Azidim Pantoprazol bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Azidim e para que é utilizado
2. Antes de tomar Azidim
3. Como tomar Azidim
4. Efeitos secundários possíveis
5. Como conservar Azidim
6. Outras informações


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

Azidim 20 mg comprimidos gastrorresistentes
Pantoprazol

Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.
Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário tomar
Azidim com precaução para obter os devidos resultados.
– Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
– Em caso de agravamento ou persistência dos sintomas após 2 semanas, consulte o seumédico.
– Não deve tomar Azidim comprimidos durante mais de 4 semanas sem consultar ummédico.
– Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:

1. O QUE É AZIDIM E PARA QUE É UTILIZADO

Azidim contém a substância activa pantoprazol, que bloqueia a ?bomba? que produz
ácido estomacal. Logo, reduz a quantidade de ácido no seu estômago.

Azidim é utilizado para o tratamento a curto prazo dos sintomas de refluxo (por exemplo,azia, regurgitação ácida) nos adultos.
O refluxo é o retorno do ácido do estômago para o esófago (?tubo de alimentação?), quepode ficar inflamado e doloroso. Isto pode originar sintomas como uma sensação de ardordolorosa no peito que sobe até à garganta (azia) e um sabor amargo na boca (regurgitação
ácida).

Pode obter um alívio dos sintomas de refluxo ácido e azia logo após um dia de tratamentocom Azidim, mas este medicamento não se destina a proporcionar alívio imediato. Podeser necessário tomar os comprimidos durante 2 a 3 dias consecutivos para alívio dossintomas.

2. ANTES DE TOMAR AZIDIM

Não tome Azidim:
– se tem alergia (hipersensibilidade) ao pantoprazol, à soja ou a qualquer outrocomponente de Azidim (enumerados na secção 6 ?Qual a composição de Azidim?).
– se está a tomar um medicamento que contém atazanavir (para o tratamento da infecçãopelo VIH)
– se tem menos de 18 anos de idade
– se está grávida ou a amamentar

Tome especial cuidado com Azidim

Fale primeiro com o seu médico se:
– foi tratado continuamente à azia ou indigestão durante 4 semanas ou mais
– tem mais de 55 anos de idade e está submetido a um tratamento diário commedicamentos não sujeitos a receita médica para a indigestão
– tem mais de 55 anos de idade e apresenta sintomas novos ou recentemente alterados
– teve previamente uma úlcera gástrica ou se foi submetido a uma cirurgia do estômago
– tem problemas hepáticos ou icterícia (amarelecimento da pele ou olhos)
– consulta regularmente o seu médico devido a queixas ou doenças graves
– vai ser submetido a uma endoscopia ou a um teste respiratório denominado teste de C-
ureia.

Informe de imediato o seu médico, antes ou depois de tomar este medicamento, seconstatar algum dos seguintes sintomas, que podem ser indicativos de uma outra doença,mais grave:
– uma perda de peso involuntária (não relacionada com a dieta alimentar ou um programade exercício)
vómitos, sobretudo se repetidos
vómitos com sangue; este pode aparecer como grãos de café escuros no seu vómito
sangue nas fezes, que podem parecer pretas ou com um aspecto de alcatrão
– dificuldade em engolir ou dor ao engolir
– ar pálido e sensação de fraqueza (anemia)
dor no peito
– dor de estômago
diarreia grave e/ou persistente, na medida em que o Azidim foi associado a um pequenoaumento da diarreia infecciosa
O seu médico pode decidir que talvez necessite de realizar alguns exames.

Se tiver de realizar uma análise ao sangue, informe o seu médico de que está a tomar estemedicamento.

Pode obter um alívio dos sintomas de refluxo ácido e azia logo após um dia de tratamentocom Azidim, mas este medicamento não se destina a proporcionar alívio imediato.
Não deve tomá-lo como medida de prevenção.

Se sofre de sintomas repetidos de azia ou indigestão há já algum tempo, lembre-se deconsultar o seu médico regularmente.

Ao tomar Azidim com outros medicamentos
Azidim pode impedir o funcionamento adequado de outros medicamentos. Informe o seumédico ou farmacêutico se estiver a utilizar quaisquer medicamentos que contêm umadas seguintes substâncias activas:
cetoconazol (utilizado para infecções fúngicas)
varfarina e fenprocoumon (utilizados para diluir o sangue e prevenir a formação decoágulos). Pode necessitar de análises ao sangue adicionais
– atazanavir (utilizado para o tratamento da infecção pelo VIH). Não pode utilizar Azidimse estiver a tomar atazanavir.

Não tome Azidim com outros medicamentos que limitam a quantidade de ácidoproduzida no seu estômago, como um outro inibidor da bomba de protões (omeprazol,lansoprazol ou rabeprazol) ou um antagonista de H2 (por exemplo, ranitidina,famotidina).
Contudo, pode tomar Azidim com antiácidos (por exemplo, magaldrato, ácido algínico,bicarbonato de sódio, hidróxido de alumínio, carbonato de magnésio ou combinaçõesdestas substâncias), se necessário.

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentementeoutros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica. Isto tambéminclui medicamentos à base de plantas ou homeopáticos.

Ao tomar Azidim com alimentos e bebidas
Os comprimidos devem ser engolidos inteiros com líquido antes de uma refeição.

Gravidez e aleitamento
Não tome Azidim se estiver grávida, pensar que pode estar grávida ou estiver aamamentar.
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não conduza nem utilize quaisquer ferramentas ou máquinas se sentir efeitos secundárioscomo tonturas ou visão afectada.

3. COMO TOMAR AZIDIM

Tome sempre Azidim exactamente conforme descrito neste folheto informativo. Deveconsultar o seu médico ou farmacêutico se tiver alguma dúvida.

Tome um comprimido por dia. Não exceda esta dose recomendada de 20 mg depantoprazol por dia.

Deve tomar este medicamento durante pelo menos 2 a 3 dias consecutivos. Deixe detomar Azidim quando estiver totalmente livre de sintomas. Pode obter um alívio dossintomas de refluxo ácido e azia logo após um dia de tratamento com Azidim, mas estemedicamento não se destina a proporcionar alívio imediato.

Se não obtiver qualquer alívio dos sintomas depois de tomar este medicamentocontinuamente durante 2 semanas, consulte o seu médico.
Não tome Azidim comprimidos durante mais de 4 semanas sem consultar o seu médico.

Tome o comprimido antes de uma refeição, à mesma hora todos os dias. Deve engolir ocomprimido inteiro com um pouco de água. Não mastigue nem parta o comprimido.

Crianças e adolescentes
Azidim não deve ser utilizado por crianças e jovens com menos de 18 anos de idade.

Se tomar mais Azidim do que deveria
Informe o seu médico ou farmacêutico de imediato. Se possível, leve o seu medicamentoe este folheto informativo consigo. Não existem sintomas conhecidos de sobredosagem.

Caso se tenha esquecido de tomar Azidim
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Tomea sua próxima dose normal, no dia seguinte, à hora habitual.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médicoou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Azidim pode causar efeitos secundários, no entanto estesnão se manifestam em todas as pessoas.

Informe de imediato o seu médico ou contacte as Urgências do hospital mais próximo seapresentar alguns dos seguintes efeitos secundários graves. Deixe de tomarimediatamente este medicamento mas leve este folheto informativo e/ou os comprimidosconsigo.

– Reacções alérgicas graves (raras): Reacções de hipersensibilidade, as chamadasreacções anafilácticas, choque anafiláctico e angioedema. Os sintomas típicos são:inchaço do rosto, lábios, boca, língua e/ou garganta, que podem causar dificuldades aoengolir ou respirar, urticária, tonturas graves com batimento cardíaco extremamenterápido e sudação intensa.
– Reacções cutâneas graves (frequência desconhecida): erupção com inchaço, formaçãode bolhas ou descamação da pele, pele solta e hemorragias à volta dos olhos, nariz, bocaou órgãos genitais e deterioração rápida do seu estado geral de saúde, ou aparecimento deerupção na pele com exposição ao sol.

– Outras reacções graves (frequência desconhecida): amarelecimento da pele e dos olhos
(devido a lesões no fígado graves), ou problemas renais como micção dolorosa e dor nazona inferior das costas com febre.

Os efeitos secundários podem ocorrer com determinadas frequências, que são definidasdo seguinte modo:

– muito frequentes: afecta mais de 1 em cada 10 utilizadores
– frequentes: afecta entre 1 a 10 em cada 100 utilizadores
– pouco frequentes: afecta entre 1 a 10 em cada 1.000 utilizadores
– raros: afecta entre 1 a 10 em cada 10.000 utilizadores
– muito raros: afecta menos de 1 em cada 10.000 utilizadores
– desconhecido: a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis.

– Efeitos secundários pouco frequentes:dores de cabeça; tonturas; diarreia; sensação de mal-estar, vómitos; inchaço e flatulência
(gases); obstipação; boca seca; dor de barriga e desconforto abdominal; erupções ouurticária; comichão; sensação de fraqueza, exaustão ou geralmente indisposição;distúrbios do sono; aumento dos enzimas hepáticos numa análise ao sangue.

– Efeitos secundários raros:distúrbios da visão, como visão turva; dor nas articulações; dores musculares; alteraçõesde peso; temperatura corporal alta; inchaço das extremidades; reacções alérgicas;depressão; níveis aumentados de bilirrubina e gordura no sangue (observados nas análisesao sangue).

– Efeitos secundários muito raros:desorientação; redução do número de plaquetas sanguíneas, que pode fazer com queapresente mais hemorragias ou hematomas do que o normal; redução do número deglóbulos brancos, que pode levar a infecções mais frequentes.

– Frequência desconhecida:alucinações, confusão (sobretudo nos doentes com um historial destes sintomas);diminuição do nível de sódio no sangue.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundáriosnão mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR Azidim

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Azidim após o prazo de validade impresso na embalagem e no blister. Oprazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não conservar acima de 25ºC.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Azidim
A substância activa é o pantoprazol. Cada comprimido contém 20 mg pantoprazol (comosesquihidrato sódico).

Os outros componentes são:
Núcleo:
Manitol, celulose microcristalina 101, celulose microcristalina 200, amido de milho pré-
gelificado (1500), Carboxietilamidosódico (Tipo A), carbonato de sódio anidro, estearatode cálcio.

Revestimento isolante:
Hipromelose 2910 (3cps), propilenoglicol (E1520), dióxido de titânio (E171), óxido deferro amarelo (E172).

Revestimento entérico:
Citrato de trietilo, copolímero de ácido metacrílico e acrilato de etilo (1:1), polissorbato
80 e laurilsulfato de sódio.

Qual o aspecto de Azidim e conteúdo da embalagem
Azidim são comprimidos gastrorresistentes de cor amarelo claro a amarelado, oblongos econvexos.
Azidim está disponível em blisters de 7 ou 14 comprimidos gastrorresistentes.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Pentafarma ? Sociedade Técnico-Medicinal, S.A.
Rua da Tapada Grande, n.º 2
Abrunheira
2710-089 Sintra
Portugal

Fabricantes
West Pharma ? Produções de Especialidades Farmacêuticas, S.A.
Rua João de Deus, n.º 11, Venda Nova, 2700-486 Amadora, Portugal

Atlantic Pharma ? Produções Farmacêuticas, S.A.
Rua da Tapada Grande, n.º 2; Abrunheira, 2710-089 Sintra, Portugal

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o Titular da
Autorização de Introdução no Mercado.

Este folheto foi aprovado pela última vez em

________________________________________________________________________
As seguintes recomendações para mudanças a nível do estilo de vida e alimentaçãopodem também ajudar a aliviar os sintomas relacionados com a azia ou o refluxo ácido.

– Evite grandes refeições
– Coma devagar
– Deixe de fumar
– Reduza o consumo de álcool e cafeína
– Reduza o peso (se tiver excesso de peso)
– Evite usar roupa ou cintos apertados
– Evite comer menos de três horas antes da hora de deitar
– Levante a cabeceira da cama (se sofrer de sintomas nocturnos)
– Diminua a ingestão de alimentos que podem causar azia. Estes podem incluir:chocolate, hortelãpimenta, hortelã-comum, alimentos gordos e fritos, alimentos ácidos,alimentos picantes, sumos de citrinos e outras frutas, tomate.