Indapamida Teva Indapamida bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é a Indapamida Teva
2. Antes de tomar Indapamida Teva
3. Como tomar Indapamida Teva
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Indapamida Teva
6. Outras Informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Indapamida Teva 1,5 mg Comprimidos de libertação prolongada

Indapamida

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É INDAPAMIDA TEVA E PARA QUE É UTILIZADO

Indapamida Teva pertence a uma classe de medicamentos chamados ?diuréticos? queaumentam a produção de urina pelos rins.

É utilizada no tratamento da tensão arterial elevada.

2. ANTES DE TOMAR INDAPAMIDA TEVA

Não tome Indapamida Teva
– se for alérgico (hipersensível) à indapamida ou a qualquer um dos excipientes destemedicamento;
– se for alérgico (hipersensível) a outros medicamentos da mesma classe da indapamida
(?sulfonamidas?), tais como trimetoprim ou co-trimoxazol.
– se tem insuficiência hepática grave ou uma condição chamada encefalopatia hepática
(danos no cérebro e nos nervos que podem ocorrer como uma complicação de problemasno fígado);
– se sofre de insuficiência renal grave;
– se foi informado pelo seu médico que tem baixo nível de potássio no sangue.

Tome especial cuidado com Indapamida Teva

Informe o seu médico antes de começar a tomar este medicamento se sofrer ou já tiversofrido de algum dos seguintes problemas:
doença cardíaca, falha cardíaca ou problemas do ritmo cardíaco;
diabetes (verifique regularmente os níveis de açúcar no sangue);
gota;
– problemas de rins;
– problemas do fígado.
A indapamida afecta os níveis de potássio e sódio no sangue. O seu médico pode pediranálises para monitorizar os níveis de potássio e sódio no sangue antes e durante otratamento. Isto é especialmente importante em doentes com risco elevado dedesenvolverem distúrbios electrolíticos (tais como idosos, doentes a tomar outrosmedicamentos e doentes com uma dieta pobre).

A Indapamida Teva pode aumentar a sensibilidade da sua pele ao sol. Se tal acontecerdeve informar o seu médico pois ele/ela pode decidir parar o tratamento. Se o seu médicodecidir retomar ou continuar o tratamento deve tomar medidas para proteger a sua pele dosol e evitar exposição aos UVA artificiais (ex: máquinas de bronzeamento).

Informe o seu médico se o funcionamento da sua glândula paratiroideia tiver de seravaliada.
O seu médico pode aconselhá-lo a parar de tomar os comprimidos antes de fazer o teste.

Os atletas devem estar informados que a Indapamida Teva pode originar uma reacçãopositiva nos testes de doping.

Se pensa que alguma destas situações se pode aplicar ao seu caso ou se tem algumaquestão ou dúvidas sobre a ingestão deste medicamento, deve consultar o seu médico oufarmacêutico.

Tomar Indapamida Teva com outros medicamentos
Por favor informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomadorecentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
Os efeitos de Indapamida Teva podem ser alterados ou podem surgir efeitos indesejáveisse estiver também a tomar os seguintes medicamentos. Fale com o seu médico se estivera tomar algum dos seguintes:
Lítio (usado no tratamento da depressão): não deve tomar Indapamida Teva com lítiodevido ao risco de aumento dos níveis de lítio no sangue, a não ser que o seu médicoconsidere que é absolutamente necessário.
– Quinidina, hidroquinidina, disopirimida, amiodarona, sotalol, dofetilida ou ibutilida
(usados no tratamento de batimentos cardíacos irregulares)
– Medicamentos usados no tratamento da esquizofrenia tais como cloropromazina,tioridazina, amissulprida ou haloperidol
Metformina (usado no tratamento da diabetes)
Baclofeno (usado no tratamento dos espasmos musculares)
Ciclosporina e tacrolimus (usados no tratamento das doenças auto-imunes ou parasuprimir o sistema imunitário após transplante)

Eritromicina IV, pentamidina, moxifloxacina, sparfloxacina e anfoteracina B IV (usadosno tratamento de infecções)
Mizolastina (usado no tratamento de alergias)
– Bepridil (usado no tratamento da angina).
– Cisapride e difemanil (usados no tratamento de problemas gastro-intestinais).
Halofantrina (usado no tratamento da malária).
Vincamina IV (usada para tratar problemas circulatórios cerebrais).
– Esteróides (ex. prednisolona hidrocortisona, ou fludrocortisona) usados para tratarvários problemas incluindo asma grave e artrite reumatóide.
Laxantes estimulantes (ex senósidos)
Anti-inflamatórios não esteróides (os AINE?s) usados no tratamento de dores einflamações (ex.ibuprofeno, diclofenac e indometacina) e inibidores da 2-ciclo-oxigenase
(COX-2) (tais como celecoxib e etoricoxib).
– Doses elevadas de aspirina (3 g ou mais por dia).
– Inibidores da ECA usados para tratar a tensão arterial elevada (ex. captopril, enalapril,perindopril).
– Alguns medicamentos usados no tratamento de falhas cardíacas (ex digoxina,digotoxina). – Alguns diuréticos poupadores de potássio tais como amilorida,espironolactona e triamtereno
– Alguns comprimidos que podem causar um decréscimo nos níveis de potássio nosangue tais como bendroflumetiazida, furosemida, piretanida, bumetanida e xipamida.
– Alguns anti-depressivos (ex. imipramina) e neurolépticos (usados no tratamento dedoenças mentais).
– Alguns medicamentos contendo iodo (usado no diagnóstico de algumas doenças).
Tetracosactido (usado no diagnóstico de algumas doenças e tratamento de problemasgastro-intestinais).
– Medicamentos contendo cálcio.

Tomar Indapamida Teva com alimentos e bebida

Os alimentos e bebidas não têm influência no modo de actuação do medicamento. Podetomá-lo durante ou depois das refeições ou com o estômago vazio.

Gravidez e aleitamento

O uso de Indapamida Teva não é recomendado se estiver grávida, a amamentar ou atentar engravidar. Fale com o seu médico se alguma destas situações se aplicar ao seucaso.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Indapamida Teva provoca uma descida da tensão arterial o que pode fazê-lo sentir-secom a cabeça leve e com vertigens, especialmente no início do tratamento ou quando setoma outro medicamento para baixar ou controlar a tensão arterial. Se se sentir afectadonão conduza ou opere maquinaria pesada.

Informações importantes sobre alguns componentes de Indapamida Teva

Este medicamento contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que tem algumaintolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR INDAPAMIDA TEVA

Tome sempre Indapamida Teva de acordo com as indicações do médico. Fale com o seumédico se tiver dúvidas.
A dose habitual é de 1 comprimido por dia que deve ser tomado, de preferência, demanhã. Os comprimidos devem ser engolidos inteiros com uma quantidade suficiente de
água. Os comprimidos não devem ser partidos nem mastigados.

Doentes com problemas de rins
Doentes com problemas graves nos rins não devem tomar Indapamida Teva (ver secção
2)
A Indapamida Teva só é completamente eficaz se os seus rins trabalharemconvenientemente ou se tiverem uma ligeira insuficiência. Pergunte ao seu médico emcaso de dúvida.

Doentes com problemas de fígado
Doentes com problemas graves no fígado não devem tomar Indapamida Teva (ver secção
2)

Idosos
Os doentes idosos podem ser tratados com Indapamida Teva desde que os seus rinstrabalhem convenientemente ou se tiverem uma ligeira insuficiência.

Crianças e adolescentes
Não é recomendado o uso de Indapamida Teva em crianças e adolescentes devido àexperiência limitada nesta faixa etária.

Duração do tratamento
O seu médico decidirá sobre sobre a duração do tratamento.
Não altere a dose se pensa que a Indapamida Teva não está a actuar correctamente. Se foreste o caso, consulte o seu médico.

Se tomar mais Indapamida Teva do que deveria
Se tomar acidentalmente demasiados comprimidos de Indapamida Teva contacte deimediato o seu médico. Os sintomas de sobredosagem podem incluir náuseas, vómitos,tensão arterial baixa (originando desfalecimentos), cãibras, tonturas, sonolência,confusão, produção excessiva ou reduzida de urina.

Caso se tenha esquecido de tomar Indapamida Teva

Se se esqueceu de tomar um comprimido tome o seguinte à hora habitual. Não tome umadose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Indapamida Teva
O tratamento para a tensão arterial elevada é normalmente prolongado. Não deve parar detomar este medicamento sem falar previamente com o seu médico.

Se tiver mais alguma questão relativamente ao uso deste produto consulte o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como os demais medicamentos, Indapamida Teva pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.
Podem ocorrer os efeitos secundários seguintes:

Frequentes (afectam menos de 1 em 10 doentes mas mais do que 1 em 100 doentes):
– Baixos níveis de potássio no sangue que podem provocar fraqueza muscular. O seumédico pode controlar estes níveis com análises ao sangue (ver ?Tome especial cuidadocom Indapamida Teva?)
– Reacções alérgicas (especialmente em pessoas propensas a reacções alérgicas e ataquesde asma) que provocam erupções na pele com manchas (áreas descoloridas) e pápulas
(formação de pequenos nódulos)

Pouco Frequentes (afectam menos de 1 em 100 doentes mas mais do que 1 em 1000doentes):
Vómitos
– Reacções alérgicas (especialmente em pessoas propensas a reacções alérgicas e ataquesde asma) provocando púrpura ou manchas na pele.

Raros (afectam menos do que 1 em 1000 doentes mas mais do que 1 em 10.000):
– Tonturas (vertigens)
– Cansaço
– Dor de cabeça
– Picadas e formigueiro (parestesia)
– Náuseas (má disposição)
Obstipação (movimentos pouco frequentes dos intestinos; fezes sólidas e duras)
– Boca seca

Muito Raros (afectam menos de 1 em 10.000 doentes):
– Redução das plaquetas sanguíneas, a qual aumenta o risco de hemorragia ouhematomas.
– Redução do número de glóbulos brancos no sangue (leucopenia), o que facilita oaparecimento de infecções e pode ser grave (agranulocitose) ou supressão da medula
óssea (anemia aplástica) Se, inexplicavelmente, tiver febre, garganta inflamada ou outrossintomas de gripe, contacte o seu médico de imediato pois estes sintomas podem indicarque o nível de glóbulos brancos está demasiado baixo.
– Redução do nível de glóbulos vermelhos no sangue (anemia) que pode causar fraqueza,palidez, aumento do rítmo cardíaco e dificuldades respiratórias.
– Inflamação do pâncreas, que causa dores acentuadas no abdómen e nas costas
(pancreatite).
– Ritmo cardíaco irregular
Tensão arterial baixa, podendo causar sensação de desfalecimento
Problemas renais
Problemas hepáticos (detectados nas análises sanguíneas)
– Reacções alérgicas graves (angiodema, especialmente em pessoas propensas a reacçõesalérgicas e a crises de asma) com inchaço da face, lábios, língua, garganta ou viasrespiratórias e urticária. O inchaço da garganta ou das vias respiratórias pode causardificuldade em engolir ou respirar. Se for o caso, contacte imediatamente o seu médico.
– Reacção alérgica grave com sintomas semelhantes aos da gripe, erupções da pele, boca,olhos e órgãos genitais (necrólise epidérmica tóxica ou síndrome Steven-Johnson). Se talocorrer contacte imediatamente o seu médico.

Poderão também ocorrer os efeitos secundários a seguir mencionados. No entanto,segundo dados disponíveis, não é possível indicar a sua frequência:

Indapamida Teva pode causar baixos níveis de sódio no sangue. O médico podemonitorizar estes níveis através de análises sanguíneas (ver ?Tome especial cuidado com
Indapamida Teva?).
Indapamida Teva pode causar uma diminuição do volume sanguíneo (hipovolémia),com uma perda de água e queda da tensão arterial ao levantar (hipotensão ortostática).
-Indapamida Teva pode causar baixos níveis de cloro no sangue, podendo levar a umaalcalose metabólica (baixa acidez)
Indapamida Teva pode aumentar os níveis de açúcar no sangue.
-Se tiver problemas de fígado, a administração de Indapamida Teva pode causarencefalopatia hepática (lesões ao nível do cérebro e nervos que podem surgir comocomplicações da doença hepática).
– Se sofre de uma doença designada por ?lúpus eritematoso disseminado agudo? (doençainflamatória rara, que afecta vários órgãos), a administração de Indapamida Teva podecontribuir para o seu agravamento.
Indapamida Teva pode tornar a sua pele mais sensível à luz ultravioleta (ver ?Tomeespecial cuidado com Indapamida Teva?).
Indapamida Teva pode causar níveis elevados de ácido úrico no sangue, causando crisesde gota (vermelhidão e inchaço doloroso das articulações, com maior frequência no dedogrande do pé).

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar efeitos secundários nãomencionados neste folheto, informe o seu médico.

5. COMO CONSERVAR INDAPAMIDA TEVA

Manter fora do alcance e da vista das crianças
Este medicamento não necessita de precauções especiais de conservação.

Não utilize Indapamida Teva após expirar o prazo de validade indicado na embalagem. Oprazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição do Indapamida Teva

– A substância activa é a indapamida. Cada comprimido contém 1,5 mg de indapamida.
– Os outros componentes são: lactose monohidratada, amido pré-gelificado, hipromelose,dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, macrogol 6000, dióxido de titânio.

Qual o aspecto de Indapamida Teva e conteúdo da embalagem

– Comprimidos de libertação prolongada, brancos a esbranquiçados, redondos.
– Os comprimidos estão disponíveis em blisters de 14, 15, 28, 30, 50, 60, 90 e 100comprimidos.

É possível que não estejam comercializadas todas as apresentações

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Teva Pharma – Produtos Farmacêuticos, Lda.
Lagoas Park, Edifício 1, Piso 3
2740-264 Porto Salvo

Este medicamento está autorizado nos estados membros da UE com os seguintes nomes:

Áustria:
Indapamide Teva 1,5 mg Retardtabletten
República Checa: Indapamid Teva 1,5 mg Retard
Alemanha:
Indapamid Teva 1,5 mg Retardtabletten

França:
INDAPAMIDE TEVA LP 1.5mg, comprimé pellicule à liberation
prolongée
Lituânia:
Indapamide Teva 1,5 mg pailginto atpalaidavimo tablet?s
Polónia:
Fodrin
Portugal:
Indapamida Teva
Eslováquia: Indapamid Teva 1,5 mg Retard
Eslovénia:
Indapamid SR Teva 1,5 mg filmsko oblo?ene tablete s podalj?anim
spro?canjem
Espanha:
Indapamida Retard Teva 1,5mg comprimidos recubiertos con película de

liberación prolongada EFG
Reino Unido: Varbim XL 1.5 mg Prolonged-release Tablets

Este folheto foi aprovado pela última vez em