Indapamida gp Indapamida bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Indapamida gp e para que é utilizado
2. Antes de tomar Indapamida gp
3. Como tomar Indapamida gp
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Indapamida gp
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Indapamida gp
1,5 mg Comprimidos de libertação prolongada

Indapamida

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se alguns dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitossecundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É Indapamida gp E PARA QUE É UTILIZADO

Indapamida gp é um medicamento anti-hipertensor do grupo dos diuréticos, utilizado notratamento da hipertensão essencial.

2. ANTES DE TOMAR Indapamida gp

Não tome Indapamida gp

Não tome este medicamento e informe o seu médico ou farmacêutico se alguma destassituações se aplicar:
– se tem alergia (hipersensibilidade) à Indapamida, às sulfonamidas ou a qualquer outrocomponente de Indapamida gp (ver secção ?6. Outras informações?);
– se sofre de insuficiência renal grave;
– se sofre de doença hepática grave ou encefalopatia hepática;
– se tem hipocaliémia.
Tome especial cuidado com Indapamida gp

A administração do medicamento deve ser interrompida imediatamente em caso deinsuficiência hepática, de modo a evitar uma encefalopatia hepática.

Utilizar este medicamento com precaução em caso de alterações do equilíbriohidroelectrolítico, diabetes, gota, alterações renais, doença cardíaca. Os indivíduos comalteração dos electrólitos séricos e com diabetes devem ser monitorizados regularmente.

Se após a interrupção do tratamento por reacções de fotossensibilidade for consideradanecessária a re-administração do medicamento, deverá proteger as áreas expostas à luzsolar.

O tratamento deve ser interrompido se necessitar de fazer um teste à glândula paratiróide.

Desportistas:
Chama-se a atenção dos desportistas para o facto da substância activa (Indapamida) destemedicamento poder originar uma reacção positiva nos testes praticados durante oscontrolos antidopping.

Tomar Indapamida gp com outros medicamentos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Indapamida gp pode interagir com os seguintes medicamentos:
lítio;
anti-inflamatórios não esteróides ou ácido salicílico em doses elevadas;
– medicamentos que induzem "torsade de pointes", tais como alguns antiarrítmicos,antipsicóticos, cisapride;
inibidores da enzima de conversão da angiotensina;
– corticosteróides e anfotericina B (IV);
laxantes estimulantes, digitálicos;
baclofeno, amiloride, espironolactona, cálcio, ciclosporina;
metformina, antidepressivos;
– meios de contraste iodados.

Tomar Indapamida gp com alimentos e bebidas

Tome o medicamento de preferência em jejum com um copo de água.

Gravidez e aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Se está grávida, ou planeia engravidar, ou se está a amamentar, avise o seu médico; deveestar informada sobre os potenciais riscos para si ou para o bebé.

Como todos os diuréticos, este medicamento deve ser evitado na mulher grávida. Como asubstância activa é excretada no leite, desaconselha-se o aleitamento durante otratamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Indapamida gp não afecta a vigilância mas em casos individuais podem ocorrer diferentesreacções relacionadas com a descida da tensão arterial. Assim, a capacidade paraconduzir veículos ou utilizar máquinas pode estar comprometida.

Informações importantes sobre alguns componentes de Indapamida gp

Os comprimidos de Indapamida gp contêm lactose. Se foi informado pelo seu médico quetem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR Indapamida gp

Tomar Indapamida gp sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seumédico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual é um comprimido por dia, de preferência de manhã, a fim de evitareventual despertar nocturno tendo em conta o efeito diurético deste medicamento.

Via oral. Os comprimidos devem ser engolidos com água e não mastigados.

Se tomar mais Indapamida gp do que deveria

Contacte imediatamente um médico. Os sinais e sintomas esperados são os seguintes:náuseas, vómitos, hipotensão (descida da pressão arterial), cãibras, vertigens, sonolência,estados confusionais, poliúria (aumento da quantidade de urina produzida) ou oligúria
(diminuição da quantidade de urina produzida) com possibilidade de anúria (ausência deprodução de urina).
. O tratamento é sintomático e consiste em eliminar rapidamente as substâncias ingeridase em restabelecer o equilíbrio hidroelectrolítico.

Caso se tenha esquecido de tomar Indapamida gp

Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Nestecaso deve continuar o tratamento como habitualmente.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Indapamida gp pode causar efeitos secundários; noentanto, estes não se manifestam em todas as pessoas.

Raramente (?1/10.000, <1/1.000) podem ocorrer náuseas, vómitos, obstipação, boca seca,vertigens, fadiga, parestesias e cefaleias.

Foram relatados casos muito raros (<1/10.000) de trombocitopénia, leucopénia,agranulocitose, anemia aplástica, anemia hemolítica, arritmia, hipotensão, pancreatite,função hepática anormal e hipercalcémia.

Em caso de insuficiência hepática pode ocorrer encefalopatia hepática.

Em indivíduos com predisposição para reacções alérgicas e asmáticas, podem ocorrerreacções de hipersensibilidade tais como erupções maculopapulosas (frequente: ?1/100,
<1/10), púrpura (pouco frequente: ?1/1.000, <1/100), edema angioneurótico e/ouurticária, necrólise epidérmica tóxica, Síndrome de Stevens-Johnson (muitoraro<1/10.000).

Existe a possibilidade de agravamento de lúpus eritematoso agudo disseminado pré-
existente.

Foram ainda relatados casos de reacções de fotossensibilidade, desidratação, hipotensãoortostática, alcalose metabólica e aumento da uricémia e da glicémia.

É possível que se verifiquem variações dos parâmetros sanguíneos, particularmente umaperda excessiva de potássio em certas populações de elevado risco, tais como idosos,desnutridos e/ou polimedicados, cirróticos com edemas e ascite, indivíduos com doençacoronária arterial e com insuficiência cardíaca.

O seu médico pode pedir a realização de exames de laboratório a fim de controlar estesparâmetros.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR Indapamida gp

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Não utilize Indapamida gp após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. Oprazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Indapamida gp

– A substância activa é a Indapamida, na dosagem de 1,5 mg.

– Os outros componentes são:
Núcleo do comprimido: lactose mono-hidratada, amido pré-gelificado, hipromelose,sílica coloidal anidra e estearato de magnésio.
Revestimento: hipromelose, macrogol 6000 e dióxido de titânio (E171).

Qual o aspecto de Indapamida gp e o conteúdo da embalagem

Indapamida gp apresenta-se na forma de comprimidos de libertação prolongada brancosou esbranquiçados, redondos, biconvexos e revestidos por película.

Cada embalagem contém 10 ou 30 comprimidos de libertação prolongada.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

gp ? genéricos portugueses, lda.
Rua Henrique de Paiva Couceiro, n.º 29, Venda Nova
2700-451 Amadora – Portugal

Fabricante

Farmalabor – Produtos Farmacêuticos, Lda.
Zona Industrial de Condeixa-a-Nova
3150-194 Condeixa-a-Nova – Portugal

Laboratório Medinfar – Produtos Farmacêuticos, S.A.
Rua Henrique Paiva Couceiro, n.º 29 – Venda Nova
2700-451 Amadora – Portugal

Este folheto foi aprovado pela última vez em: