Tansulosina Pharmakern Tansulosina bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Tansulosina PHARMAKERN e para que é utilizado
2. Antes de tomar Tansulosina PHARMAKERN
3. Como tomar Tansulosina PHARMAKERN
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Tansulosina PHARMAKERN
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Tansulosina PHARMAKERN 0,4 mg Cápsulas de libertação prolongada
Tansulosina

Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É Tansulosina PHARMAKERN E PARA QUE É UTILIZADO

A Tansulosina PHARMAKERN pertence a um grupo de medicamentos usados naretenção urinária (bloqueantes ?1).
A Tansulosina PHARMAKERN é utilizada no tratamento dos sintomas do tracto urinárioinferior (STUI) associados a Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP).
Chama-se Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) ao aumento benigno do volume dapróstata, comum nos homens com mais de 50 anos de idade.
A próstata é uma glândula do tamanho de uma noz, que apenas se encontra no homem.
Situa-se por baixo da bexiga e circunda a uretra, o canal que liga a bexiga à extremidadedo pénis, e pelo qual passa a urina (ver diagrama).
Dado que a próstata se encontra perto da bexiga e circunda parte da uretra, o aumento devolume da próstata pode afectar a sua capacidade de urinar. Assim, poderá sentirnecessidade de urinar com frequência, especialmente de noite, urgência em urinar,dificuldade em começar a urinar, interrupção ou redução da força do jacto urinário, ouainda uma sensação de que não consegue esvaziar completamente a bexiga.
A Tansulosina PHARMAKERN relaxa os músculos da próstata e da uretra, permitindomais facilmente a passagem da urina através da desta e facilitando o acto de urinar.

2. ANTES DE TOMAR Tansulosina PHARMAKERN

Não tome Tansulosina PHARMAKERN
– Se tem alergia (hipersensibilidade) à tansulosina (cloridrato) ou a qualquer outrocomponente de Tansulosina PHARMAKERN. A hipersensibilidade à tansulosina podemanifestar-se como um inchaço repentino das mãos ou pés, dificuldade em respirar e/oucomichão e vermelhidão (angioedema).
– Se alguma vez sentiu tonturas ou desmaiou devido à pressão arterial baixa (p. ex.quando se senta ou levanta repentinamente).
– Se sofre de doença hepática grave.

Tome especial cuidado com Tansulosina PHARMAKERN
– Se sofre de doença renal grave.
– Se alguma vez sentiu tonturas ou sensação de desmaio enquanto está a tomartansulosina. Se tal acontecer, sente-se ou deite-se imediatamente, até os sintomasdesaparecerem.
– Se sentir o inchaço repentino das mãos ou pés, dificuldade em respirar e/ou comichão evermelhidão (angioedema), causados por uma reacção alérgica.
– Se durante ou depois de terminar o tratamento com Tansulosina PHARMAKERN, forplaneada uma operação às cataratas, informe antecipadamente o seu médico que está ouesteve a tomar Tansulosina PHARMAKERN.

Caso se lhe aplique alguma das situações acima referidas ou tenha alguma dúvida sobre omedicamento, fale com o seu médico.

Tomar Tansulosina PHARMAKERN com outros medicamentos
Informe o seu médico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outrosmedicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

A Tansulosina PHARMAKERN pode baixar a pressão arterial (hipotensão), quandoadministrada com outros medicamentos bloqueantes ?1.

O diclofenac (um analgésico anti-inflamatório) e a varfarina (usado para prevenir acoagulação do sangue), podem influenciar a velocidade com que a Tansulosina
PHARMAKERN é eliminada do organismo.

Tomar Tansulosina PHARMAKERN com alimentos e bebidas
Tansulosina PHARMAKERN deve ser tomada após a primeira refeição do dia. Se tomara tansulosina de estômago vazio, podem surgir efeitos secundários.

Gravidez e aleitamento
Não aplicável à Tansulosina PHARMAKERN, visto este medicamento se destinarexclusivamente a doentes do sexo masculino.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não existem dados disponíveis sobre a capacidade da Tansulosina PHARMAKERNafectar a capacidade de conduzir ou utilizar máquinas. Contudo, os doentes devem seravisados para o facto de poderem ocorrer tonturas.

3. COMO TOMAR Tansulosina PHARMAKERN

Tomar Tansulosina PHARMAKERN sempre de acordo com as indicações do médico.
Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual de Tansulosina PHARMAKERN é uma cápsula por dia, após a primeirarefeição do dia.
A cápsula deve ser deglutida inteira com um copo de água e não deve ser esmagada oumastigada, uma vez que isto interfere com o modo de libertação da tansulosina.

Se tomar mais Tansulosina PHARMAKERN do que deveria
Se tomar mais Tansulosina PHARMAKERN do que deveria, contacte imediatamente oseu médico ou farmacêutico.
Em caso de sobredosagem ou ingestão acidental, consultar o Centro de Intoxicações (808
250 143), indicando o medicamento e a quantidade ingerida.

Caso se tenha esquecido de tomar Tansulosina PHARMAKERN
Se se esquecer de tomar Tansulosina PHARMAKERN após a primeira refeição do dia,pode tomá-la mais tarde durante o dia, após uma refeição. Se se esqueceu de tomar
Tansulosina PHARMAKERN durante todo o dia, continue a tomar a Tansulosina
PHARMAKERN como habitualmente, no dia seguinte.
Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Tansulosina PHARMAKERN
Tome Tansulosina PHARMAKERN, todos os dias, de acordo com as indicações domédico. Não modifique a dose receitada, nem interrompa o tratamento sem consultar omédico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como os demais medicamentos, Tansulosina PHARMAKERN pode causar efeitossecundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Frequentes (menos de 1 em cada 10 doentes, mas mais de 1 em cada 100 doentes):tonturas.

Pouco frequentes (menos de 1 em cada 100 doentes, mas mais de 1 em cada 1000doentes): dores de cabeça, palpitações, tonturas, pricipalmete ao sentar-se ou levantar-se,rinite (inflamação nasal), obstipação (prisão de ventre), diarreia, náuseas, vómitos,comichão, vermelhidão da pele, ejaculação anormal, sensação de fraqueza.

Raros (menos de 1 em cada 1000 doentes, mas mais de 1 em cada 10000 doentes):desmaio, comichão e vermelhidão (angioedema).

Muito raros (menos de 1 em cada 10000 doentes, incluindo comunicações isoladas):erecção dolorosa, prolongada, indesejada (priapismo).

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o imediatamente o seu médico ou farmacêutico.

Experiência pós comercialização:
Durante a cirurgia às cataratas, uma variante do síndrome da pupila pequena (conhecidacomo Síndrome de Íris Flácida Intraoperatória) foi associada ao tratamento comtansulosina.

5. COMO CONSERVAR Tansulosina PHARMAKERN

Não conservar acima de 30°C.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Tansulosina PHARMAKERN após o prazo de validade impresso naembalagem. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Entregue todos os medicamentos que já não utiliza, na farmácia. Estas medidas irãoajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Tansulosina PHARMAKERN
– A substância activa é o cloridrato de tansulosina. Tansulosina PHARMAKERN contém
0,4 mg de cloridrato de tansulosina, que correspondem a 0,367 mg de tansulosina.
– Os outros componentes são:
Alginato de sódio, copolímero de ácido metacrílico e etilacrilato, dibehenato de glicerol,maltodextrina, laurilsulfato de sódio, macrogol, polissorbato, hidróxido de sódio,simeticone, metilcelulose, ácido sórbico, sílica coloidal anidra. Cápsulas: gelatina, óxidode ferro vermelho (E172), dióxido de titânio (E171), óxido de ferro amarelo (E172).

Qual o aspecto de Tansulosina PHARMAKERN e conteúdo da embalagem
Tansulosina PHARMAKERN na forma farmacêutica de cápsula de libertaçãoprolongada, são cápsulas duras de cor laranja, acondicionadas em blister transparente de
PVC-PVDC/alumínio, em embalagens de 20, 30 e 60 unidades ou frascos de HDPE comtampa de PP, contendo 100 cápsulas.
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Pharmakern Portugal – Produtos Farmacêuticos, Sociedade Unipessoal, Lda.
Edifício Atlas II, Av. José Gomes Ferreira, N.º 11 – 3º, Sala 31
1495-139 Miraflores – Algés
Portugal

Fabricante
Kern Pharma, S.L.
Polígono Ind. Colón II, Venus 72, 08228 Terrassa (Barcelona),
Espanha

Este folheto foi aprovado pela última vez em