Paracetamol Labesfal Paracetamol bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Paracetamol Labesfal e para que é utilizado.
2. Antes de tomar Paracetamol Labesfal.
3. Como tomar Paracetamol Labesfal.
4. Efeitos secundários possíveis.
5. Como conservar Paracetamol Labesfal.
6. Outras informações.


FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o utilizador

Paracetamol Labesfal 1000 mg Comprimidos

Paracetamol

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É PARACETAMOL LABESFAL E PARA QUE É UTILIZADO

Paracetamol Labesfal é utilizado no tratamento de situações clínicas que requerem umanalgésico (utilizado para eliminar ou aliviar a dor) e/ou um antipirético (utilizado parabaixar a febre).

Grupo farmacoterapêutico:
2.10. Analgésicos e antipiréticos.

2. ANTES DE TOMAR PARACETAMOL LABESFAL

Antes de tomar Paracetamol Labesfal é importante que leia esta secção e esclareçaquaisquer dúvidas que possa ter com o seu médico.

Não tome PARACETAMOL LABESFAL
Este medicamento está contra-indicado nas seguintes situações:
– se tem alergia ao paracetamol ou a qualquer outro de Paracetamol Labesfal
– se tem alguma doença do fígado.
Tome especial cuidado com Paracetamol Labesfal
– se tem insuficiência renal ou do fígado
– se tem doença de Gilbert (doença metabólica hereditária rara)
– se tem febre há mais de 3 dias, febre alta (superior a 39ºC) ou febre recorrente

– se está a tomar outros medicamentos contendo paracetamol.

Se alguma destas situações se aplicar a si fale com o seu médico antes de tomar
Paracetamol Labesfal.

Ao tomar Paracetamol Labesfal com outros medicamentos
Confirme com o seu médico se está a tomar algum dos seguintes medicamentos:
– sedativos
– antiepilépticos (utilizados para a epilepsia)
anticoagulantes orais (utilizados para tornar o sangue mais fluido)
rifampicina (utilizado para o tratamento da tuberculose)
cloranfenicol (antibiótico)
colestiramina (utilizado para controlar o colesterol). Tome Paracetamol Labesfal 1 horaantes ou 4 horas depois de tomar colestiramina
zidovudina (utilizado no tratamento de doenças virais)
– medicamentos que atrasam ou aceleram o esvaziamento gástrico, tais comopropantelina, metoclopramida ou domperidona.

A toma destes medicamentos com Paracetamol Labesfal pode aumentar a ocorrência deefeitos secundários ou alterar o efeito terapêutico do paracetamol ou dos medicamentosreferidos.

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Ao tomar Paracetamol Labesfal com alimentos e bebidas
A toma de Paracetamol Labesfal a seguir às refeições atrasa o início da acção destemedicamento.

Gravidez
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Não deve tomar Paracetamol Labesfal durante a gravidez sem falar primeiro com o seumédico.

Aleitamento
Pode tomar Paracetamol Labesfal durante o aleitamento.

Paracetamol Labesfal é excretado no leite materno mas em quantidades insignificantespara o bebé que está a amamentar

Condução de veículos e utilização de máquinas
Paracetamol Labesfal pode provocar sonolência ligeira e vertigens.

No entanto, não se espera que estes efeitos afectem a capacidade de conduzir veículos oude utilizar máquinas.

3. COMO TOMAR PARACETAMOL LABESFAL

Tome sempre Paracetamol Labesfal de acordo com as indicações do seu médico. Falecom o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Engula os comprimidos inteiros ou desfeitos num copo de água.

Adultos
A dose habitual é de 1 comprimido, 2 a 4 vezes por dia, com intervalos mínimos de 4horas.

A dose máxima é de 4 comprimidos, por dia.

Fale com o seu médico ou farmacêutico se achar que Paracetamol Labesfal é demasiadoforte ou demasiado fraco.

Crianças
O uso de Paracetamol Labesfal 1000 mg comprimidos não é recomendado em crianças.

Duração do tratamento
O seu médico indicar-lhe-á a duração do tratamento.

Não tome Paracetamol Labesfal por mais de 10 dias, salvo indicação em contrário do seumédico.

Se tomar mais Paracetamol Labesfal do que deveria
Contacte imediatamente o serviço de urgência do hospital mais próximo se tomou,acidentalmente, demasiados comprimidos ou se outra pessoa ou criança tomou o seumedicamento. Leve consigo a embalagem de Paracetamol Labesfal.

Em caso de sobredosagem podem ocorrer os seguintes sintomas:
– náuseas
vómitos
transpiração
– sonolência
– mal estar
– dores fortes no abdómen.

Caso se tenha esquecido de tomar Paracetamol Labesfal
Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Se se esquecer de tomar uma dose tome-a assim que se lembrar e depois continue a tomaro seu medicamento como habitualmente. No entanto, se estiver quase na hora da próximadose não tome a dose em falta e siga os horários normais a partir daí.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Paracetamol Labesfal pode causar efeitos secundários, noentanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Em casos muito raros este medicamento pode provocar uma reacção alérgica grave quese caracteriza por:
– inchaço localizado
– espasmos musculares no tracto respiratório
– dificuldades respiratórias
transpiração
– náuseas
– descida da pressão arterial.
Se sentir algum destes sintomas, pare de tomar Paracetamol Labesfal e recorra à urgênciado hospital mais próximo.

Efeitos secundários frequentes (entre 1 e 10 em cada 100 pessoas tratadas):
– sonolência ligeira
– náuseas
vómitos.

Efeitos secundários pouco frequentes (entre 1 e 10 em cada 1.000 pessoas tratadas):
vertigens
– sonolência
– nervosismo
– sensação de ardor na faringe
diarreia
– dor abdominal
obstipação
dores de cabeça
transpiração
hipotermia (descida da temperatura do corpo abaixo dos 36ºC).

Efeitos secundários raros (entre 1 e 10 em cada 10.000 pessoas tratadas):
– vermelhidão da pele.

Efeitos secundários muito raros (menos do que 1 em cada 10.000 pessoas tratadas):
– perturbações da formação do sangue (trombocitopenia, leucopenia, casos isolados deagranulocitose, pancitopenia)
– broncoespasmo (asma analgésica).

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR PARACETAMOL LABESFAL

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Conservar a temperatura inferior a 25ºC.

Conservar na embalagem de origem para proteger da luz.

Não utilize Paracetamol Labesfal após o prazo de validade impresso na embalagem. O
Prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Paracetamol Labesfal
A substância activa deste medicamento é o paracetamol. Cada comprimido de
Paracetamol Labesfal contém 1000 mg de paracetamol.

Os outros componentes são: amido pré-gelatinizado, povidona e ácido esteárico.
Qual o aspecto de Paracetamol Labesfal e conteúdo da embalagem
Paracetamol Labesfal apresenta-se na forma de comprimidos estando disponível emembalagens de 9, 18, 20, 27, 36 ou 60 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Labesfal – Laboratórios Almiro, S.A.
Zona Industrial do Lagedo
3465-157 Santiago de Besteiros

Fabricante

Generis Farmacêutica, S.A.
Rua João de Deus, nº 19
Venda Nova
2700-487 Amadora

Este folheto informativo foi aprovado pela última vez em