Levodopa + Carbidopa Wynn Levodopa + Carbidopa bula do medicamento

O que contém este folheto:
1. O que é Levodopa + Carbidopa Wynn e para que é utilizado
2. O que precisa de saber antes de tomar Levodopa + Carbidopa Wynn
3. Como tomar Levodopa + Carbidopa Wynn
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Levodopa + Carbidopa Wynn
6. Conteúdo da embalagem e outras informações


Folheto informativo: Informação para o utilizador

Levodopa + Carbidopa Wynn 200 mg + 50 mg comprimidos de libertação prolongada
Levodopa + Carbidopa

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, poiscontém informação importante para si.
– Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamentopode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.
– Se tiver algum dos efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários nãoindicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico.

O que contém este folheto:

1. O que é Levodopa + Carbidopa Wynn e para que é utilizado

2. O que precisa de saber antes de tomar Levodopa + Carbidopa Wynn

3. Como tomar Levodopa + Carbidopa Wynn

4. Efeitos secundários possíveis

5. Como conservar Levodopa + Carbidopa Wynn

6. Conteúdo da embalagem e outras informações

1. O que é Levodopa + Carbidopa Wynn e para que é utilizado

Levodopa + Carbidopa Wynn é uma associação medicamentosa de carbidopa (uminibidor da descarboxilase do aminoácido aromático) e levodopa (o percursor metabólicoda dopamina) num comprimido de libertação prolongada, para tratar os sintomas da
Doença de Parkinson.

Porque é que o meu médico receitou Levodopa + Carbidopa Wynn?

O seu médico receitou-lhe Levodopa + Carbidopa Wynn para tratar os sintomas da
Doença de Parkinson.

O que é a Doença de Parkinson?

É uma doença crónica que se caracteriza por movimentos lentos e inseguros, rigidezmuscular e tremores. Caso não seja tratada, esta doença pode causar dificuldades narealização de atividades normais diárias.

Como atua Levodopa + Carbidopa Wynn?

Os comprimidos de Levodopa + Carbidopa Wynn foram fabricados segundo umafórmula que liberta lentamente as duas substâncias ativas – levodopa e carbidopa.

Crê-se que os sintomas da Doença de Parkinson são causados pela falta de dopamina,uma substância química naturalmente produzida por certas células do cérebro. Adopamina desempenha a função de retransmitir mensagens para certas regiões do cérebroque controlam os movimentos musculares. A dificuldade nos movimentos surge quando adopamina é produzida em pequena quantidade.

A levodopa reabastece o cérebro de dopamina, e a carbidopa assegura que o cérebroreceba levodopa suficiente, onde ela é necessária. Em muitos doentes, isto permitereduzir os sintomas da Doença de Parkinson. A fórmula de libertação prolongada destescomprimidos permite manter a quantidade de levodopa no seu organismo, o maisregularmente possível.

2. O que precisa de saber antes de tomar Levodopa + Carbidopa Wynn

Não tome Levodopa + Carbidopa Wynn:
– se tem alergia (hipersensibilidade) às substâncias ativas ou a qualquer outro componentedeste medicamento (indicados na secção 6),
– Se tem lesões suspeitas na pele (manchas) que não tenham sido examinadas pelo seumédico, ou já teve cancro da pele,
– se tem depressão e está a ser tratado(a) com certos medicamentos inibidores MAO,
– se tem glaucoma de ângulo fechado.

Advertências e precauções
Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Levodopa + Carbidopa Wynn.
Fale com o seu médico sobre quaisquer problemas de saúde que possa ter, ou já tenhatido, incluindo:
alergias
depressão ou perturbações mentais
– problemas hormonais, de pulmões, de rins, de fígado, ou de coração
– úlcera péptica
– convulsões
– glaucoma

Informe o seu médico se já foi anteriormente tratado(a) com levodopa.

Durante o tratamento com Levodopa + Carbidopa Wynn tome especial cuidado quandoconduzir ou utilizar máquinas. Caso já tenha sentido sonolência excessiva ou tenhaocorrido um episódio de adormecimento súbito, deve evitar conduzir e utilizar máquinase contacte o seu médico.

Crianças e adolescentes
Não se recomenda o uso de Levodopa + Carbidopa Wynn a menores de 18 anos.

Outros medicamentos e Levodopa + Carbidopa Wynn

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentementeou se vier a tomar outros medicamentos.

Embora Levodopa + Carbidopa Wynn possa geralmente ser tomado com outrosmedicamentos, há exceções. O seu médico poderá adverti-lo para não tomar ao mesmotempo certos medicamentos usados para tratar problemas psiquiátricos ou depressõesmentais, tuberculose, tensão arterial elevada, espasmos musculares ou convulsões.

O seu médico ou o farmacêutico poderão dar-lhe uma lista completa de medicamentosque deve evitar enquanto estiver a tomar Levodopa + Carbidopa Wynn.

Gravidez e amamentação

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte oseu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Não se sabe que efeitos poderá ter Levodopa + Carbidopa Wynn na gravidez humana. Alevodopa, um dos componentes de Levodopa + Carbidopa Wynn passa para o leitematerno. Se engravidou, planeia engravidar ou amamentar, fale com o seu médico paraque possam avaliar os possíveis riscos e benefícios deste tratamento.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
As respostas de cada indivíduo à medicação são variáveis. Foram relatados alguns efeitossecundários que podem afetar a sua capacidade de conduzir ou de trabalhar commáquinas (ver secção 4).

Levodopa + Carbidopa Wynn pode causar sonolência (sonolência excessiva) e episódiosde adormecimento súbito. Deve evitar conduzir ou realizar outras atividades que possamcomprometer a sua vida ou a de outros (utilização de máquinas, por exemplo) até queepisódios recorrentes e sonolência sejam resolvidos.

Levodopa + Carbidopa Wynn contém lactose mono-hidratada.
Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-oantes de tomar este medicamento.

3. Como tomar Levodopa + Carbidopa Wynn

Tome este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seumédico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Utilização em crianças e adolescentes
Não se recomenda o uso de Levodopa + Carbidopa Wynn a menores de 18 anos.

A posologia de Levodopa + Carbidopa Wynn é variável e o seu médico ajustá-la-á deacordo com a gravidade da sua doença e a sua resposta ao tratamento.

Não mastigue nem esmague os comprimidos, para que se mantenham as suaspropriedades de libertação lenta.

Para obter melhores resultados, tome Levodopa + Carbidopa Wynn todos os dias. Éimportante que siga cuidadosamente as instruções do seu médico quanto ao número efrequência das tomas.

A posologia habitual pode variar entre 2 a 8 comprimidos por dia, repartidos em dosesparcelares, com intervalos variando entre 4 e 12 horas.

Se verificar alguma alteração na sua situação clínica, como por exemplo náuseas oumovimentos anormais, informe imediatamente o seu médico, pois poderá ser necessáriauma mudança na posologia.

Não interrompa repentinamente o seu tratamento, exceto por ordem do seu médico.

Assegure-se que tem em seu poder comprimidos suficientes para fins-de-semana,feriados ou férias.

Se tomar mais Levodopa + Carbidopa Wynn do que deveria
Se tomar comprimidos a mais, contacte o seu médico imediatamente para que ele o(a)observe.

Caso se tenha esquecido de tomar Levodopa + Carbidopa Wynn
Tente tomar Levodopa + Carbidopa Wynn conforme receitado. No entanto, se seesquecer de tomar um comprimido, tome-o logo que se lembre.

Mas, se estiver quase na hora de tomar a dose seguinte, então não tome o comprimido emfalta. Volte a tomar os comprimidos dentro do horário previsto.

Se parar de tomar Levodopa + Carbidopa Wynn
Não interrompa o tratamento com Levodopa + Carbidopa Wynn, nem reduza a dose semfalar primeiro com o seu médico.

Os sintomas que poderão surgir incluem rigidez muscular, febre e alterações mentais.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Os efeitos secundários mais frequentes são:
– movimentos anormais (que poderão ou não parecer-se com os seus sintomas de
Parkinson);
– náuseas;
– alucinações;
– confusão;
– tonturas;
– boca seca.

Outros efeitos secundários possíveis incluem sonhos anormais ou dificuldade emadormecer, sonolência (sonolência excessiva), episódios de adormecimento súbito,alterações mentais, depressão, fraqueza, vómitos e perda de apetite, rubor, perda decabelo, desmaios, descoloração da urina, suor e/ou saliva, apetite sexual aumentado, jogocompulsivo e melanoma.

Se tiver uma reação alérgica que inclua erupções da pele, comichão, vermelhidão da pele,e inchaço da cara, dos lábios, da língua e/ou da garganta, que possa provocar dificuldadeem respirar ou engolir, contacte imediatamente o seu médico.

O seu médico ou farmacêutico têm uma lista mais completa de efeitos secundários.
Alguns deles poderão ser graves.

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários nãoindicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico.

5. Como conservar Levodopa + Carbidopa Wynn

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior,após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte aoseu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidasajudarão a proteger o ambiente.

6. Conteúdo da embalagem e outras informações

Qual a composição de Levodopa + Carbidopa Wynn

– As substâncias ativas são a carbidopa e levodopa.
Cada comprimido contém 200 mg de levodopa e 50 mg de carbidopa.
– Os outros componentes são: celulose microcristalina 101, lactose mono-hidratada, óxidode ferro vermelho (E172), óxido de ferro amarelo (E172), hipromelose, sílica coloidalanidra e estearato de magnésio.

Qual o aspeto de Levodopa + Carbidopa Wynn e conteúdo da embalagem
Comprimido com aspeto de mosaico, forma oval, biconvexos, de cor pêssego ou pêssegoclaro com ?L200? marcado num lado e linha de divisão do outro lado. Levodopa +
Carbidopa Wynn encontra-se disponível sob a forma de comprimidos de libertaçãoprolongada em embalagens blister Alu-Alu com 10,20, 30 e 60 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Wynn ? Industrial Pharma, S.A.
Rua Tierno Galvan, Torre 3, 16º Piso, Amoreiras,
1070-274 Lisboa
Portugal

Fabricantes

Accord Healthcare Limited
Ground Floor, Sage House, 319 Pinner Road, Harrow, HA1 4HF
Reino Unido

e

Wynnova Pharma Solutions, S.A.
C/ Fundidores, 91,
Pol. Ind. Los Angeles, Getafe,
28906 Madrid
Espanha

Este folheto foi revisto pela última vez em