Valette Dienogest + Etinilestradiol bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Valette e para que é utilizado
2. Antes de tomar Valette
3. Como tomar Valette
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Valette
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Valette, 2 mg + 0,030 mg, comprimidos revestidos
Dienogest + Etinilestradiol

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento.
– Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.
– Este medicamento foi receitado para si. Não deve dá-lo a outros; o medicamento podeser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sintomas.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É VALETTE E PARA QUE É UTILIZADO

Valette é utilizado para prevenir a gravidez.

A pílula combinada pode também ter benefícios não contraceptivos.

– A sua menstruação pode ser mais ligeira e curta. Como resultado, o risco de anemiapode ser inferior. As suas dores menstruais podem-se tornar menos fortes ou podemdesaparecer completamente.

– Além disso, algumas perturbações graves têm sido relatadas como menos frequentes emutilizadoras de pílulas contendo 50 µg de etinilestradiol (?pílulas de elevada dosagem?).
É o caso de doenças benignas da mama, quistos dos ovários, infecções pélvicas (doençasinflamatórias pélvicas – DIP), gravidez ectópica (gravidez na qual o embrião se implantafora do útero) e cancro do endométrio (interior do útero) e dos ovários. Isto pode tambémaplicar-se a pílulas de baixa dosagem, mas ainda não foi confirmado.

2. ANTES DE TOMAR VALETTE

Não utilize Valette

Não tome este medicamento se tiver alguma das situações abaixo indicadas. Se algumadestas se aplicar a si, informe o seu médico antes de começar a tomar Valette. O seumédico pode então aconselhá-la a utilizar um outro método contraceptivo totalmentediferente (não hormonal).

Valette não deverá ser utilizado nas seguintes situações:

– Se tiver ou tiver tido uma perturbação da circulação sanguínea, em particularrelacionada com trombose. Trombose é a formação dum coágulo de sangue. Pode ocorrernas veias das pernas (trombose venosa profunda), nos pulmões (embolia pulmonar), nocoração (ataque cardíaco), no cérebro (acidente vascular cerebral) ou noutras partes docorpo.

O risco de trombose aumenta acentuadamente nas seguintes condições:

– Se tiver ou tiver tido uma situação que possa ser o 1º sinal de um ataque cardíaco (talcomo angina de peito ou dor no tórax) ou de um acidente vascular cerebral (tal comoacidente isquémico transitório ou pequeno acidente reversível);
– Se tiver diabetes mellitus com lesão dos vasos sanguíneos;
– Se tiver tensão muito alta;
– Se tiver um nível de lípidos elevado no sangue (colesterol ou triglicéridos);
– Se tem ou já teve pancreatite;
– Se tem ou já teve doença hepática grave ou icterícia. Icterícia ou comichão em todo ocorpo pode ser o primeiro sinal de doença hepática;
– Se tiver ou tiver tido cancro da mama ou dos órgãos genitais;
– Se tiver ou tiver tido um tumor benigno ou maligno do fígado;
– Se tiver uma hemorragia vaginal inexplicável;
– Se estiver grávida ou pensar que pode estar grávida;
– Antecedentes de enxaqueca com sintomas neurológicos focais;
– Se tem alergia (hipersensibilidade) ao etinilestradiol, ao dienogest ou a qualquer outrocomponente de Valette.

Caso tenha tido hepatite viral, deve esperar 6 meses após o fim da doença (isto é, depoisda normalização dos valores das enzimas hepáticas), para iniciar a toma de Valette.

– Notas Gerais

Neste folheto informativo, estão descritas várias situações em que deve parar de tomar apílula, ou em que a eficácia da pílula está diminuída. Nessas situações não deve terrelações sexuais ou deve tomar precauções contraceptivas não hormonais adicionais,como por exemplo usar um preservativo ou outro método de barreira. Não utilize osmétodos de ritmo ou de temperatura. Estes métodos não são de confiança porque a pílulaaltera as mudanças normais de temperatura e do muco cervical que ocorrem durante ociclo menstrual.

Valette, tal como todas as pílulas contraceptivas, não protege da infecção pelo VIH
(SIDA) ou qualquer outra doença sexualmente transmissível.

Valette foi-lhe receitado para si pessoalmente. Não partilhe com outras pessoas.

Antes de começar a tomar Valette

Se a pílula for tomada existindo alguma das situações abaixo indicadas, pode necessitarde vigilância médica. O seu médico poder-lhe-á explicar. Assim, se alguma destas seaplicar ao seu caso, informe o seu médico antes de iniciar Valette.

– é fumadora;
– tem diabetes;
– tem excesso de peso;
– tem tensão arterial elevada;
– tem uma doença valvular ou alguma alteração do ritmo cardíaco;
– tem uma inflamação das veias (flebite superficial);
– tem varizes;
– algum dos seus parentes próximos tem ou teve uma trombose, um ataque cardíaco ouum acidente vascular cerebral;
– sofre de enxaquecas;
– sofre de epilepsia;
– você ou alguém dos seus parentes próximos da sua família tem ou teve valores elevadosde colesterol ou triglicéridos (substâncias gordas);
– algum dos seus parentes próximos teve cancro da mama;
– tem doença hepática ou da vesícula;
– tem doença de Crohn ou colite ulcerosa (doença inflamatória intestinal crónica);
– tem lúpus eritematoso sistémico (LES; uma doença específica do sistema imunitário);
– tem síndrome hemolítica urémica (SHU; uma alteração da coagulação sanguínea queprovoca insuficiência renal);
– tem anemia falciforme;
– tem ou teve cloasma (manchas acastanhadas extensas de forma e tamanho irregulares napele, particularmente na face); se assim for, evite a exposição excessiva ao sol ou àradiação ultravioleta;
– se tem angioedema hereditário, produtos contendo estrogénios poderão causar ou pioraros sintomas. Deverá consultar imediatamente o seu médico se apresentar sintomas deangioedema, tais como face inchada, língua e/ou faringe e/ou dificuldade em engolir ouurticária juntamente com dificuldade em respirar.

Se alguma das situações acima descritas lhe aparecer pela primeira vez, reaparecer oupiorar enquanto toma a pílula, deve contactar o seu médico.

A pílula e a trombose

Uma trombose é a formação de um coágulo que pode bloquear um vaso sanguíneo. Atrombose por vezes ocorre numa das veias profundas das pernas (trombose venosaprofunda). Se este coágulo sanguíneo se libertar das veias onde é formado, pode atingir ebloquear as artérias dos pulmões, causando a chamada ?embolia pulmonar?. A trombosevenosa profunda raramente ocorre. Pode-se desenvolver quer esteja ou não a tomar apílula. Pode também surgir se ficar grávida. O risco é mais elevado em mulheres queutilizam a pílula comparativamente às que não utilizam, mas o risco não é tão elevadocomo durante a gravidez.

Os coágulos sanguíneos também podem ocorrer raramente nos vasos sanguíneos docoração (provocando um ataque cardíaco) ou do cérebro (causando um acidente vascularcerebral). Muito raramente podem surgir coágulos sanguíneos no fígado, intestino, rim ouolho.

Ocasionalmente uma trombose pode provocar incapacidades permanentes ou ser mesmofatal.

Os seguintes sintomas podem ser um sinal de trombose nas veias ou nas artérias. Pare detomar a pílula e consulte imediatamente seu médico se notar algum sintoma que possa serum sinal de trombose como, por exemplo:

– Dor aguda ou inchaço em qualquer das pernas;
– Dor aguda no peito que pode atingir o braço esquerdo;
– Falta de ar, súbita;
Tosse violenta sem causa aparente;
– Qualquer tipo de dor de cabeça não habitual, intensa e persistente;
– Perda súbita da visão parcial ou total;
– Visão dupla;
– Alterações da fala;
– Tonturas;
– Colapso, possivelmente associado a um ataque epiléptico;
– Fraqueza ou entorpecimento de qualquer zona do corpo;
– Perturbações a nível da mobilidade do corpo (problemas motores);
– Dor aguda no abdómen.

O risco de ter uma embolia ou ataque cardíaco aumenta à medida que envelhece.
Também aumenta quanto mais fumar. Quando toma a pílula deve deixar de fumar,especialmente se tiver mais de 35 anos de idade.

Se aparecer tensão arterial elevada enquanto utiliza a pílula, o seu médico aconselhá-la-áa suspender a administração.

O risco de ter uma trombose venosa profunda é temporariamente aumentado no caso deuma operação ou imobilização (por exemplo quando tem uma ou as duas pernasengessadas ou com uma tala). Em mulheres que tomam a pílula, o risco pode ser ainda

maior. Informe o seu médico que está a tomar a pílula com bastante antecedência emrelação a uma hospitalização ou cirurgia prevista. O seu médico pode aconselhá-la a pararde tomar a pílula várias semanas antes da cirurgia ou no momento da imobilização. O seumédico dir-lhe-á também quando poderá recomeçar a tomar a pílula após ter recuperado.

A pílula e o cancro

O cancro da mama tem sido diagnosticado com uma frequência ligeiramente maior emmulheres da mesma idade que utilizam a pílula em relação às que não utilizam. Esteligeiro aumento do diagnóstico do cancro da mama desaparece gradualmente durante os
10 anos após deixar de tomar a pílula. Não se sabe se a diferença é provocada pela pílula.
Pode ser pelo facto das mulheres terem sido examinadas mais frequentemente, de formaque o cancro da mama foi detectado mais cedo.

Foram descritos casos raros de tumores benignos do fígado e ainda mais raros casos detumores malignos do fígado entre as utilizadoras da pílula. Estes tumores podem conduzira hemorragia interna. Contacte o seu médico imediatamente se tiver dor intensa noestômago.

Tem sido descrito que o cancro do colo do útero ocorre mais frequentemente emmulheres a tomar a pílula por um longo período de tempo. Este facto pode não sercausado pela pílula, mas pode estar associado ao comportamento sexual e outros factores.

Ao tomar Valette com outros medicamentos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Alguns medicamentos podem impedir um efeito correcto da pílula. Estão incluídos osseguintes medicamentos:

– Medicamentos para o tratamento da epilepsia (por exemplo, primidona, felbamato,hidantoína, barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina);
– Medicamentos para o tratamento da tuberculose (por exemplo, rifampicina, rifabutina);
– Medicamentos para a infecção por VIH (por exemplo, ritonavir, nevirapina);
– Alguns antibióticos que são receitados para o tratamento de certas infecções (porexemplo, penicilinas, tetraciclinas, griseofulvina).

Alguns produtos naturais ou produtos à base de extractos vegetais que contenham
Hypericum perforatum (por ex., chá de hipericão) podem prejudicar a eficácia de Valette,uma vez que podem diminuir os efeitos deste medicamento.

Se estiver a tomar ou começar a tomar estes produtos naturais, pode utilizar o Valette,mas deverá utilizar outro método de contracepção enquanto estiver a tomar o produtonatural, durante sete dias ou mais após a sua paragem.

A pílula pode também interferir com a acção de outros medicamentos, por ex.medicamentos que contenham ciclosporina ou o anti-epiléptico lamotrigina.

Informe também qualquer outro médico ou dentista que lhe prescreva medicamentos queestá a tomar Valette. Eles podem dizer-lhe se necessita de ter precauções contraceptivasadicionais e se for esse o caso, durante quanto tempo.

Gravidez e aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Aleitamento

A utilização de Valette não é geralmente aconselhada durante o aleitamento. Se desejartomar a pílula enquanto está a amamentar, deve consultar o seu médico.

Gravidez

Valette não deve ser utilizado por mulheres grávidas, ou que pensam estar grávidas.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Não foram observados quaisquer efeitos.

Informações importantes sobre alguns componentes de Valette

Este medicamento contém lactose, glucose e sacarose. Se foi informado pelo seu médicoque tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Quando deve contactar o seu médico?

Check-ups regulares
O seu médico pode aconselhá-la a marcar regularmente consultas por causa da pílula. Dasua situação pessoal dependerá a frequência com que deve ser vigiada e os examescomplementares que deverá efectuar.

Contacte o seu médico logo que possível se:
– notar quaisquer alterações na sua saúde, especialmente as mencionadas neste folhetoinformativo (veja também ?Quando não deve ser utilizado Valette? e ?Antes de tomar
Valette?; não esqueça os itens relacionados com os seus parentes próximos);
– sentir um caroço no peito;
– pretende tomar outros medicamentos, em especial antibióticos (veja também ?Ao tomar
Valette com outros medicamentos?);
– ficar imobilizada ou fizer uma cirurgia (consulte o seu médico pelo menos quatrosemanas antes);

– tiver hemorragia irregular ou persistente ou agravada;
– esquecer comprimidos na primeira semana da embalagem e teve relações nos 7 diasanteriores;
– faltar o período duas vezes seguidas ou suspeitar estar grávida (não comece aembalagem seguinte até o seu médico lhe dizer).

Deixe de tomar os comprimidos e procure o seu médico imediatamente se detectarpossíveis sinais de trombose:

– uma tosse invulgar;
– dor aguda no peito que pode atingir o braço esquerdo;
– falta de ar;
– qualquer dor de cabeça ou ataque de enxaqueca forte, ou prolongado, invulgar;
– perda parcial ou total da visão, ou visão dupla;
– alterações da fala;
– alterações súbitas da audição, olfacto ou paladar;
– tonturas ou desmaios;
– fraqueza ou entorpecimento de qualquer zona do corpo;
– dor aguda do abdómen;
– dor aguda ou inchaço grave em qualquer das pernas.

N.B. As situações e os sintomas acima mencionados são descritos e explicados emmais detalhe noutros locais deste folheto informativo.

3. COMO TOMAR VALETTE

– Quando e como tomar os comprimidos?

Uma embalagem de Valette contém 21 comprimidos revestidos. Na embalagem, cadacomprimido está marcado com o dia da semana em que deve ser tomado. Tome o seucomprimido aproximadamente à mesma hora todos os dias, com um pouco de água. Sigaa direcção das setas até ter tomado os 21 comprimidos revestidos. Nos 7 dias seguintesnão tome comprimidos. O período deve começar durante esses 7 dias (hemorragia deprivação). Normalmente começará no 2º-3º dia após a toma do último comprimido de
Valette. Comece a tomar a embalagem seguinte no 8º dia, mesmo se o seu períodocontinuar. Isto significa que vai sempre iniciar uma embalagem nova no mesmo dia dasemana, e também que terá a sua hemorragia de privação aproximadamente nos mesmosdias, cada mês.

– Início da sua primeira embalagem de Valette

Quando não foi utilizado nenhum contraceptivo hormonal no mês anterior
Comece a tomar Valette no primeiro dia do seu ciclo, i.e., no primeiro dia damenstruação. Tome um comprimido marcado com esse dia da semana. Por exemplo, se o

seu período começar numa sexta-feira, tome o comprimido que tem marcado sexta-feira.
Depois siga a ordem dos dias.

Quando muda de outra pílula combinada
Pode começar a tomar Valette no dia seguinte a ter tomado o último comprimido da suapílula actual (o que significa que não fica nenhum dia sem tomar comprimidos). Se a suapílula actual também contém comprimidos inactivos pode iniciar o Valette no diaseguinte a ter tomado o último comprimido activo (se não tiver a certeza de qual é,pergunte ao seu médico ou farmacêutico).

Quando muda de uma pílula só com progestagénio (mini-pílula)
Pode parar de tomar a mini-pílula em qualquer dia e começar a tomar Valette no diaseguinte, à mesma hora.

Quando muda de um injectável, um implante ou um Dispositivo de Libertação Intra-
Uterino (DLIU) de progestagénio
Comece a tomar Valette quando for altura da sua próxima injecção ou no dia em que oimplante ou DLIU é removido. Mas utilize sempre um método contraceptivo adicional
(método de barreira) durante os primeiros 7 dias em que toma os novos comprimidos,quando tiver relações.

Após um parto
Se acabou de ter um bebé, o seu médico poderá aconselhá-la a esperar até depois do seuprimeiro período normal para começar a tomar Valette. Por vezes é possível começarmais cedo. O seu médico poderá aconselhá-la. Se estiver a amamentar e quiser tomar
Valette, deverá conversar antes com o seu médico.

Após um aborto
O seu médico poderá aconselhá-la.

Se tomar mais comprimidos de Valette do que deveria

Não há relatórios de efeitos prejudiciais graves por ingestão excessiva de comprimidos de
Valette de uma só vez. Se tiver tomado vários comprimidos de uma só vez, pode ternáuseas, vómitos e hemorragia vaginal. Se verificar que uma criança tomou Valette, peçaconselho ao seu médico.

Se parar de tomar Valette

Pode suspender Valette em qualquer altura que deseje. Se não quiser engravidar, consulteo seu médico acerca de outros métodos de controlo de natalidade. Se parar de tomar
Valette porque quer engravidar, é geralmente recomendado que espere até ter tido umperíodo natural antes de tentar engravidar. Desta forma é mais fácil identificar que aausência de menstruação se deve ao facto de estar grávida.

O QUE FAZER SE……..

….. esqueceu comprimidos

– Se estiver menos de 12 horas atrasada na toma do comprimido, a fiabilidade da pílula éa mesma. Tome o comprimido logo que se lembre e tome os comprimidos seguintes àhora habitual.

– Se estiver mais de 12 horas atrasada na toma de qualquer comprimido, a fiabilidade dapílula pode estar diminuída. Quantos mais comprimidos seguidos tiver esquecido, maiselevado é o risco da eficácia contraceptiva estar diminuída. Existe um riscoparticularmente elevado em engravidar se esquecer de tomar os comprimidos do início oudo fim da embalagem. Assim, deverá seguir as regras abaixo descritas (veja também odiagrama seguinte).

Mais de 1 comprimido esquecido numa embalagem
Peça conselho ao seu médico.

1 comprimido esquecido na 1ª semana
Tome o comprimido esquecido logo que se lembre (mesmo que isto signifique tomar doiscomprimidos ao mesmo tempo) e tome o comprimido seguinte à hora habitual. Tomeprecauções contraceptivas adicionais (método de barreira) durante os 7 dias seguintes. Seteve relações sexuais na semana anterior e tiver esquecido o comprimido, hápossibilidade de engravidar. Por isso informe o seu médico imediatamente.

1 comprimido esquecido na 2ª semana
Tome o comprimido esquecido logo que se lembre (mesmo que isso signifique tomardois comprimidos ao mesmo tempo) e tome o comprimido seguinte à hora habitual. Afiabilidade da pílula é mantida. Não necessita de tomar precauções contraceptivasadicionais.

1 comprimido esquecido na 3ª semana
Pode escolher uma das seguintes opções, sem necessidade de precauções adicionais:
1. Tome o comprimido esquecido logo que se lembre (mesmo que isto signifique tomardois comprimidos ao mesmo tempo) e tome o comprimido seguinte à hora habitual ecomece a embalagem seguinte logo que a embalagem actual termine de modo que nãohaja intervalo entre as embalagens. Pode não ter menstruação até ao final da segundaembalagem e ter hemorragias irregulares durante os dias em que toma os comprimidos.

Ou:

2. Pare de tomar os comprimidos da embalagem actual, fique 7 dias ou menos sem tomarcomprimidos (conte também o dia em que esqueceu o comprimido) e continue com aembalagem seguinte. Se seguir este método, pode sempre começar a embalagem seguinteno dia da semana em que habitualmente o faz.

– Se se esqueceu de comprimidos numa embalagem e não teve menstruação no períodolivre seguinte, pode estar grávida. Consulte o seu médico antes de iniciar a embalagemseguinte.
Alguns comprimidos
Aconselhe-se junto do seu médico
esquecidos em
1 embalagem

sim
Semana 1
Teve relações sexuais na semana anterior ao diaesquecido?
não
? Tome o comprimido esquecido
? Utilize um método de barreira (preservativo)
nos próximos 7 dias
?
E acabe o blister
Apenas 1 comprimido
?
esquecido

Semana 2
Tome o comprimido esquecido e
?
(tomado com mais de
Acabe o blister
12 horas de atraso)
? Tome o comprimido esquecido e
?
Acabe o blister

?
Em vez do período de intervalo

?

Vá directamente para o blister seguinte

Semana 3
ou
? Pare imediatamente o blister
? Comece a semana de intervalo
(não mais de 7 dias, incluindo o comprimidoesquecido)
? Depois continue com o blister seguinte

O QUE FAZER SE……

….. tiver perturbações gastrointestinais (por ex., vómitos, diarreia grave)
Se vomitar nas 3-4 horas após tomar o comprimido de Valette, os componentes activospodem não ter sido completamente absorvidos. É como se esquecesse de tomar umcomprimido. Assim, siga os conselhos dados para o esquecimento de comprimidos. Setiver diarreia grave, por favor, consulte o seu médico.

….. quiser atrasar a sua menstruação
Pode atrasar a sua menstruação se começar a embalagem seguinte de Valetteimediatamente após ter terminado a embalagem actual. Pode continuar esta embalagempor quanto tempo desejar, até a acabar. Quando quiser ter a sua menstruação, pare detomar comprimidos. Enquanto estiver a tomar a segunda embalagem pode terhemorragias irregulares. Comece a embalagem seguinte após os habituais 7 dias deintervalo.

.?. quiser alterar o dia de início da sua menstruação
Se tomar os comprimidos como foi explicado, terá a sua menstruação aproximadamenteno mesmo dia de 4 em 4 semanas. Se quiser alterar o dia, limite-se a encurtar (nuncaprolongar) o intervalo entre embalagens. Por exemplo, se a sua menstruação começahabitualmente na sexta-feira e no futuro deseja que comece na terça-feira (3 dias maiscedo) deve começar a embalagem seguinte 3 dias mais cedo que o habitual. Se tornar ointervalo entre embalagens muito curto (por exemplo, 3 dias ou menos), pode não termenstruação durante o intervalo. Pode ter hemorragias irregulares durante a utilização daembalagem seguinte.

….. tem hemorragias inesperadas
Com todas as pílulas, durante os primeiros meses, pode ter hemorragia entre asmenstruações (hemorragias irregulares). Pode necessitar de utilizar pensos ou tampões,mas continue a tomar os seus comprimidos como habitualmente. As hemorragiasirregulares geralmente param quando o seu corpo se adaptou à pílula (geralmente após 3ciclos a tomar comprimidos). Se continuarem, se forem mais intensas e recomeçarem,informe o seu médico.

….. falhou uma menstruação
Se tomou todos os comprimidos na altura certa, não vomitou, nem tomou outrosmedicamentos é improvável que esteja grávida. Continue a tomar Valette comohabitualmente. Se lhe falhar a menstruação duas vezes seguidas, pode estar grávida:informe o seu médico imediatamente. Não comece a seguinte embalagem de Valette até oseu médico se certificar que não está grávida.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Valette pode causar efeitos secundários, no entanto estesnão se manifestam em todas as pessoas.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Efeitos secundários graves

Reacções graves associadas à utilização da pílula, bem como os sintomas associados,encontram-se descritos nas seguintes secções: ?A Pílula e a Trombose?/?A Pílula e o
Cancro?. Por favor leia estas secções para informação adicional e consulte o seu médicoimediatamente, quando tiver dúvidas.

Outros efeitos secundários possíveis

Os seguintes efeitos secundários têm sido descritos para utilizadoras da pílula, apesar denão serem necessariamente causados pela pílula. Estes efeitos secundários podem ocorrernos primeiros meses que toma a pílula e geralmente diminuem com o tempo.

Hipersensibilidade mamária;
– Irregularidades menstruais, incluindo hemorragias intermenstruais;
– Secreção de leite pelo mamilo;
Dores de cabeça;
– Enxaquecas;
– Diminuição da libido;
– Oscilações de humor;
– Intolerância a lentes de contacto;
– Náuseas;
Vómitos;
– Enjoos;
– Alterações da secreção vaginal;
– Reacções cutâneas diversas (acne, eczema, comichão);
– Retenção de líquidos;
– Alterações de peso;
– Reacções de hipersensibilidade;
– Corrimento esbranquiçado;
– Candidíase vaginal.

5. COMO CONSERVAR VALETTE

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Não utilize Valette após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após
"VAL.?. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Valette

– As substâncias activas são etinilestradiol (0,03 mg) e dienogest (2,00 mg).

– Os outros componentes são lactose mono-hidratada, amido de milho, maltodextrina,estearato de magnésio, sacarose, glucose líquida, carbonato de cálcio, povidona K 25,macrogol 35000, cera de carnaúba, dióxido de titânio (E 171).

Qual o aspecto de Valette e conteúdo da embalagem

Valette está disponível em embalagem-calendário de 21 e de 3×21 comprimidosrevestidos.

Os comprimidos revestidos de Valette apresentam-se em blister constituído por películade cloreto de polivinilo e folha de alumínio, com revestimento para selagem a quente.

Cada embalagem-calendário encontra-se acondicionada numa saqueta constituída porfolha de alumínio e plástico.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Berlifarma – Especialidades Farmacêuticas, Lda.
Rua Quinta do Pinheiro, n.º 5
2794-003 Carnaxide

Fabricante

Jenapharm GmbH & Co. KG
Otto-Scott Strasse, 15
D-7745 Jena

Schering GmbH & Co. Produktions KG
Doebereiner Strasse, 20
D-99427 Weimar

Este folheto foi aprovado pela última vez em