Flumil Acetilcisteína bula do medicamento

Neste folheto:
1. O que é Flumil e para que é utilizado
2. Antes de tomar Flumil
3. Como tomar Flumil
4. Efeitos secundários possíveis
5. Conservação de Flumil
6. Outras informações

Flumil 200 mg granulado para solução oral
Acetilcisteína

Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.
Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário utilizar
Flumil com precaução para obter os devidos resultados.
Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, solicite os serviços do farmacêutico
Em caso de agravamento ou não melhoria do estado de saúde após 7 dias, consulte o seumédico.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.

Neste folheto:

Flumil 200 mg garnulado para solução oral

Substância activa: Acetilcisteína
Outros ingredientes: aspartamo, sorbitol, beta-caroteno, essência de laranja

Titular da Autorização de Introdução no Mercado
Zambon, Produtos Farmacêuticos, Lda.
Rua Comandante Enrique Maya, nº 1
1500-370 Lisboa

1. O QUE É FLUMIL E PARA QUE É UTILIZADO

Flumil apresenta-se na forma de granulado para solução oral contendo 200mg deacetilcisteína.

Flumil encontra-se disponível em embalagens de 16, 20 e 30 saquetas.
Nota: Podem não se encontrar disponíveis todas as apresentações no mercado.

Flumil está indicado como adjuvante mucolítico do tratamento antibacteriano das infecçõesrespiratórias, em presença de hipersecreção brônquica.

2. ANTES DE UTILIZAR FLUMIL

Não utilize Flumil

Se tiver hipersensibilidade à acetilcisteína ou a qualquer um dos excipientes.
Se sofrer de úlcera gastroduodenal.
Se sofrer de fenilcetonúria (por conter aspartamo como excipiente).
Em crianças com idade inferior a 12 anos.

Tome especial cuidado com Flumil:

Precauções especiais:
Se for asmático ou tiver história de broncospasmo;

Se sofrer de insuficiência respiratória grave;

Se estiver debilitado. Pela diminuição do reflexo da tosse há risco de obstrução da via aéreaconsequente do aumento da quantidade de secrecões.

Advertências:
Os mucolíticos, como têm a capacidade de destruir a barreira mucosa gástrica, deverão serutilizados com precaução em indivíduos susceptíveis a úlceras gastroduodenais.

É normal a presença de um leve odor sulfúrico, uma vez que é próprio da acetilcisteína.

O uso do mucolítico implica uma diminuição da viscosidade e a remoção do muco, tantoatravés da actividade ciliar do epitélio, como pelo reflexo da tosse, sendo portanto de esperarum aumento da expectoração e da tosse no início do tratamento.
Advertências relacionadas com os excipientes utilizados:
Aspatamo: Este medicamento contém uma fonte de fenilalanina. Pode ser prejudicial emdoentes com fenilcetonúria.
Sorbitol: Se o seu médico alguma vez a(o) informou que tem intolerância a alguns acúcares,contacte-o antes de tomar este medicamento.

O Flumil não contém sacarose, pelo que pode ser administrado a diabéticos.

Utilizar Flumil com alimentos e bebidas:
Não se conhecem restricções à utilização de Flumil com alimentos e bebidas.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Gravidez: Embora não se tenha demonstrado que a Acetilcisteína possua acção teratogénica,recomenda-se precaução na administração durante a gravidez.

Lactação: Embora não se tenha demonstrado que a Acetilcisteína se dissolva no leitematerno, recomenda-se precaução na administração durante a amamentação.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Os efeitos de Flumil sobre a capacidade e a utilização de máquinas são nulos ou desprezíveis.

Tomar Flumil com outros medicamentos:
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outrosmedicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Contra-indicação de utilização concomitante: nitroglicerina. A associação de acetilcisteína enitroglicerina causa hipotensão significativa e cefaleia induzida pela nitroglicerina.

Não associar a antitússicos nem a secantes de secreções.

Precauções na administração concomitante:
Devido ao seu possível efeito quelante, a acetilcisteína pode reduzir a biodisponibilidade dealguns sais de metais pesados tais como de ouro, cálcio ou ferro. Recomenda-se, por isso, quea administração seja realizada a horas diferentes.

A acetilcisteína pode também interagir (diminuindo a biodisponibilidade) com antibióticos dogrupo das cefalosporinas, pelo que a administração deve ser efectuada a horas diferentes.

O Flumil não interage com antibióticos tais como a amoxicilina, eritromicina, doxiciclina oubacampicilina, assim como com a associação Amoxicilina + Ácido Clavulânico.

3. COMO UTILIZAR FLUMIL

Posologia no adulto:
A dose média diária recomendada é de 600 mg de acetilcisteína por dia, por via oral,administradas numa toma diária de 600 mg ou em 3 tomas de 200 mg.
Posologia na criança:
Não usar em crianças com idade inferior a 12 anos.
Crianças com idade superior a 12 anos: dose idêntica à dos adultos.
Posologia no idoso:
Este medicamento é apropriado para utilização no idoso. Recomenda-se precaução nos casosde existência de patologia ulcerosa péptica.

Dissolver o conteúdo granulado de uma saqueta em meio copo de água, ou outro líquido, emexer até se tornar numa solução homogénea. Usar copo de material de vidro ou plástico
(nunca usar com material de borracha ou de metal).

Se administrar mais Flumil do que deveria

A Acetilcisteína foi administrada ao homem em doses de até 500 mg/kg sem que tenhaprovocado sintomas de sobredosagem. No caso de se produzirem reacções como as jámencionadas, após doses elevadas, considera-se suficiente a administração de um tratamentosintomático.

Consulte imediatamente o seu médico ou farmacêutico, recorra ao hospital mais próximo ouconsulte o Centro de Informação Anti-Venenos (CIAV). Telefone: 808 250 143.

Caso se tenha esquecido de tomar Flumil

Caso se tenha esquecido de tomar uma dose, esta deverá ser tomada o mais rapidamentepossível, continuando o tratamento da forma prescrita. No entanto, quando já estiver próximada toma seguinte, é preferível não tomar a dose esquecida e tomar a seguinte à hora prevista.

Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como os demais medicamentos, Flumil pode ter efeitos secundários.

Pouco frequentes (> 1/1000, <1/100):
Doenças gastrointestinais: náuseas, vómitos e diarreia.

Raros (> 1/10000, <1/1000):
Afecções dos tecidos cutâneos e subcutâneas: reacções de hipersensibilidade, como urticáriae broncoespasmos.

Especial atenção nos doentes asmáticos pelo risco de ocorrer broncoconstrição. Nestes casosdeve interromper-se o tratamento e consultar um médico.

Caso detecte efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico oufarmacêutico.

5. CONSERVAÇÃO DE FLUMIL

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Deverá entregar o produto não utilizado e os resíduos derivados da sua utilização (incluindorotulagem, cartonagem e este folheto informativo) na sua farmácia, a fim de serem destruídosatravés do Sistema Integrado de Destruição de Resíduos de Embalagens e Medicamentos
(SIGREM).

Prazo de validade
Não utilize Flumil após expirar prazo de validade indicado na embalagem.

Este folheto foi revisto pela última vez em

Outras informações

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o titular da autorizaçãono mercado

Zambon, Produtos Farmacêuticos, Lda.
Rua Comandante Enrique Maya, nº 1
1500-370 Lisboa
Tel: +351 217 600 952