Sidretella Drospirenona + Etinilestradiol bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Sidretella e para que é utilizado
2. Antes de tomar Sidretella
3. Como tomar Sidretella
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Sidretella
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Sidretella 3 mg + 0,02 mg Comprimido revestido por película

Drospirenona + Etinilestradiol

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros. Pode ser-lhesprejudicial.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É SIDRETELLA E PARA QUE É UTILIZADO

Sidretella é um contraceptivo e é utilizado para evitar a gravidez.

Cada comprimido activo contém uma pequena quantidade de duas hormonas femininasdiferentes, denominadas etinilestradiol e drospirenona.

2. ANTES DE TOMAR SIDRETELLA

Informações gerais

Antes de tomar Sidretella, o seu médico irá efectuar-lhe várias perguntas sobre a suahistória médica pessoal e familiar. O médico irá também medir a sua tensão arterial e,dependendo do seu estado de saúde actual, poderá realizar outros testes.

Este folheto informativo descreve várias situações em que deve parar de utilizar
Sidretella ou em que os efeitos de Sidretella podem ser reduzidos.
Nessas situações deve abster-se de ter relações sexuais ou deve utilizar contraceptivosnão hormonais adicionais, por exemplo, um preservativo ou outro método de barreira.
Não utilize os métodos do ritmo ou da temperatura. Estes métodos podem não ser fiáveis,pois Sidretella provoca alterações mensais da temperatura corporal e do muco cervical.

Sidretella, tal como os outros contraceptivos hormonais, não oferece protecção contra o
VIH (SIDA) ou contra quaisquer outras doenças sexualmente transmissíveis.
Embora esteja a receber esta medicação, deve consultar o seu médico regularmente, pelomenos, semestral ou anualmente.
Se tiver quaisquer sintomas não habituais, tal como dor não explicada no peito, abdómenou pernas, tem de consultar imediatamente o seu médico.

Não tome Sidretella

se tem (ou teve) coágulos sanguíneos (trombose) num vaso sanguíneo da perna, pulmões
(embolismo) ou noutros órgãos. se tem (ou tiver tido) um ataque cardíaco ou um AVC.se tem (ou teve) qualquer doença que possa conduzir a um ataque cardíaco (por exemplo,angina de peito, que causa dores agudas no peito) ou um AVC (por exemplo, um AVCligeiro ou temporário sem efeitos residuais). se tem qualquer doença que possa aumentar o risco de desenvolver trombose arterial. Istorefere-se às seguintes doenças:diabetes com vasos sanguíneos danificadostensão arterial muito elevadaníveis muito elevados de gordura no sangue (colesterol ou triglicéridos). se tem uma perturbação da coagulação do sangue (por exemplo, deficiência de proteína
C).se tem (teve) uma determinada forma de enxaqueca (com os denominados sintomasneurológico focais).se tem (ou teve) inflamação no pâncreas (pancreatite).se tem ou teve uma doença no fígado e as suas funções hepáticas ainda não estiveremnormalizadas.se os seus rins não funcionarem bem (insuficiência renal).se tem ou teve um tumor do fígado.se tem (ou teve), ou suspeita que tem cancro da mama ou cancro dos órgãos sexuais.se tem hemorragia vaginal de causa desconhecida.se for alérgica ao etinilestradiol ou drospirenona, ou a qualquer componente de Sidretella.
Esta situação pode causar prurido, erupção cutânea ou inflamação.

Tome especial cuidado com Sidretella

Em algumas situações terá de ter especial cuidado ao tomar Sidretella ou qualquer outrocontraceptivo hormonal combinado e o seu médico poderá ter de efectuar controlosregulares. Se for afectado por qualquer uma das seguintes situações, informe o seumédico antes de tomar Sidretella. Deve também consultar o seu médico se as seguintessituações ocorrerem ou se agravarem durante a sua utilização de Sidretella:

se algum familiar próximo tem ou teve cancro da mamase tem qualquer doença do fígado ou da vesícula biliarse tem diabetesse tem depressão

se tem doença de Crohn ou colite ulcerosa (uma doença intestinal inflamatória)se tem síndroma urémico hemolítico (uma doença do sangue que danifica os rins)se tem drepanocitose (uma doença hereditária que afecta os glóbulos vermelhos)se tem epilepsia (consulte "Tomar com outros medicamentos")se tem LES (lúpus eritematoso sistémico; uma doença que afecta o sistema imunitário)se tem uma doença que tenha surgido, pela primeira vez, durante a gravidez ou duranteuma utilização anterior de hormonas sexuais; por exemplo, perda de audição, porfíria
(uma doença do sangue), herpes gestacional (erupção cutânea com borbulhas durante agravidez), coreia de Sydenham (uma doença que afecta os nervos, produzindomovimentos involuntários)se tem ou teve cloasma (manchas de descoloração cutânea castanhas-claras/castanhas,também denominadas "máscara da gravidez", especialmente na face). Se tiver estadoença tem de evitar a exposição directa à luz solar e aos raios ultravioleta.

Se tem angioedema hereditário, os produtos com estrogénio podem causar ou agravar ossintomas de angioedema. Deve consultar o seu médico imediatamente se tiver sintomasde angioedema, como inchaço da face, língua e/ou faringe, e/ou se tiver dificuldade nadeglutição ou se surgir uma urticária juntamente com dificuldade respiratória.

Cirurgia, longos períodos de imobilização ou acidentes graves durante o tratamento com
Sidretella.

É importante informar o seu médico antecipadamente de que está a tomar Sidretella, poiso seu risco de trombose venosa é acrescido nestas circunstâncias e pode ter de parar otratamento.

O seu médico irá dizer-lhe quando deve começar a tomar Sidretella novamente. Istoacontece normalmente duas semanas depois de recuperar.

Sidretella e trombose

Trombose venosa

A utilização de qualquer contraceptivo combinado, incluindo Sidretella, aumenta o riscode desenvolvimento de trombose venosa (formação de coágulos nos vasos sanguíneos),em comparação com as mulheres que não tomam qualquer contraceptivo.

O risco de desenvolver trombose venosa quando toma contraceptivos combinadosaumenta:

com a idadese tem excesso de pesose algum familiar próximo teve coágulos sanguíneos (trombose) na perna, pulmão ounoutro órgão em idade precocese vai ser submetida a uma intervenção cirúrgica, ou se vai ficar imobilizada durante umperíodo prolongado, ou se tiver sofrido um acidente (para saber o que fazer, consulte a

secção ?Cirurgia, longos períodos de imobilização ou acidentes graves durante otratamento com Sidretella? acima).

Trombose arterial
A utilização de contraceptivos combinados foi relacionada com um risco aumentado dedesenvolvimento de trombose arterial (obstrução de uma artéria), por exemplo, nos vasossanguíneos do coração (ataque cardíaco) ou no cérebro (AVC).

O risco de desenvolver trombose arterial quando toma contraceptivos combinadosaumenta:

se fumar. Se utilizar Sidretella, recomenda-se fortemente que deixe de fumar,principalmente se tiver mais de 35 anos.se tem níveis elevados de gordura no sangue (colesterol ou triglicéridos)se tem excesso de pesose teve ou se alguém na sua família teve um ataque cardíaco ou um AVC numa idadeprecocese tem tensão arterial elevadase tem enxaquecasse tem problemas cardíacos (perturbações nas válvulas, alterações no ritmo cardíaco).

Deve parar de utilizar Sidretella e consultar imediatamente o seu médico se tiverpossíveis sinais de trombose (consulte o parágrafo ?Pare o tratamento se? na Secção 3).

Sidretella e cancro

As mulheres que tomam contraceptivos combinados têm uma taxa ligeiramente maiselevada de cancro da mama, mas não se sabe se tal se deve à medicação. Por exemplo, épossível que sejam detectados mais tumores em mulheres que tomam contraceptivosporque são examinadas pelos seus médicos com mais frequência. A taxa de cancro damama é gradualmente reduzida depois de parar de tomar os contraceptivos hormonaiscombinados.

É importante examinar com regularidade os seus seios e ir ao médico se encontrarqualquer caroço.

Raramente, foram detectados tumores benignos do fígado de mulheres que utilizamcontraceptivos combinados, sendo os tumores malignos ainda mais raros. Vá ao médicose tiver dores abdominais intensas súbitas.

Tomar Sidretella com outros medicamentos

Informe sempre o médico que lhe receitou Sidretella sobre a medicação ou preparaçõesde ervanária que estiver a tomar. Informe também qualquer outro médico ou dentista quelhe tenha receitado outro medicamento (ou o seu farmacêutico) que está a tomar

Sidretella. Podem dizer-lhe que tem de usar contraceptivos adicionais (preservativos, porexemplo) e, se o fizerem, irão dizer-lhe durante quanto tempo terá de o fazer

Alguns medicamentos podem fazer com que Sidretella perca os seus efeitoscontraceptivos, ou provoque hemorragias inesperadas.
Isto aplica-se a medicamentos utilizados para tratar a epilepsia (primidona, fenitoína,barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina) e a tuberculose (por exemplo, rifampicina),
VIH (ritonavir), outras doenças infecciosas (griseofulvina, ampicilina, tetraciclinas) ehipericão (Erva de S. João).
Se desejar utilizar preparações de ervanária que contenham Erva de S. João enquantoestiver a tomar Sidretella, deve consultar previamente o seu médico.
Sidretella pode afectar outros medicamentos, por exemplo, os que contêm ciclosporina ouo medicamento anticonvulsivo lamotrigina (pode aumentar a frequência das convulsões).

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo os medicamentos obtidos sem receita médica.

Tomar Sidretella com alimentos e bebidas
Tome um comprimido de Sidretella todos os dias, com água se necessário. Pode tomar oscomprimidos com ou sem alimentos, mas deve tomá-los aproximadamente à mesma horatodos os dias.

Testes clínicos
Se necessitar de efectuar análises ao sangue, informe o médico ou os técnicos dolaboratório de que está a tomar um contraceptivo, pois os contraceptivos orais podemafectar os resultados de algumas análises.

Gravidez
Se está grávida não deve tomar Sidretella. Se engravidar enquanto estiver a tomar
Sidretella, deve parar imediatamente e consultar o seu médico.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Aleitamento
Normalmente, não é aconselhável tomar Sidretella quando estiver a amamentar. Sedesejar utilizar um contraceptivo enquanto está a amamentar, deve consultar o seumédico.
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não existe qualquer informação que sugira que a utilização de Sidretella tenha efeitossobre a capacidade de conduzir ou utilizar máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Sidretella
Sidretella contém lactose.

Se o seu médico o tiver informado de que tem intolerância a alguns açúcares, contacte oseu médico antes de começar a tomar este medicamento.

3. COMO TOMAR SIDRETELLA

Tome um comprimido de Sidretella todos os dias, com água se necessário. Pode tomar oscomprimidos com ou sem alimentos, mas deve tomá-los aproximadamente à mesma horatodos os dias.

Uma embalagem (blister) contém 21 comprimidos. O dia da semana em que deve tomar ocomprimido está impresso ao lado de cada comprimido. Se, por exemplo, começar naquarta-feira, deve tomar um comprimido com "QUA" escrito ao lado. Siga a seta daembalagem até ter usado os 21 comprimidos.

Depois, não deve tomar qualquer comprimido durante 7 dias. Durante estes 7 dias em quenão toma qualquer comprimido (denominado intervalo sem medicamento), deverámenstruar. A menstruação, que também pode ser denominada hemorragia de privação,começa, normalmente no 2º ou 3º dia do intervalo sem medicamento.

No oitavo dia depois de tomar o último comprimido de Sidretella (ou seja, depois dointervalo de 7 dias sem medicamento), comece a embalagem seguinte, mesmo que amenstruação não tenha parado. Isto significa que deve começar a tomar a embalagemseguinte no mesmo dia em que começou a tomar na semana anterior e a menstruaçãodeve ocorrer nos mesmos dias todos os meses.

Se utilizar Sidretella conforme descrito, também está protegida de uma gravidez duranteos 7 dias em que não toma qualquer comprimido.

Quando posso começar a tomar a primeira embalagem?

Se não tomou qualquer contraceptivo hormonal no mês anterior.
Comece a tomar Sidretella no primeiro dia do seu ciclo (ou seja, no primeiro dia da suamenstruação). Se começar a tomar Sidretella no primeiro dia da sua menstruação, ficaráimediatamente protegida contra uma gravidez. Pode também começar a partir do segundoao quinto dia do seu ciclo, mas deverá utilizar contraceptivos adicionais (por exemplo,um preservativo) nos primeiros 7 dias.

Quando muda de outro contraceptivo hormonal combinado, anel vaginal contraceptivocombinado ou de um sistema transdérmico.
Pode começar a tomar Sidretella no dia seguinte ao intervalo sem medicamento do seucontraceptivo anterior (ou depois de tomar o último comprimido inactivo). Quando mudade um anel vaginal contraceptivo combinado ou de um sistema transdérmico, siga asrecomendações do seu médico.

Quando muda de um método exclusivamente à base de progestagénio (pílula apenas comprogestagénio, injecção, implante ou um dispositivo intra-uterino (DIU) comprogestagénio).
Pode mudar da pílula apenas com progestagénio em qualquer dia (se tinha um implanteou um DIU, utilize o novo comprimido no dia em que é retirado; se utilizava injecções,utilize o novo comprimido no dia em que fosse altura da injecção seguinte), mas, emtodos os casos, recomenda-se a utilização de protecção adicional (por exemplo, umpreservativo) nos primeiros 7 dias em que tomar os comprimidos.
Após um aborto.
Siga as recomendações do seu médico.

Após um parto.
Pode começar a tomar Sidretella entre 21 e 28 dias após o parto. Se começar mais tarde,deve utilizar um contraceptivo de barreira (por exemplo, um preservativo) nos primeiros
7 dias em que tomar Sidretella.
Se, após o parto, já tiver tido relações sexuais antes de começar a tomar Sidretella
(novamente), tem de se certificar de que não está grávida ou aguardar a menstruaçãoseguinte.

Consulte o seu médico se não tiver a certeza sobre quando começar.

Se estiver a amamentar e quiser começar a tomar Sidretella (novamente) após o parto,leia a secção "Aleitamento".

Se tomar mais Sidretella do que deveria

Não há evidência de que a sobredosagem de etinilestradiol/drospirenona cause danosgraves.

No entanto, pode ocorrer enjoo e vómito se tomar muitos comprimidos de uma vez. Asadolescentes podem ter hemorragia vaginal.

Se tiver tomado demasiados comprimidos de Sidretella, ou se verificar que uma criançaos tomou, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Caso se tenha esquecido de tomar Sidretella

Se estiver atrasada menos de 12 horas na toma de um comprimido, a protecção dagravidez não está reduzida. Tome o comprimido assim que se lembrar e os comprimidosseguintes à hora habitual.
Se estiver atrasada mais de 12 horas na toma de um comprimido, a protecção da gravidezpode estar reduzida. Quantos mais comprimidos se tiver esquecido de tomar, maiselevado é o risco de redução do efeito contraceptivo.
O risco de protecção reduzida da gravidez é mais elevado se se esquecer de tomar ocomprimido no início ou fim da semana 3 – 3ª fila da embalagem. Assim, deverá adoptaras seguintes medidas (consulte também o diagrama abaixo):

Esquecer-se de tomar mais do que um comprimido de uma embalagem
Consulte o seu médico.

Esquecer-se de tomar um comprimido na semana 1
Tome o comprimido que se esqueceu de tomar assim que se lembrar, mesmo que issosignifique que tem de tomar dois comprimidos ao mesmo tempo. Continue a tomar oscomprimidos seguintes à hora habitual e tome precauções adicionais, por exemplo, umpreservativo, nos 7 dias seguintes. Se teve relações sexuais na semana anterior a se teresquecido de tomar o comprimido, existe o risco de estar grávida. Neste caso, consulte oseu médico.

Esquecer-se de tomar um comprimido na semana 2
Tome o comprimido que se esqueceu de tomar assim que se lembrar, mesmo que issosignifique que tem de tomar dois comprimidos ao mesmo tempo. Continue a tomar oscomprimidos seguintes à hora habitual. O efeito contraceptivo não será reduzido e nãoterá de tomar precauções adicionais.

Esquecer-se de tomar um comprimido na semana 3
Pode escolher uma de duas possibilidades:

Tome o comprimido que se esqueceu de tomar assim que se lembrar, mesmo que issosignifique que tem de tomar dois comprimidos ao mesmo tempo. Continue a tomar oscomprimidos seguintes à hora habitual. Em vez de fazer uma semana sem medicamento,comece a tomar a embalagem seguinte.

Irá, provavelmente, ter uma menstruação (hemorragia de privação) no final da segundaembalagem, mas também pode ter spotting ou hemorragia quando estiver a tomar asegunda embalagem.

Também pode parar de tomar os comprimidos. Deve iniciar um intervalo semcomprimidos de 7 dias (tomando nota do dia em que se esqueceu de tomar ocomprimido). Se quiser iniciar uma nova embalagem na sua data de início fixa, ointervalo sem medicamento deve ser inferior a 7 dias.

Se seguir uma destas duas recomendações, estará protegida contra uma gravidez.

Se se esqueceu de tomar um comprimido e não tiver uma menstruação durante o intervalosem medicamento, isto pode significar que está grávida. Neste caso, deve consultar o seumédico antes de continuar com a segunda embalagem.

O
E l
s vi
l do
quec de va
er ma riiro
i
s s
d
so
co
c
qu mp
e
r
mp i
r mi
i
d
mi o
d s del
e
um
P
C ida
ion con
sulte s
ejo
o s a s
e
u
u
u mém
dié
mc d
éo i.co
i
comprimido de
mism
mi
o
sm bl
b is
i t
s e
t r
uma embalagem

Sim
En l
En a
l
a
Na
¿
T M
¿e an
ve rtu
t
elvo
aç r
õe
r l
e a
ls ci
s one
exu s s
ais e
nxu
ea al
s es
em l
a a
ln se
a man
anteria
o a
ar n
? t
n e
t ri
r o
i r?
r
seman
ma a
na 1
a
No
Não
— To
T m
o e
m el
e co
o comp
m ri
r m
i i
mido
ido olv
qu ida
ie s do
e esqueceu de tomar

– Ut
U itlisic
i
e e
c un
u m
um é
t
é o
t d
mét o
d d
o e
do b
e arre
a
de
ra
(p
ra
barr re
ei s
rer e
sa rva
rv
(ctitv
i
o o
nt )
or d
)a u
c ra
u
e n
ra
pt t
ive
to
e)
lo
l s 7 d
odur í
s 7 d as
í
ante
as s
oi
s g
s u
g 7i
u en
i
di t
en e
t
ass
seguintes
— Y f
Y
T i
ena
irmlic
in e
lice el b
l lis
a em ter
balagem
O
E lvi
l
s do
que de
cer 1 sól
ap
o
en
o
as
co
c mpr
mp i
r mi
i
um co d
mi o
d
En l
En a
l
a

– Tom
To e e
me l
l com
o co p
m r
p i
r m
i ido
i
mid ol
o q vid
ue a
sd
aeo

oey

mprimido
Na
squeceu de tomar e
(t
( om
t
a
om do m
a
ado
á
do m
m s
a de
sis d
semana 2
a

– F
T in
i
er al
nm ic
aline
ic el
e
bl
el
i
bl s
i t
e a emb e
tar
de
e
e
semana 2
lagem
12
12 hora
r s t
s a
t r
de d
r e)
pois)
— To
T m
o e
m el
e co
o comp
m ri
r m
i i
mido
ido olv
qu ida
ie s do
e y
esqueceu de tomar e
— Fin
FTeal
r ice
min el
e blist
s
a em e
tb r
alagem

– En
E
E lug
m v a
e r
az de
r de la
fa se
zerm
e ana
um de
inte des
rvaloca
s ns
e o c
m c o
o m
o i
mp en
iri ce
mi de
do

s de
fo
f r
o m
r a
7 di se
as, guid
co a
m c
aec o
e n
o el
a t sig
om u
ar ie
u ant
e
nt bl
emb ist
al e
ist
a r
gem seguinte
o
En l
En a
l
a
ou
Na
seman
sema a 3
a
na
– Pare de tomar os comprimidos desta embalagem
– Pa
P re
r de to
t ma
m r lo
r
s compri
r m
i ido
i
s del bliste
t r
e
r
imediatamente
in
i m
n edi
e a
di t
a am
t
en
am
t
en e
t
– Inicie um intervalo sem comprimidos de 7 dias (não
– Ini
I c
ni i
c e la
i
se
e la
m
se a
m na
n de
d de
d sc
s ans
c
o
ans
o (n
( o m
o
ás de
á
7 d
s de
í
7 d as
í
,
as
mais do que 7 dias, incluindo o dia em que se esqueceu
inclu
l yen
y
do el c
l om
o pr
p i
r mi
m do
i
olvi
l dado)
de tomar o medicamento)

– D
Desp
epou
i é
us, s
c,
s con
ontin ti
tu núe
e c con
om a el
e s
m igu
i
bala ient
ge e
ient
m b
s liste
t
egui r
e
nte

O que devo fazer no caso de vómito ou diarreia intensa?

Se vomitar 3-4 horas depois de tomar um comprimido ou se tiver diarreia intensa, existeo risco de as substâncias activas não terem sido totalmente absorvidas pelo organismo.
Esta situação é semelhante ao que acontece quando se esquece de tomar um comprimido.
Depois de vomitar ou da diarreia, tem de tomar um comprimido de uma embalagem dereserva o mais depressa possível. Se possível, tome-o dentro das 12 horas do horário emque costuma tomar o comprimido. Se tal não for possível, ou se tiverem passado mais de
12 horas, siga os conselhos da secção "Caso se tenha esquecido de tomar Sidretella ".

Hemorragias entre menstruações

Durante os primeiros meses de utilização de Sidretella, pode ter uma hemorragiainesperada (hemorragia fora do intervalo sem medicamento). Se tiver essa hemorragiadurante mais de alguns meses, ou se iniciar após alguns meses, o seu médico tem dedescobrir a causa.

O que devo fazer se não tiver uma menstruação durante o intervalo sem medicamento?

Se tiver tomado todos os comprimidos correctamente, se não vomitou, nem teve diarreiaintensa e se não tomou qualquer outra medicação, é muito pouco provável que estejagrávida.

Se não tiver duas menstruações consecutivas, pode estar grávida. Consulte o seu médicoimediatamente. Não comece a tomar a embalagem seguinte antes de se certificar de quenão está grávida.

Atrasar a minha menstruação: o que devo saber?
Embora não seja recomendado, pode atrasar a sua menstruação (hemorragia de privação)até ao final de uma nova embalagem se continuar a tomar uma segunda embalagem de
Sidretella em vez do intervalo sem medicamento. Pode ter spotting (gotas de sangue oumanchas) ou hemorragia quando tomar a segunda embalagem. Depois do intervalo semmedicamento de 7 dias, continue com a segunda embalagem.

Deve consultar o seu médico antes de decidir atrasar a sua menstruação.

Alterar o primeiro dia da minha menstruação: o que devo saber?

Se tomar os comprimidos de acordo com as instruções, a sua menstruação (hemorragia deprivação) irá começar durante o intervalo sem medicamento. Se tiver de alterar esse dia,pode fazê-lo reduzindo (mas nunca aumentando) a duração do intervalo semmedicamento. Por exemplo, se o seu intervalo sem medicamento começar na Sexta-feirae quiser que comece na Terça-feira (3 dias antes), deve iniciar uma nova embalagem 3dias antes do que iniciaria normalmente. Se tornar o intervalo sem medicamento muitocurto (3 dias ou menos, por exemplo), poderá não ter hemorragia de privação (umamenstruação) durante esse intervalo. Consequentemente, poderá ter spotting (gotas desangue ou manchas) ou hemorragia.
Se não tiver a certeza de como proceder, consulte o seu médico.

Se parar de tomar Sidretella

Pode deixar de tomar Sidretella quando quiser. Se não quiser engravidar, consulte o seumédico sobre outros métodos anticoncepcionais eficazes.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

Pare o tratamento se

Pare de utilizar Sidretella e consulte imediatamente o seu médico se tiver possíveis sinaisde trombose, tais como:

dor intensa e/ou inflamação numa das pernasdor súbita e intensa no peito, que pode atingir o braço esquerdodificuldade respiratória súbitatosse súbita sem causa óbviador de cabeça não habitual, intensa ou prolongada, ou agravamento de uma enxaquecaperda parcial ou total da visão ou visão dupladificuldade ou incapacidade na fala

vertigem ou desmaiofraqueza, sensações estranhas ou dormência de qualquer parte do corpo.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Sidretella pode causar efeitos secundários, no entantoestes não se manifestam em todas as pessoas.

Efeitos secundários frequentes (que afectam mais do que 1 em 100 mulheres, mas emmenos do que 1 em 10 mulheres): instabilidade emocional, dor de cabeça, dor de barriga,acne, dor mamária, aumento dos seios, menstruações dolorosas ou irregulares, aumentode peso.
Pouco frequentes (que afectam mais do que 1 em 1.000 mulheres, mas em menos do que
1 em 100 mulheres): infecção vaginal, herpes simplex (nos lábios), reacções alérgicas quepodem, por vezes, ser graves (angioedema) com inchaço cutâneo e/ou mucosa, aumentodo apetite, depressão, nervosismo, perturbações do sono, diminuição da líbido,formigueiro, vertigem, problemas de visão, batimento cardíaco irregular ouinvulgarmente rápido, coágulos (trombose) num vaso sanguíneo da perna ou pulmão
(embolismo pulmonar), aumento da tensão arterial, dor de cabeça forte (enxaqueca),varizes, garganta inflamada, inchaço do estômago e/ou intestinos, enjoo, vómito, diarreia,prisão de ventre, queda de cabelo, comichão, erupção cutânea, pele seca, dermatiteseborreica, dor de pescoço, dor nas extremidades, cãibras, infecção da bexiga, caroços nopeito, produção de um líquido leitoso dos mamilos, quistos nos ovários, rubor, ausênciade menstruação, menstruação excessiva, secreção vaginal, secura vaginal, dor abdominal,manchas cervicais anormais, retenção de líquidos, falta de energia, sensação de sedeexcessiva, aumento da transpiração, perda de peso.

Se sentir efeitos secundários que não tenham sido mencionados neste folheto ou algumdos efeitos secundários for especialmente forte, consulte o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR SIDRETELLA

Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Este medicamento não necessita de quaisquer condições especiais de conservação.

Não utilize Sidretella após o prazo de validade impresso no blister e na embalagem após
"VAL.:" O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Sidretella
As substâncias activas são drospirenona (3 mg) e etinilestradiol (0,02 mg).
Os outros componentes são:
Núcleo do comprimido: lactose mono-hidratada, amido de milho pré-gelificado,povidona, croscarmelose sódica, polisorbato 80 e estearato de magnésio.
Revestimento: álcool polivinílico parcialmente hidrolisado, dióxido de titânio (E171),macrogol 3350, talco, óxido de ferro amarelo (E172), óxido de ferro vermelho (E172) e
óxido de ferro preto (E172).

Qual o aspecto de Sidretella e conteúdo da embalagem

A Sidretella apresenta-se na forma farmacêutica de comprimido revestido por película,cor-de-rosa e redondo.Está disponível em embalagens de 1, 2, 3, 6 e 13 blisters, cada umcom 21 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da autorização de introdução no mercado

Sanofi-Aventis – Produtos Farmacêuticos, Lda.
Empreendimento Lagoas Park, Edifício 7 – 3º Piso
2740-244 Porto Salvo

Fabricante

Laboratorios León Farma, S.A.
Pol. Ind. Navatejera.
C/La Vallina s/n
24008 – Villaquilambre, León.
Espanha

Este medicamento está autorizado nos Estados Membros da EEA com os seguintesnomes:

NO Drosetil
AT Drosetil

BG Drosetil
DK Lluviane
EE Pirestrol
FI Drosetil
EL Drosetil
IE
Ethinylestradiol/Drospirenone Leon Farma

LV Drosetil
LT Drosetil
PL Pirestrol
PT Sidretella
RO Drosetil
SK Lluviane
0.02mg/3mg
SI Lluviane
ES Drosetil
CZ Drosetil
HU Drosetil

Este folheto foi aprovado pela última vez em