é utilizada no tratamento da diabetes mellitus tipo II, quandoesta doença não possa ser adequadamente controlada através de dieta, exercício físicoe redução de peso.

2. ANTES DE TOMAR Glimepirida Pharmakern

Não tome Glimepirida Pharmakern
– Se tem alergia (hipersensibilidade) à glimepirida ou a qualquer outro componente de
Glimepirida Pharmakern.
– Se estiver grávida ou a amamentar.
– Se sofre de diabetes Tipo I (insulino-dependente).
– Se sofre de doença hepática ou renal graves.

Tome especial cuidado com Glimepirida Pharmakern
– Se estiver a pensar engravidar e estiver a tomar Glimepirida Pharmakern, fale primeirocom o seu médico.

– Dê ao médico todas as informações sobre o seu estado clínico. Se sentiu dificuldadeem respirar, hálito intenso, confusão mental, desmaiou, ou esteve mesmo em situaçãode coma, como resultado da sua doença, informe o seu médico.
– Se já alguma vez teve problemas com medicamentos para tratar o nível de açúcar nosangue, antibióticos do tipo sulfonamidas, ou se teve algum tipo de reacção àglimepirida, deve informar o seu médico antes de iniciar o tratamento com Glimepirida
Pharmakern.
– Se surgir uma situação de hipoglicémia, deve contactar o seu médico.

A hipoglicémia (baixo nível de açúcar no sangue), pode ocorrer se, por exemplo se:
– saltar ou atrasar uma refeição, ou alterar a sua dieta habitual,
– tomar mais Glimepirida Pharmakern do que o necessário,
– ingerir álcool,
– fizer um tipo de exercício diferente, ou durante mais tempo que o habitual, ou setrabalhar mais que o normal,
– se encontra a recuperar de uma lesão, febre ou doença, ou qualquer outra situação destress.

Determinados sintomas, são indicativos de uma situação de hipoglicémia. Estessintomas incluem:
– fadiga
dores de cabeça
– batimento cardíaco acelerado
– suores frios
– nervosismo e tremores
– irritabilidade
– náuseas
fome voraz.
Os sintomas podem ser controlados quase sempre pela ingestão de hidratos decarbono (açúcar). Os adoçantes artificiais não têm efeito. No entanto, fale sempre como seu médico sobre esta situação.

Tomar Glimepirida Pharmakern com outros medicamentos
Informe o seu médico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outrosmedicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Quando se toma Glimepirida Pharmakern em simultâneo com certos medicamentos,podem ocorrer aumentos ou baixas da acção hipoglicemiante da glimepirida. Por isso,só devem ser tomados outros medicamentos com conhecimento (ou receita) do médico.
Assim, deve ter-se especial cuidado com medicamentos:
– Antibióticos (medicamentos para tratar infecções provocadas por bactérias ou fungos);
– Contraceptivos orais (pílula);
– Para o coração e pressão arterial;
– Analgésicos (medicamentos para as dores);
– Para a depressão;
– Diuréticos;
– Para a gota;
– Utilizados no tratamento da epilepsia;
– Para úlceras;
– Impedir a coagulação do sangue.

Tomar Glimepirida Pharmakern com alimentos e bebidas
Glimepirida Pharmakern pode ser tomada com ou sem alimentos.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Risco relacionado com a diabetes
Valores séricos anormais de glicémia durante a gravidez estão associados a umaincidência mais elevada de alterações congénitas e mortalidade perinatal.
Consequentemente, os níveis sanguíneos de glucose devem ser rigorosamentemonitorizados durante a gravidez de forma a evitar o risco de teratogenicidade.
Nestas circunstâncias é necessário o uso de insulina. As doentes que planeiam umagravidez devem informar o seu médico.

Risco relacionado com a glimepirida
Não existem dados adequados relativamente à utilização da glimepirida em mulheresgrávidas.
No caso de tratamento com glimepirida, se a doente planear engravidar ou no caso dese descobrir que a doente está grávida, o tratamento deve ser alterado o maisrapidamente que possível para terapêutica insulínica.

Desconhece-se se ocorre excreção no leite humano. Dado que outras sulfonilureias sãoexcretadas no leite humano e uma vez que existe um risco de hipoglicémia em criançasa ser amamentadas, não é aconselhável o aleitamento materno durante o tratamentocom glimepirida.

Condução de veículos e utilização de máquinas
A sua capacidade de concentração e de reagir pode ser alterada, como resultado deuma hipoglicémia ou hiperglicémia ou, por exemplo como resultado duma perturbaçãovisual. Isto pode constituir um risco em situações onde estas capacidades têm especialimportância (por ex. conduzir um carro ou utilização de máquinas).
Estas situações podem ocorrer especialmente no início ou quando se fazem alteraçõesao tratamento com Glimepirida Pharmakern, ou se se esquecer de tomar a Glimepirida
Pharmakern. Nestas circunstâncias, deve ser tomada em consideração se éaconselhável conduzir ou utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Glimepirida Pharmakern
Glimepirida Pharmakern contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que temintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR Glimepirida Pharmakern

Tomar Glimepirida Pharmakern sempre de acordo com as indicações do médico. Falecom o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
Normalmente, a dose inicial é de 1 mg de glimepirida por dia, mas esta dose poderá seraumentada gradualmente, com intervalos de cerca de 1 a 2 semanas entre cadaaumento da dose para 2, 3 ou 4 mg de glimepirida por dia, se o seu médico considerarque tal é necessário.

A dose máxima recomendada é de 6 mg de glimepirida por dia.
Os comprimidos podem ser divididos em metades iguais.

Glimepirida Pharmakern deve ser tomada antes ou durante o pequeno almoço, exceptoindicação contrária do seu médico assistente.

Se tomar mais Glimepirida Pharmakern do que deveria:
Se tomar mais Glimepirida Pharmakern do que deveria, contacte imediatamente o seumédico, ou dirija-se de imediato ao hospital.
Em caso de sobredosagem ou ingestão acidental, consultar o Centro de Intoxicações
(808 250 143), indicando o medicamento e a quantidade ingerida.

Caso se tenha esquecido de tomar Glimepirida Pharmakern:
Se se esquecer de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar, mas sempre antesou durante uma refeição. Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que seesqueceu de tomar.
No caso de omissão de várias doses, deverá contactar o seu médico assistente.

Se parar de tomar Glimepirida Pharmakern:
Tome Glimepirida Pharmakern, todos os dias, de acordo com as indicações do médico.
Não modifique a dose receitada, nem interrompa o tratamento sem consultar o médico.
A interrupção do tratamento só deve ser feita se o seu médico assim o indicar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Glimepirida Pharmakern pode causar efeitossecundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Alguns dos efeitos secundários que podem surgir são:
Hipoglicémia: em casos raros, têm sido observadas reacções hipoglicémicas apósadministração de glimepirida.
Estas reacções ocorrem imediatamente na maior parte dos casos, podem ser graves enão são sempre fáceis de corrigir. A ocorrência de tais reacções, tal como para outrasterapêuticas hipoglicemiantes, depende de factores individuais, tais como hábitosdietéticos e posologia.
Olhos: especialmente no início do tratamento, podem ocorrer perturbações transitóriasda visão devido a alterações dos níveis de glicémia.
Gastrointestinais: queixas gastrointestinais como náuseas, vómitos e diarreia, sensaçãode peso no estômago ou enfartamento e dor abdominal são muito raras e implicampoucas vezes a interrupção do tratamento.
Fígado: pode ocorrer um aumento das enzimas hepáticas. Em casos isolados, podedesenvolver-se uma perturbação da função hepática, assim como uma progressão dehepatite que pode evoluir para insuficiência hepática.
Alérgicos: podem ocorrer reacções cutâneas de hipersensibilidade, sob a forma decomichão e/ou exantema (erupção vermelha da pele). Em casos isolados, reacções

ligeiras podem progredir para reacções graves com dificuldade de respirar (dispneia),tensão baixa e por vezes choque.
Em casos isolados, pode ocorrer hipersensibilidade à luz ou vasculite (inflamação dospequenos vasos sanguíneos) alérgica.
Reacções alérgicas cruzadas com sulfonilureias, sulfonamidas e seus derivados sãopossíveis.
Hemograma: há alterações raras a nível sanguíneo com glimepirida. Estas alteraçõessão geralmente reversíveis ao interromper o tratamento.
Diversos: pode ocorrer uma diminuição do nível de sódio no sangue.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o imediatamente o seu médico oufarmacêutico.

5. COMO CONSERVAR Glimepirida Pharmakern

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Glimepirida Pharmakern após o prazo de validade impresso na embalagem.
O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Entregue todos os medicamentos que já não utiliza, na farmácia. Estas medidas irãoajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Glimepirida Pharmakern
– A substância activa é a glimepirida. Glimepirida Pharmakern contém 2 mg e 4 mg deglimepirida.
– Os outros componentes são:
Lactose monohidratada, celulose microcristalina, amido glicolato de sódio, povidona,estearato de magnésio. Os comprimidos de Glimepirida Pharmakern a 2 mg, contémainda óxido de ferro amarelo (E 172) e laca alumínio de carmim de indigo (E 132). Oscomprimidos de Glimepirida Pharmakern a 4 mg, contém ainda indigotina (E 132).

Qual o aspecto de Glimepirida Pharmakern e conteúdo da embalagem
Glimepirida Pharmakern 2 mg Comprimidos, são comprimidos oblongos, de cor verde,com ranhura em ambas as faces, acondicionados em blister de PVC/Alumínio, emembalagens de 20, 30, 60, 120 ou 500 unidades.
Glimepirida Pharmakern 4 mg Comprimidos, são comprimidos oblongos, de cor azul,com ranhura em ambas as faces, acondicionados em blister de PVC-PVDC/Alumínio,em embalagens de 20, 30, 60, 120 ou 500 unidades.
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Pharmakern Portugal – Produtos Farmacêuticos, Sociedade Unipessoal, Lda.
Edifício Atlas II, Av. José Gomes Ferreira, N.º 11 – 3º, Sala 31
1495-139 Miraflores – Algés

Fabricante

Kern Pharma, S.L.
Polígono Ind. Colón II, Venus 72
08228 Terrassa (Barcelona)
Espanha

e

Edmond Pharma, S.r.l.
Via Dei Giovi, 131
I-20037 Paderno Dugnano (Milano)
Itália

Este folheto foi aprovado pela última vez em