Levofloxacina Germed Levofloxacina bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Levofloxacina Germed e para que é utilizado
2. Antes de tomar Levofloxacina Germed
3. Como tomar Levofloxacina Germed
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Levofloxacina Germed
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Levofloxacina Germed 250 mg Comprimidos revestidos por película
Levofloxacina Germed 500 mg Comprimidos revestidos por película

Levofloxacina

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É LEVOFLOXACINA GERMED E PARA QUE É UTILIZADO

A levofloxacina é um antibiótico utilizado para tratar infecções causadas por bactérias.
Pertence a um grupo de medicamentos denominados fluoroquinolonas.

Levofloxacina Germed é usada para tratar uma variedade de infecções que inclueminfecções:
– da pele e das camadas inferiores da pele (tecidos moles) como úlceras da pele.
– do tórax e pulmões (aparelho respiratório) como sinusite, pneumonia e bronquite
– da glândula próstata
– dos rins e bexiga (tracto urinário).

2. ANTES DE TOMAR LEVOFLOXACINA GERMED

Não tome Levofloxacina Germed

– se tem alergia (hipersensibilidade) à levofloxacina ou a qualquer outro componente de
Levofloxacina Germed (ver secção 6 para informação sobre os excipientes).
– Se já alguma vez teve uma reacção alérgica a outro antibiótico como a ciprofloxacinaou a norfloxacina.
– Se sofre de convulsões (epilepsia).

– Se tiver tido anteriormente inflamações ou inchaço dos tendões (tendinite).
– Se estiver grávida ou puder vir a engravidar.
– Se está a amamentar
– Se tem idade inferior a 18 anos.

Não tome este medicamento se alguma das condições acima se aplica a si. Se não tem acerteza fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Levofloxacinacomprimidos.

Tome especial cuidado com Levofloxacina Germed

Fale com o seu médico se alguma das seguintes situações se aplicar a si:

– se alguma vez teve lesões cerebrais, uma convulsão ou um ataque
– se tem problemas hepáticos ou renais
– se tem diabetes
– se você ou algum membro da sua família tem um problema de metabolismo chamadodeficiência de glucose 6?fosfato desidrogenase (G6PD)
– se tem problemas de saúde mental
– se tem problemas cardíacos
– se é idoso

Evite a exposição à luz solar forte ou a luz UV artificial (como uma lâmpada solar ou osolário).

Ao tomar Levofloxacina Germed com outros medicamentos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica, em particularse estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos:

– comprimidos de ferro ou antiácidos (para a indigestão) contendo alumínio ou magnésio.
Estes medicamentos vão reduzir os seus níveis plasmáticos de Levofloxacina.
Sucralfato (para as úlceras do esófago, do estômago ou intestinais). A eficácia da
Levofloxacina Germed pode ser reduzida quando associada com o sucralfato.
Teofilina (para a asma) ou analgésicos denominados anti-inflamatórios não esteróides
(AINE?s) como o fenbufeno. Com estes medicamentos o risco de ter convulsões podeaumentar se tomados em associação com a Levofloxacina.
– Esteróides (utilizados para a inflamação) como a prednisolona. Se tomar estesmedicamentos em associação com a Levofloxacina tem um risco aumentado de sofrerlesões dos tendões.
– Probenecida (para a gota) e cimetidina (para as úlceras). Estes medicamentos podemprovocar um aumento dos níveis de Levofloxacina no seu sangue.
Ciclosporina (medicamento para reduzir as defesas do seu organismo). Os níveis destemedicamento no sangue podem estar aumentados se estiver também a tomar
Levofloxacina.

– Medicamentos para fluidificar o seu sangue, como a varfarina. Tomar estesmedicamentos em associação com a Levofloxacina pode aumentar o tempo que o seusangue demora a coagular.
Insulina ou comprimidos para baixar os níveis de glucose no sangue como por ex. aglibenclamida, pois os comprimidos de Levofloxacina podem fazer com que os seusníveis de açúcar no sangue baixem ainda mais.
– Medicamentos utilizados para corrigir os batimentos cardíacos irregulares como aquinidina, procainamida, disopiramida, amiodarona, bretílio e ibutilida.
– Medicamentos para o tratamento da depressão como a amitriptilina, doxepina eimipramina.
– Medicamentos para tratar infecções causadas por bactérias como a azitromicina,claritromicina, diritromicina e eritromicina.
– Analgésicos muito potentes como a codeína, morfina e diamorfina.

Ao tomar Levofloxacina Germed com alimentos e bebidas
Levofloxacina Germed pode ser tomada com ou sem alimentos.

Gravidez e aleitamento
Não tome Levofloxacina Germed se está grávida ou a planear engravidar ou se está aamamentar ou a planear amamentar. Se ficar grávida enquanto estiver a tomar
Levofloxacina Germed deixe de tomar os comprimidos e contacte de imediato o seumédico.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Levofloxacina Germed pode fazê-lo sentir sonolência, tonturas, ou causar-lheperturbações visuais. Não conduza ou utilize máquinas até saber a maneira como estemedicamento o afecta.

3. COMO TOMAR LEVOFLOXACINA GERMED

Tomar Levofloxacina Germed sempre de acordo com as indicações do médico. Fale como seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Adultos: A dose depende da infecção que tiver. A dose habitual é de 250 mg a 500 mguma vez por dia. Algumas vezes o seu médico pode necessitar de aumentar a dose para
500 mg duas vezes ao dia.

O seu médico vai prescrever-lhe o tratamento adequado para si. Habitualmente deverátomar Levofloxacina Germed durante 7 a 14 dias, mas para algumas infecções, poderánecessitar de tomar os comprimidos durante 28 dias. Deverá tomar sempre todos oscomprimidos que lhe foram receitados.

Modo e via de administração: Engula os comprimidos inteiros com um copo de água. Oscomprimidos podem ser tomados com ou sem alimentos. Se estiver a tomar tambémcomprimidos de ferro, antiácidos ou sucralfato, é importante tomar estes medicamentos 2horas antes ou depois da Levofloxacina Germed.

Adultos com problemas renais: se tem problemas renais o seu médico prescrever-lhe-áuma dose mais baixa.

Crianças e adolescentes: Não tome este medicamento se tiver menos de 18 anos de idade.

Se tomar mais Levofloxacina Germed do que deveria
Pode sentir-se tonto e confuso, pode ter uma convulsão ou ataque, o ritmo do seu coraçãopode tornar-se mais rápido e pode mesmo desmaiar.

Se tomar mais comprimidos do que deveria contacte de imediato o seu médico ou dirija-
se ao hospital mais próximo. Leve consigo este folheto informativo e os comprimidos oua embalagem para mostrar ao médico.

Caso se tenha esquecido de tomar Levofloxacina Germed
Se se esquecer de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar, a não ser que esteja jáno momento de tomar a dose seguinte. Não tome uma dose a dobrar para compensar adose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Levofloxacina Germed
O seu médico irá informá-lo sobre durante quanto tempo deverá tomar os seuscomprimidos. Não pare subitamente de tomar os comprimidos sem falar primeiro com oseu médico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSIVEIS

Como todos os medicamentos, Levofloxacina Germed pode causar efeitos secundários,no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os efeitos secundários seguintes podem ocorrer durante o tratamento com Levofloxacina
Germed.
Reacções alérgicas graves podem ocorrer muito raramente. Estas podem ocorrer após aadministração da primeira ou mesmo após se ter parado o tratamento.

Se ocorrer algum destes efeitos secundários enquanto está a tomar o medicamento, parede imediato de tomar os seus comprimidos e contacte com o seu médico ou dirija-se aohospital mais próximo.

Os sinais de uma reacção alérgica são:
– aumento dos batimentos cardíacos, redução da pressão arterial, febre, dificuldadesrespiratórias e choque.
– Inchaço da face, língua e garganta, reacções cutâneas como inchaço e vermelhidão,problemas sanguíneos, úlceras na boca, olhos, intestinos e órgãos genitais.
– Em alguns doentes podem surgir problemas hepáticos graves, sinais de problemashepáticos incluem amarelecimento da pele, urina escura, sensibilidade gástrica e perda deapetite.

Outros efeitos secundários incluem:

Efeitos secundários frequentes (afectam menos de 1 em 10 doentes)
Os efeitos secundários mais frequentes são sensação de enjoo e diarreia. Se a diarreia forpersistente e não desaparecer dentro de pouco tempo, ou se aparecer sangue nas fezesdeixe de tomar os comprimidos e contacte de imediato com o seu médico.

Efeitos secundários pouco frequentes (afectam menos de 1 em 100 doentes) tonturas,sensação de picadas, cansaço ou sonolência, cefaleias, dificuldade em dormir, perda deapetite, sensação de nervosismo, enjoos, dores de estômago, flatulência, indigestão eobstipação.
Sensação de fraqueza.
Comichão ou exantema e aumento de infecções causadas por fungos.
Redução do número de células do sangue e alterações hepáticas levando àpalidez/amarelecimento da pele.

Efeitos secundários raros (afectam menos de 1 em 1.000 doentes)
Batimentos cardíacos muito rápidos, abaixamento da pressão arterial.
Problemas sanguíneos quando o número dos diferentes tipos de células do sangue podedecrescerem, levando ao aparecimento não habitual de nódoas negras ou de hemorragiasda pele.
Formigueiro das mãos e dos pés.
Tremores, ansiedade, depressão, delírios, alterações de humor, sensação de agitação ouconfusão.
Convulsões ou ataques.
Dificuldades respiratórias,
Diarreia com sangue.
Dores nos músculos e articulações, desconforto ou inchaço nos tendões.
Exantemas cutâneos graves.

Efeitos secundários muito raros (afectam menos de 1 em 10.000 doentes)
Perda de glóbulos brancos que pode causar febre, arrepios e ulceração da boca e dagarganta.
Problemas com a audição ou perda de audição, problemas com ou perda de gosto eolfacto.
Alterações sensoriais, sensação de picadas de agulhas, entorpecimento dos braços epernas.

Alucinações e pensamentos suicidas
Insuficiência renal, problemas hepáticos como hepatite.
Ruptura dos tendões (por ex. tendão de Aquiles), fraqueza muscular.
Abaixamento dos níveis de açúcar no sangue particularmente em doentes diabéticos.
Sensibilidade à luz, visão turva, dupla ou colorida.
Inchaço dos lábios, língua e olhos.
Inchaço dos pulmões causando tosse e dificuldade em respirar.
Reacções alérgicas graves, envolvendo aumento do ritmo cardíaco, abaixamento dapressão arterial, dificuldade respiratória e choque.

É também possível que a Levofloxacina possa causar: alterações do ritmo cardíaco,anemia ou falta de glóbulos vermelhos do sangue, problemas cutâneos graves, perdamuscular, alterações dos movimentos, dor, incluindo dores nas costas, braços e pernas,ruídos ou zumbidos nos ouvidos. Pode ainda desencadear um ataque de porfíria emdoentes que têm predisposição para esta situação.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR LEVOFLOXACINA GERMED

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Levofloxacina Germed após o prazo de validade impresso na embalagemexterior. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de LEVOFLOXACINA Germed

A substância activa é a levofloxacina.
Cada comprimido revestido por película contém 250 mg/ 500 mg de levofloxacina (comolevofloxacina hemi-hidratada).

Os outros componentes são:
Núcleo: Hipromelose 6 cps, celulose microcristalina 102, fumarato sódico de estearilo ecrospovidona (Tipo A).

Revestimento: Hipromelose 6 cps, dióxido de titânio (E 171), talco, macrogol 8000,
óxido de ferro vermelho (E 172) e óxido de ferro amarelo (E 172).

Qual o aspecto de LEVOFLOXACINA Germed e conteúdo da embalagem

Os comprimidos revestidos por película são cor-de-rosa, em forma de cápsula, comranhura em ambos os lados.

Os comprimidos revestidos por película a 500 mg encontram-se acondicionados emblisters de PVC/Alu contendo 1, 5, 7, 10, 50, 200 e 500 comprimidos.

Os comprimidos revestidos por película a 250 mg encontram-se acondicionados emblisters de PVC/Alu contendo 1, 3, 5, 7, 10, 50 e 200 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Germed Farmacêutica, Lda.
Rua Alto do Montijo, nº 13, 1º Dto.,
2790-012 Portela de Carnaxide
Portugal

Fabricante

Farmaprojects, S.A.
Santa Eulàlia, 240-242; 08902 L?Hospitalet de Llobregat,
Barcelona
Espanha

Este folheto foi aprovado pela última vez em